terça-feira, julho 14, 2020

    Questões de Gênero

    convite_plps

    Festividade de encerramento do curso da VIII Turma de Promotoras Legais Populares de Geledés

    O Geledés  Instituto da Mulher Negra, em parceria com o Hospital Geral São Matheus tem a honra de convidar V.Sa. e Família para a festividade de encerramento do curso da VIII Turma de Promotoras Legais Populares Turma: ANA MARIA BONIFÁCIO DRUMOND  “NANÁ” Data: 25 de setembro de 2010 Horário: 9:00 às 12:30 horas Local: Câmara Municipal de São Paulo Palácio Anchieta Endereço: Viaduto Jacareí, 100 – 1º. andar Plenário Prestes Maia

    Leia mais
    mun_bachellet

    Michelle Bachelet chefiará a ONU-Mulheres, nova entidade das Nações Unidas (Unifem)

    (Unifem) O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, nomeou a ex-presidente chilena, Michelle Bachelet, para chefiar a ONU-Mulheres, a nova entidade das Nações Unidas que irá reunir as quatro agências especializadas em gênero: - Divisão para o Avanço das Mulheres (DAW, criada em 1946) - Instituto Internacional de Pesquisas e Capacitação para a Promoção da Mulher (Instraw, criada em 1976) - Escritório de Assessoria Especial em Questões de Gênero (OSAGI, criada em 1997) - Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher (Unifem, criada em 1976) O anúncio foi feito nesta terça-feira, em Nova York, informa a Rádio ONU: "Ao lado da vice-secretária-geral, Asha-Rose Migiro, Ban disse que Michele Bachelet trará para o cargo muita experiência, liderança global e estatura internacional. Para Ban, a entidade especializada em mulheres deve ajudar a alcançar as esperanças de milhões de mulheres e meninas em todo o mundo. A nova entidade é uma fusão...

    Leia mais
    mulher_na_politica

    Presença feminina na política

    Os partidos não tiveram interesse de incorporar as mulheres a seu cotidiano, suas instâncias de poder e de investir na formação política NATALIA MORI e JOSÉ ANTONIO MORONI Novas eleições, e os direitos das mulheres seguem desrespeitados. São 52% do eleitorado, 5 milhões a mais que os homens, e a participação política das mulheres não importa. Os presidenciáveis, incluindo as candidatas, não pautam o tema; os partidos não cumprem a lei da cota de no mínimo 30% de mulheres candidatas; e os tribunais regionais eleitorais não a fiscalizam. O Brasil ocupa o 104º lugar de presença feminina no Parlamento, à frente apenas do Haiti. Fruto da luta das mulheres, em 1995 a lei estabeleceu percentual mínimo de 20% das candidaturas de cada sexo. Em 1997, foi ampliado para 30%. Em 2009, a lei mudou de "deverá reservar" para "preencherá". Nestas eleições, a média de candidaturas de mulheres é de 21%....

    Leia mais
    viewer

    Lançamento da Campanha Ponto Final na Violência contra as Mulheres e Meninas: Audiência Pública – Seminário Estadual

    É com grande satisfação que a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e a Rede Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos - Regional São Paulo convidam a todas a se engajarem na Campanha  Ponto Final na Violência contra Mulheres e Meninas participando da Audiência Pública - Seminário Estadual a realizar-se na mencionada Assembleia Legislativa no próximo dia 15 do corrente mês (das 14h00 as 18h00), vide convite anexo (frente e verso). Ficaremos honradas com a presença de todas/os e de cada uma/um somando-se a nós nessa luta pela conquista do respeito e dignidade das mulheres e das meninas. Com as cordiais saudações, Rosa de Lourdes p/Comissão Organizadora    

    Leia mais
    violencia_contra_mulher

    Governo quer padronizar atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica

    Delegacias especializadas deverão funcionar todos os dias da semana em plantão Quatro anos após a sanção da Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/2006), o Ministério da Justiça e a Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) lançaram nesta segunda-feira (13) em Brasília uma nova edição das normas técnicas para a padronização de procedimentos nas delegacias especializadas de atendimento à mulher. A norma técnica revisada tenta incorporar os procedimentos de atendimento, encaminhamento e investigação estalecidos na lei. Entre as mudanças, o governo federal espera que as delegacias especializadas passem a atuar todos os dias da semana, em esquema permanente de plantão (24 horas diárias). A ministra de Políticas para as Mulheres, Nilcéa Freire, afirma ser comum ver filas às segundas-feiras pela manhã nas portas das delegacias especializadas com mulheres agredidas em casa durante os finais de semana. - A violência não escolhe dia da semana nem horário para acontecer. Além...

