Guest Post »

Roberlaine Ribeiro Jorge é o primeiro reitor negro de universidades públicas do RS

Em ato simbólico ocorrido na tarde de ontem, Roberlaine Ribeiro Jorge assumiu a reitoria da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), com sede em Bagé. Ele recebeu o cargo de Marco Antônio Hansen, que esteve à frente da instituição de 2015 a 2019. Junto à Jorge, também tomou posse o vice-reitor, Marcus Vinícius Morini Querol. A nova gestão, empossada oficialmente em dezembro de 2019, em Brasília, estará à frente da Unipampa pelos próximos quatro anos.

Do Jornal Minuano

Jorge é professor adjunto da Unipampa desde 2011 (Foto: Aline Reinhardt/ Unipampa)

Professor adjunto da Unipampa desde 2011, Roberlaine Jorge é graduado em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e doutor em Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental pela mesma instituição.

Ao realizar a transmissão de cargo, após quatro anos como reitor, Hansen despediu-se da função, destacando que “cumpri com a missão de promover educação superior de qualidade com vistas à promover agentes comprometidos e capacitados para atuar em prol do desenvolvimento regional e nacional”.

Primeiro negro a assumir a reitoria de uma universidade pública no Estado, Jorge foi aplaudido de pé quando fez referência ao ineditismo de sua posição em solo gaúcho: “Hoje, enquanto discutimos muito preconceito e racismo institucional, a Unipampa está dando exemplo. Apesar de ainda sermos poucos representantes, infelizmente, mas eu estou aqui, mostrando que é possível”, ressaltou.

Trazendo no currículo a formação em duas universidades federais, além de ocupar o posto de professor e, agora, reitor de outra instituição pública de ensino superior, destacou a importância da manutenção das políticas que expandem as oportunidades de ingresso nas instituições de ensino para diferentes grupos de cidadãos. “Acima de tudo, sou um ardoroso defensor da inclusão social plena, do acolhimento de todos os cidadãos, mostrando que a justiça social e a verdadeira cidadania passam por aceitar as nossas diferenças. Se as políticas de diversidade devem ser vistas como prioridade, nada melhor que uma universidade para mostrar esse exemplo. E eu, com muito orgulho, vou carregar essa bandeira”, garantiu.

Durante sua gestão, que encerra em 2023, Jorge destacou que pretende “focar esforços no ensino cada vez mais voltado ao fomento da pesquisa e extensão e inovação”, contando, para isso, com uma equipe qualificada e intensificação de parcerias consolidadas. “Democracia, participação e respeito a todos é, e será, nosso principal lema”, apontou.

Durante a cerimônia, o reitor empossado apresentou a equipe de pró-reitores de diferentes áreas, que atuarão junto à ele e Querol. São eles: Pró-reitor de Graduação, Pedro Daniel da Cunha; Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Fábio Leivas; Pró-reitor de Extensão e Cultura, Paulo Rodinei Soares Lopes; Pró-reitor de Assuntos Estudantis e Comunitários, Edward Pessano; Pró-reitor de Administração, Fernando Munhoz da Silveira; Pró-reitor de Gestão de Pessoas, Charles Quevedo Carpes. A Pró-reitora de Planejamento e Infraestrutura da Unipampa, Viviane Kanitz Gentil, empossada ontem, também faz parte do corpo docente da Urcamp, onde é coordenadora do curso de Pedagogia.

Related posts