quinta-feira, janeiro 26, 2023
InícioÁfrica e sua diásporaAfro-brasileiros e suas lutasSÃO PAULO: Eventos em todo o Estado comemoram Dia da Consciência Negra

SÃO PAULO: Eventos em todo o Estado comemoram Dia da Consciência Negra

Fonte:Portal do Governo de São Paulo –

 

Uma série de eventos será realizada em todo o Estado para comemorar o Dia da Consciência Negra (20 de novembro). A programação inclui palestras, espetáculos musicais, exposições e missa, entre outras atividades. Confira a programação e divirta-se!

Show na Praça da Sé 

Na sexta-feira, 20, será realizado um grande show na Praça da Sé, com as presenças de Luiz Melodia e Elza Soares. A festa começará no interior da Catedral da Sé, com uma apresentação da Família Alcântara, às 10 horas, seguida de Missa Afro com a participação do Coral da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e também de Congadas e Moçambiques do Estado de São Paulo. 

Após a missa, as festividades tomarão conta do palco montado na Praça, com os mestres de cerimônia – MC Max BO e os atores Eduardo Silva e Mafalda Pequenino – chamando o bloco afro Ilê Aiyê e o desfile das rainhas da Noite da Beleza Negra, onde dez moças representam a beleza africana. 

Às 14 horas, será a vez do rapper paulista Kamau convidar o rapper Gog e o DJ King para assumir as pick ups. O samba tomará conta do palco com show do Quinteto em Branco e Preto que convida Dona Inah, Germano Mathias e Murilão, às 16 horas. A proposta é prestar uma homenagem à velha guarda do samba paulista. 

Na sequência, às 18 horas, Luiz Melodia e banda subirão ao palco. E para fechar a noite, às 20 horas, Elza Soares e o saxofonista Thiago França farão o show de encerramento. 

Hip-hop

As comemorações continuarão no dia 28 de novembro com o III Encontro Paulista de Hip-Hop, no Memorial da América Latina. Será um dia todo dedicado à cultura hip-hop, com atrações das 10 às 21 horas. Serão realizadas oficinas, atividades relacionadas ao universo da cultura hip-hop: relações raciais e de gênero, violências, sobrevivências, sexualidade, mídia. 

Programação especial nos museus 

Além da programação na Capital, 15 cidades da Grande São Paulo e interior estão envolvidas nas ações do Mês da Consciência Negra da SEC. São elas: Araraquara, Barretos, Campinas, Caraguatatuba, Francisco Morato, Itapecerica da Serra, Itapeva, Itu, Ilha Bela, Piracicaba, Ribeirão Preto, Rio Claro, Santo André, Santos e Sorocaba. 

Diversas instituições culturais da Secretaria de Cultura participam das comemorações do Dia da Consciência Negra. A Pinacoteca do Estado apresenta a exposição A Fotografia Como Eu Sou, de Lita Ferreira, até 7 de fevereiro de 2010. A mostra é composta por 55 imagens em preto e branco e circula em torno do universo afro-brasileiro unindo arte, religiosidade e cenas da vida cotidiana do Brasil. 

Com a curadoria de Marco Meirelles e Max Fagotti, o Museu da Imagem e do Som promoverá a mostra O Negro como Autor e Personagem da Ação Cinematográfica, de 19 a 22 de novembro. Composta por oito programas, a mostra trará duas sessões diárias – às 16 e 19 horas – de filmes de cineastas negros ou daqueles que apresentam o negro como personagem, desde a década de 1950. Após a última sessão, cineastas e educadores conversarão com o público, promovendo a reflexão sobre a atividade audiovisual realizada por negros de diferentes gerações em diversos contextos de produção. 

No dia 20, o Museu Afro abrirá a exposição Eu Tenho um Sonho: De King a Obama – a Saga Negra do Norte, às 18 horas. A mostra será composta por fotos, textos, caricaturas, objetos de campanha e cartazes que retratam a luta pelos direitos civis do negro norte-americano, a partir da trajetória de Martin Luther King até a eleição de Barack Obama. Dez artistas plásticos foram convidados pelo diretor-curador do museu Emanoel Araujo para produzirem especialmente para a mostra. São eles: Antonio Helio Cabral, Antonio Peticov, Granato, Claudio Tozzi, Florian Raiss, Helena Sardenberg, Melim, Newton Mesquita, Onesto e George Preston. 

Entre os dias 22 e 24, o Museu promoverá o seminário Inclusão e Exclusão dos Negros nos EUA e no Brasil com a presença de especialistas, pesquisadores e personalidades do Brasil e dos Estados Unidos. Serão discutidos os processos de inclusão e exclusão da população negra numa perspectiva comparativa entre os EUA e o Brasil no âmbito da Justiça, Políticas Públicas, Educação e Arte e Cultura. 

No Museu da Casa Brasileira, dentro do programa Música no Museu, acontecerá o concerto Navio Negreiro, com o Coral da USP, sob a regência de Tiago Pinheiro, no dia 20, às 11 horas. No mesmo dia, às 16h30, um show com as Tias Baianas Paulistas e a Ala dos Compositores Kolombolo fecharão as comemorações. 

