Seis mil acarajés serão distribuídos de graça em Salvador; saiba onde

Ação acontecerá no dia 28 de julho

Do Correio 24 Horas

Imagem retirada do sire Correio 24 Horas

O Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha, celebrado dia 25 de julho, esse ano, será comemorado no dia 28 de julho (domingo), com a distribuição, gratuita de 6 mil acarajés em Salvador.

O evento, que é aberto ao público,  acontecerá das 10h as 19h, na praça da Cruz Caída, no Pelourinho.A ação  é uma realização do Ponto de Cultura da Associação Nacional das Baianas de Acarajé, Mingau, Receptivo e Similares (ABAM), entidade sem fins lucrativos, que tem como objetivo celebrar as conquistas das mulheres negras  além de promover e fortalecer o debate de enfrentamento ao racismo, sexismo e demais desigualdades raciais e sociais.

Durante o evento, além de distribuir o acarajé a associaçaõ realizará no local, a partir das 10h, a “Feira da Mulher” com participação de empreendedoras negras; uma “Roda de Dialogo”, com foco no debate sobre empreendedorismo, violência contra a mulher e racismo; e uma oficina de torços. Além disso, haverá a apresentação de três bandas de samba.

SERVIÇO
O QUÊ: Festival de Acarajé.
ONDE: Praça da Cruz Caída, Pelourinho, Salvador/BA.
QUANDO: 28 de julho (Domingo).
HORÁRIO: das 10h às 19h.
ENTRADA: gratuita

+ sobre o tema

Cresce em 10% o número de casamentos entre pessoas do mesmo sexo

A pesquisa Estatísticas do Registro Civildivulgada hoje (31) pelo...

CBF põe mulheres à frente do futebol feminino e iguala diária entre seleções

A CBF anunciou na tarde desta quarta-feira (2) as...

Na véspera do Dia Internacional da Mulher Negra, mulheres da Baixada narram histórias de luta

Na contramão das estatísticas do país, onde mulheres negras...

A maior conferência estadual de mulheres

Diversidade é novamente a principal visão ao se olhar...

para lembrar

Eu SOU gay ou fui inventado pelos heterossexuais?

Eu era a bichinha da sala de aula e...

Chimamanda Adichie: o perigo de uma única história

Veja a apresentação em vídeo com legenda Eu sou uma...

Por que é indispensável conhecer Sueli Carneiro

Esta mulher é a minha falaO meu segredoMinha língua...
spot_imgspot_img

Documentário sobre Lélia Gonzales reverencia legado da ativista

Uma das vozes mais importantes do movimento negro e feminista no país, Lélia Gonzales é tema do Projeto Memória Lélia Gonzalez: Caminhos e Reflexões Antirracistas e Antissexistas,...

Aborto legal: ‘80% dos estupros são contra meninas que muitas vezes nem sabem o que é gravidez’, diz obstetra

Em 2020, o ginecologista Olímpio Moraes, diretor médico da Universidade de Pernambuco, chegou ao hospital sob gritos de “assassino” porque ia interromper a gestação...

Lançamento do livro “A importância de uma lei integral de proteção às mulheres em situação de violência de gênero”

O caminho para a criação de uma lei geral que reconheça e responda a todas as formas de violência de gênero contra as mulheres...
-+=