    Leia mais
    Poesias_catlicas

    Católicas pelo Direito de Decidir em Defesa da Vida

    (em resposta ao texto "Apelo a todos os Brasileiros e Brasileiras" sobre como votar nas eleições 2010)   No final de agosto último, a Comissão em Defesa da Vida do Regional Sul 1, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, elaborou um texto com o propósito de orientar seus e suas fiéis sobre como votar bem nas próximas eleições. A Presidência e a Comissão Representativa dos Bispos do Regional Sul 1 da CNBB, por sua vez, divulgaram nota em que afirmam acolher e recomendar a divulgação dessas orientações. Católicas pelo Direito de Decidir, após tomar conhecimento do teor desses documentos, vem a público manifestar seu estranhamento e repúdio às afirmações falaciosas presentes no referido texto, o que de forma nenhuma condiz com o que esperamos de líderes religiosos que deveriam ser exemplo de ética e correção, especialmente ao assumir tarefa que não é própria do âmbito religioso, ou seja, interferir...

    Leia mais
    negra-no-mercado-de-trabalho

    A mulher negra no mercado de trabalho: A pseudoequidade, marcada pela discriminação da sociedade e a mídia no século 21

    RESUMO Minuciosamente o trabalho demonstra a presença da discriminação racial sobre a mulher negra no mercado de trabalho, ainda no século 21. Analisa a ausência de equidade mediante  a mesma, em comparação das demais,mostra a disseminação de trabalhos a ela ofertado; e também o olhar hipócrita, por parte da sociedade e mídia, mesmo depois da abolição escravatura. Evidenciando uma nítida realidade que ainda perpetua. As propostas legislativas invalidas, e ainda mais preconceituosa, que ao invés de inclui, exclui, e coloca a mulher em situações humilhantes e competitivas. Pressupõe subterfúgios, e pensamentos utópicos, que a sociedade e a mídia estabelecem sobre elas, ditando padrões estéticos, que não condiz com sua etnia. Por: Marcelo Sabino Luiz ABSTRACT I come by that the paving work demonstrates the presence of racial discrimination on black women in the labor market, even in the 21st century, emphasizing the lack of fairness toward women of African descent...

    Leia mais
    voto_por_sexo

    Veja intenções de voto à Presidência por sexo e região segundo Datafolha

    Na média nacional, Dilma tem 50%, contra 27% de Serra e 11% de Marina. Foram realizadas 11.660 entrevistas em 414 municípios nos dias 8 e 9. Uma nova pesquisa Datafolha de intenção de voto para a Presidência da República foi divulgada na sexta-feira (10). Os principais resultados foram publicados no mesmo dia pelo G1. Além dos números gerais, o instituto calculou os percentuais de intenção de voto dos presidenciáveis por segmentos do eleitorado como sexo, regiões do país e estados. O quadro ao lado mostra o desempenho de Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV), nas sete últimas pesquisas nacionais do Datafolha. O último levantamento, divulgado na sexta, mostra Dilma com 50%, Serra com 27% e Marina com 11%. Dos demais candidatos, nenhum atingiu 1%. Brancos e nulos somaram 4%, e os indecisos, 6%. Homens e mulheres Dilma alcança 54% das intenções de voto dentre os homens,...

    Leia mais
    mulheres-sala-de-aula

    Mulheres passam mais tempo na escola do que homens

    Elas estudam cerca de seis meses a mais e só perdem na faixa acima dos 60 anos   As mulheres passam mais tempo nas salas de aula do que os homens em todas as faixas etárias analisadas pelo Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio). Em média, elas estudam um semestre a mais do que o sexo masculino, seja entre os 10 e 14 anos, 15 e 17 anos, 20 e 24 anos ou de 30 a 39 anos. Apenas no grupo com 60 anos ou mais é que as mulheres perdem dos homens em anos de estudo, ainda assim por uma diferença de só três meses e meio (ou 0,3 anos) passados na escola. O tempo médio que os brasileiros passam estudando (7,2 anos) cresceu bem pouco entre 2008 e 2009 - apenas 0,1 ano, o equivalente a pouco mais de um mês. Entretanto, no intervalo de meia década (entre 2004 e 2009), o aumento...

    Leia mais
    violenciamulher

    Mulher é condenada por acusar amante de estupro em SC

    O TJ (Tribunal de Justiça) de Santa Catarina condenou uma mulher a dois anos de prisão em regime aberto por acusar o amante de estupro. Segundo a assessoria do tribunal, ela denunciou o amante à polícia após o marido descobrir o relacionamento entre os dois. Ela afirmou ter sido forçada a fazer sexo mediante violência. Um inquérito foi instaurado, até que se descobriu que a acusação tinha sido feita por causa das suspeitas do marido. No processo, o amante disse que mantinha um relacionamento amoroso com a mulher e que nunca a forçou a fazer sexo. Ele afirmou que no início do relacionamento eles se encontravam às escondidas, mas que depois passaram a se comportar como namorados, frequentando juntos lugares públicos. No processo, testemunhas --amigos e conhecidos do casal-- confirmaram a existência do relacionamento extraconjugal, que a mulher continuou negando. O desembargador Túlio Pinheiro, relator do processo, afirmou que a...

    Leia mais
    violencia_contra_mulher

    Homem é condenado a pagar R$ 20 mil por agressões à mulher em Brasília

    Uma mulher de Brasília conseguiu, na justiça, que seu ex-marido a indenize em R$ 20 mil por danos morais. Separada após um casamento de mais de dez anos, ela afirmou que era vítima de agressões físicas, torturas e ameaças de morte, além de ter sido privada de ver os filhos. O ex-marido já havia sido condenado criminalmente pelas agressões à mulher. Segundo ela, os filhos do casal eram mantidos isolados pelo pai e o convívio entre mãe e filhos só foi retomado após uma decisão judicial. Segundo o Tribunal de Justiça do Distrito Federal, o ex-marido se disse arrependido das agressões. Ele afirmou que empurrou a ex-mulher após uma discussão, o que a fez se desequilibrar e cair com o rosto virado para a pia. A agressão, segundo o TJ, causou danos nos dentes e na mandíbula da mulher. O ex-marido foi condenado a pagar um plano odontológico para ela....

    Leia mais
    mulheres_ganham_menos

    Mulheres seguem ganhando menos que os homens, diz IBGE

    O rendimento médio das mulheres brasileiras aumentou 28% entre 2004 e 2009, de R$ 613 para R$ 786, mas ainda é inferior ao dos homens, que cresceu 21% e passou de R$ 964 para R$ 1.171. De acordo com um levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), elas recebem 67,1% do que eles ganham. Entre os que têm renda de até um salário mínimo, as mulheres são maioria. São cerca de 34,9% delas contra 25,3% deles. Além dos salários menores, em 2009 elas também representam uma menor participação no mercado de trabalho, 42,6% dos ocupados. De acordo com o Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio), 17% das 39,5 milhões de trabalhadoras são domésticas. Desse total de mulheres no mercado de trabalho, 90% acumulam funções em suas próprias casas. Entre os homens, metade cumpre jornada dupla. Apesar disso, 81,6% deles trabalham 40 horas ou mais por semana, contra...