Já o Museu da Língua Portuguesa levará ao público a alegria do circo em uma apresentação gratuita do espetáculo Circo de Ébanos, dirigido por Bel Coelho, das 14h às 15h30. A Casa das Rosas também terá uma agenda especial com destaque para o musical Rimas de Zumbi, uma releitura de canções da tradição afro-brasileiras e um sarau com música e poesia. 

No Museu do Futebol, duas atividades educativas acontecerão no dia 20: Mapa Mundi e Contação de Histórias. O primeiro é um jogo de perguntas e respostas sobre a centralização de jogadores de futebol no mercado europeu. O jogo enfatiza as transferências de jogadores negros, sobretudo africanos, e o caráter altamente comercial atingido pelo futebol no século XXI. Já a Contação de História levará dois piratas para a primeira sala do museu para bater uma bola e contar a história do goleiro Barbosa, da seleção brasileira da Copa de 1950. Haverá duas intervenções, às 11 e às 14 horas. 

Quem estiver no litoral, poderá conferir a programação do Museu do Café em Santos. Durante todo o dia 20, o museu promoverá visitação gratuita a todos os interessados em conhecer o acervo da instituição. Além disso, em sessões às 14 e 16 horas, a professora e contadora de histórias Fabiana Prando, utilizando-se da tradição oral do oeste da África, apresentará memórias e lendas africanas. 

Seminário e palestras 

A Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, por meio da Coordenação de Políticas para a População Negra e Indígena, promove os seguintes eventos: 

Curso de Capacitação em Programas de Inclusão no Mercado para Lideranças Comunitárias – dia 23 de novembro
O evento ocorrerá no Edifício Cidade I, localizado a rua Boa Vista, 179, Centro, das 13 às 18 horas. As inscrições devem ser feitas até 19 de novembro. É preciso fornecer o número do RG, nome completo, e-mail e telefone para contato

Videoconferência: “Superando a discriminação étnico-racial no Ambiente de Trabalho” – dia 24 de novembro
Destinada para os servidores públicos. A abertura será feita pelo secretário da Justiça e da Defesa da Cidadania, Luiz Antonio Marrey

Encontro de ouvidores com o tema: “Superando o racismo institucional: sistema de informação sobre discriminação racial” – dia 25 de novembro
O evento abordará as denuncias de racismo por meio de ouvidores e discutirá os casos que são de natureza discriminatória. O debate será no Espaço da Cidadania André Franco Montoro, sede da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, das 9 às 12 horas 

Debate sobre “Políticas Afirmativas para Mulheres Negras e Indígenas: Estado e Sociedade”, em comemoração ao Dia Internacional da não violência contra a mulher – dia 25 de novembro
O evento acontecerá no Espaço da Cidadania André Franco Montoro, na sede da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, das 14 às 17 horas 

Para inscrições e outras informações, ligue para (11) 3291 2622 ou envie um  e-mail para [email protected]

Serviço

Pinacoteca do Estado
Praça da Luz, 2
(11) 3324-1000
Aberta de terça a domingo, das 10 às 18h
R$ 6,00 e R$ 3,00 (meia)
Grátis aos sábados
Site: www.pinacoteca.org.br
Em cartaz até 7 de fevereiro de 2010 

Museu Afro Brasil
Av. Pedro Álvares Cabral, s/número – Parque Ibirapuera
Funcionamento – de terça a domingo, das 10 às 17 horas (permanência até às 18 horas)
Tel. (11) 5579-0593
Estacionamento: Portão 3 (Zona Azul)
Entrada: Grátis
Site: www.museuafrobrasil.com.br

MIS
Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo
Tel. (11) 2117 4777
www.mis-sp.org.br
Mostra de cinema O negro como ator e personagem da ação cinematográfica
22 de novembro, às 16h e às 19h
Auditório MIS (177 lugares)
Ingresso gratuito (retirar a partir de 1h antes da exibição)
Classificação etária: 14 anos
Estacionamento cobrado: R$ 7

Museu da Casa Brasileira – Terraço
Av. Brig. Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano  
Tel. 3032-3727
Site: www.mcb.org.br
Estacionamento: R$ 10

Museu da Língua Portuguesa
Local: Espaço Café
Praça da Luz, s/n
Dia: 20/11
Horário: das 14h00 às 15h30
Site: www.museulinguaportuguesa.org.br / www.poiesis.org.br/mlp
Entrada Gratuita

Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura
Avenida Paulista, 37
Tel.: (11) 3285.6986
Site: www.poiesis.org.br/casadasrosas

Museu do Futebol
Praça Charles Miller, S/N – Estádio do Pacaembu
Tel.: 11 3663-3848
Site: www.museudofutebol.org.br
Entrada das 10h às 17h e permanência no museu até as 18h
Ingresso: R$ 6
Estudantes com carteirinha, aposentados e maiores de 60 anos: R$ 3,00
mediante comprovação
Público não pagante: crianças até 7 anos, professores da rede pública

Museu do Café
Endereço: Rua XV de novembro, 95 – Centro Histórico – Santos
Site: www.museudocafe.com.br
Dia da Consciência Negra
Data: 20/11 (sexta-feira)
Programação: * Visitação gratuita (9h às 17h)
* Contador de Histórias (14h às 15h e 16h às 17h)

Das Secretarias da Cultura e Justiça e Cidadania

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench