SÃO JOÃO DEL REI: Mês da Consciência Negra destinado às crianças

Fonte: Folha das Vertentes –

 

Organizado pelo Grupo de Inculturação Afrodescendentes Raízes da Terra e Associação de Congado Santa Efigênia, o Mês Municipal da Consciência Negra coloca em pauta o tema: “Cidadania não tem cor: ninguém nasce racista”. Iniciado no último dia 13, o encerramento será no dia 26, com a palestra sobre Sexo, Sexualidade e Prevenção, ministrada por Ana Maria de Oliveira Cintra, Maria das Graças Galindo Braga e Cecília Cruz.
Segundo a presidente do Raízes da Terra, Vicentina Neves Teixeira, “esse é um momento de reflexão. É importante conscientizar, principalmente, as crianças, porque elas não nascem racistas, aprendem isso em suas casas e na sociedade. Há muito preconceito e discriminação entre as crianças. A gente vai buscar que esses meninos diminuam esses atos, porque quem é discriminado sente na pele”.
Vicentina Neves, também, frisou a criação de estereótipos negativos que a cultura afrodescendente, sua religião e práticas simbólicas sofrem. “A gente vê as crianças falando que negro é macumbeiro, que é do diabo. A religião negra é condenada sem piedade, até mesmo entre alguns professores e pais. Eu falo que isso é falta de cultura, de conhecimento, porque, junto com a cultura, vem a vestimenta, a comida, a dança, os cantos, a convivência familiar e a religião. Está na hora de mudar essa realidade, para que todas as culturas possam celebrar, viver e comunicar sem discriminar, sem atingir ninguém. Até porque não tem branco puro no Brasil, este País é feito por misturas entre raças”, salientou.
Ela falou, ainda, sobre a sociedade e como o racismo perdura até hoje. “Todo cidadão deve ter uma responsabilidade e conhecimento de quanto preconceito existe na família e em todos os setores da comunidade. Minha luta nessa causa já tem 17 anos. A gente sente na pele essa experiência de vida, porque o preconceito ainda existe na sociedade, mas a gente sobrevive, resiste. Hoje o negro tem voz, busca por ascensão, direitos e valorização de sua identidade”, concluiu.

Programação
Os eventos começaram no dia 13 de novembro, com a Missa Inculturada, que se repete, dia 20, na E. E. Ministro Gabriel Passos. No sábado, 21, terá apresentação de grupos de capoeira e hip-hop, às 19h30min, no Bairro Senhor dos Montes. E no domingo, dia 22, acontece o 10º Acorda São João, às 9 horas, com concentração na Praça do Bonfim e cortejo pelas ruas do centro histórico em direção ao Movimento Comunitário Dom Bosco.
Durante toda a duração do evento, haverá palestras nas escolas de São João del-Rei e apresentações culturais de grupos afrodescendentes. A presidente do Raízes da Terra diz que essas palestras têm a finalidade de despertar o interesse pela cidadania e pela cultura negra entre as crianças.

Mais evento
Um outro evento, que também ocorre em São João del-Rei, valoriza a cultura negra na cidade. Entre os dias 19 e 22 de novembro acontece, na Rua da Cachaça, o “Encontro Afrodescendente”, realizado pela Organização Patrimonial Turística e Ambiental (Opta). Nele, se apresentam grupos de dança, música, bem como são mostrados documentários e exposição de fotos. O encerramento será no domingo, 22, com o Cortejo Zona Afro: saída da Igreja de N. S. do Rosário, passando pela Rua Getúlio Vargas até a Rua da Zona.

Matéria original

+ sobre o tema

“Negro parado é suspeito, negro correndo é ladrão”

O espetáculo de dança “Movimento I, Parado é Suspeito” reflete,...

Serena e Venus são tricampeãs olímpicas

Após ganhar o ouro no torneio individual, neste sábado,...

República Centro-Africana festeja hoje dia da independência

Luanda - A República Centro-Africana assinala hoje cinquenta...

Durban + 20: Contra o racismo aqui e agora

III Conferência Mundial Contra o Racismo, Discriminação Racial, Xenofobia...

para lembrar

Lázaro Ramos sobre o filho:’Todos os dias é um aprendizado novo’

Lázaro Ramos compareceu ao Teatro Oi Futuro, em Ipanema,...

Covid-19: Dois casos confirmados na Guiné-Bissau

Os dois infectados são um cidadão indiano, homem de...

Homenagem a Marighella: Segunda, no Tuca; será exibido clipe dos Racionais

Nesta segunda-feira 3, às 18 h, será realizado no...
spot_imgspot_img

A esperança de Martinho em “Violões e cavaquinhos”

Martinho da Vila já brincou mais de uma vez que estava cansado de cantar que a vida ia melhorar, em referência ao refrão do clássico...

Djonga fará turnê pelos Estados Unidos em julho de 2024

Um dos maiores nome do hip hop nacional, Djonga fará sua segunda turnê nos Estados Unidos. O mineiro leva a turnê "INOCENTE 'Demotape'” para Connecticut, Filadélfia...

Mostra sobre Lélia Gonzalez vê negros e indígenas como centro da cultura nacional

As escolas de samba do Rio, os blocos afro da Bahia, as congadas de Minas Gerais, as comemorações da Semana Santa e do Natal. O que todas essas celebrações têm...
-+=