    Leia mais
    image006_1

    Uso do tempo: especialistas discutem bases para melhorar pesquisas sobre impacto econômico e socia

    Especialistas discutem bases para melhorar pesquisas sobre o uso do tempo, impacto econômico e social Administração do tempo determina oportunidades de trabalho, educação, saúde e lazer e está condicionado às relações de gênero, raça e etnia. Evento internacional coloca questões em evidência, nos dias 9 e 10 de setembro, no Rio de Janeiro Como você administra o seu tempo? Em que áreas homens e mulheres dedicam mais tempo no seu dia-a-dia? Essas são perguntas de fundo do II Seminário Internacional sobre Pesquisas de Uso do Tempo - Aspectos Metodológicos e Experiências Internacionais que vai reunir no Rio de Janeiro, nos dias 9 e 10 de setembro, representantes de governos, pesquisadores e especialistas de 13 países: Argentina, Bolívia, Brasil, Canadá, Chile, Equador, Estados Unidos, França, México, Inglaterra, Portugal, Suíça e Uruguai.   O encontro será inaugurado na quinta-feira (9/9), às 9h, por Rebecca Tavares, representante do UNIFEM Brasil e Cone Sul...

    Leia mais
    sueli

    A questão dos direitos humanos e o combate às desigualdades: discriminação e violência

    1. Raça e direitos humanos no Brasil É de Joaquim Nabuco a compreensão de que a escravidão marcaria por longo tempo a sociedade brasileira porque ela não teria sido seguida de “medidas sociais complementares em benefício dos libertados, nem de qualquer impulso interior, de renovação da consciência pública.” Na base dessa contradição perdura uma questão essencial acerca dos direitos humanos: a prevalência de uma concepção de que certos humanos são mais ou menos humanos do que outros e por conseqüência a naturalização da desigualdade de direitos. Se alguns estão consolidados no imaginário social como portadores de uma humanidade incompleta torna-se natural que não participem igualitariamente do gozo pleno dos direitos humanos. Uma das heranças da escravidão com a qual contribuiu, posteriormente, o racismo científico do século XIX que dotou de suposta cientificidade a divisão da humanidade em raças estabelecendo hierarquia entre elas e conferindo-lhes estatuto de superioridade ou inferioridade naturais....

    Leia mais
    image001

    UNIFEM e Pacto Global das Nações Unidas apresentam hoje (1/9) os “Princípios de Empoderamento das Mulheres” para Brasil e Paraguai

    Solenidade, no Paraná, terá as presenças do presidente Lula e das ministras Nilcéa Freire (Secretaria das Mulheres do Brasil) e Glória Rubín (Secretaria das Mulheres do Paraguai). No evento, Itaipu Binacional vai anunciar a sua adesão aos Princípios, que já soma o envolvimento de 60 corporações de grande porte Foz do Iguaçu (Brasil) - O UNIFEM Brasil e Cone Sul (Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher – parte da ONU Mulheres) e o Pacto Global das Nações Unidas apresentam hoje (1/9), em Foz do Iguaçu, os “Princípios de Empoderamento das Mulheres – Igualdade Significa Negócios” para o Brasil e o Paraguai. O ato é um dos pontos altos do II Encontro Regional do II Ciclo de Encontros Regionais para o Fortalecimento da Equidade de Gênero no Mundo do Trabalho, que tem como tema de discussão “Gênero, Poder e Desenvolvimento”. O evento vai reunir o presidente da República do...

    Leia mais
    6a010536c5bef0970b011570990ff8970b-800wi

    “Mulheres não são chimpanzés”, diz Elisabeth Badinter

    A filósofa francesa Elisabeth Badinter entrou para o movimento de liberação feminina nos anos 70. Numa entrevista à Spiegel, ela discutiu seus temores de que um novo movimento de volta à natureza esteja persuadindo muitas mulheres ocidentais a abandonarem as conquistas da emancipação e em vez disso abraçarem os valores de suas avós. Spiegel: Você tem três filhos já crescidos. Foi uma boa mãe? Elisabeth Badinter: Que a verdade seja dita, como a maioria das outras mães, eu fui uma bem medíocre. Sempre tentei fazer o máximo que eu podia para meus filhos. Mas, a partir de uma perspectiva mais atual, também fiz muitas coisas erradas. Então, eu descreveria a mim mesma como uma mãe totalmente comum. Spiegel: Você é uma seguidora da escritora feminista francesa Simone de Beauvoir, que rejeitou categoricamente a maternidade. Você nunca achou que havia nenhuma contradição entre ser uma feminista e uma mãe? Badinter: Não. Eu quis...

    Leia mais
    (Foto: João Godinho)

    É possível uma ressonância magnética do aborto no Brasil?

    Por: FÁTIMA OLIVEIRA Ressonância magnética é exame de imagem, como a abreugrafia (lembra?), a radiografia, a ultra-sonografia, a tomografia... A ressonância é imagem de última geração que capta e reproduz, tipo foto de grande resolução, o interior do corpo, evidenciando "lesões" mínimas com margem de segurança grande e valiosa para o diagnóstico, orientando com maior precisão a prevenção e o tratamento. Em 2010, tive o conforto mental de ler dados de duas pesquisas iluminadoras do fazer política pelos direitos reprodutivos, área minada e sob ataque de antiaborcionistas. Falo da Pesquisa Nacional de Aborto (PNA), patrocinada pelo Ministério da Saúde, e da tese de doutorado da cardiologista Pai Ching Yu: "Registro nacional de operações não cardíacas: aspectos clínicos, cirúrgicos, epidemiológicos e econômicos" (InCor, USP), apelidada de "pesquisa do InCor". Ambas obtiveram repercussão midiática de vulto. A PNA não é sobre o aborto, mas sobre mulheres que fizeram aborto; conforme seus coordenadores...

    Leia mais
    129_46-ftima_pacheco_jordo

    As mulheres e a vitória de Dilma no 1º turno

    Depois da entrada do programa de televisão dos candidatos em 17 de agosto, houve uma virada no quadro eleitoral. As pesquisas passaram a apontar como horizonte provável a vitória de Dilma Rousseff no 1º turno. A base dessa transformação deu-se no “primeiro colégio eleitoral” do país, ou seja, as mulheres, que representam 52% dos eleitores. Entre eleitores do sexo masculino, há um mês Dilma Rousseff já vinha apresentando tendência de ganhar no 1º turno (Ibope, 29 de julho), mas foi a pesquisa Datafolha de 24 de agosto que apontou a possibilidade de a candidata vencer no 1º turno, tanto pelas intenções de voto dos homens (58%) como das mulheres (52%). Antes da TV, (Datafolha, 12 de agosto) a maioria dos votos válidos dos homens colocava Dilma Rousseff na perspectiva de vitória no 1º turno. No entanto, esse patamar ainda não havia sido atingido por vários segmentos do eleitorado, como o...

    Leia mais
    walmart

    Wal-Mart recorre em ação de US$ 1 bi por discriminar mulheres

    A rede Wal-Mart entrou nesta quinta-feira com um recurso na Suprema Corte dos Estados Unidos para encerrar uma ação massiva de discriminação contra mulheres, que já se arrasta por vários anos e é o maior caso do tipo na história americana, segundo informações da CNN. A acusação é de que o Wal-Mart desestimule a promoção de mulheres a cargos gerenciais de suas lojas, além de pagar menos às funcionárias em relação a um homem com a mesma função na companhia. Como indenização, as impetrantes da ação, mais de 1,5 milhão de funcionárias e ex-funcionárias das 4 mil lojas da rede desde 1998, querem o pagamento de mais de US$ 1 bilhão, assim como outras despesas. A ação, conhecida como "Dukes contra Wal-Mart", foi feita em 2001, e já passou por diversos tribunais até chegar à Suprema Corte, e por meio de um comunicado oficial a empresa solicitou que o tribunal...

    Leia mais
    cesariana-hg

    Ministério Público Federal cobra diminuição de partos por cesariana no Brasil

    Instituição entrou com ação na Justiça para que a ANS regulamente o assunto O MPF (Ministério Público Federal) em São Paulo informou nesta terça-feira (24) que entrou com ação civil pública para que a Justiça obrigue a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) a expedir, dentro de um prazo a ser definido, uma regulamentação dos serviços obstétricos realizados por planos de saúde privados no país. O objetivo é que isso leve a uma diminuição ou evite a realização de cirurgias cesarianas desnecessárias. Em junho, o R7 revelou que, dos quase 2 milhões de partos realizados no Brasil pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em 2009, 687.400 foram cesarianas, o que corresponde a 35% de todos os partos realizados no país. A porcentagem representa mais que o dobro do número de cesarianas recomendado pela OMS (Organização Mundial de Saúde), que considera aceitável que esse índice seja de até 15%. A taxa é...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist