Guest Post »

Camila Pitanga fala sobre sua negritude: “Dava um nó na cabeça das pessoas”

“Por eu não ter o fenótipo negro retinto e a gente viver em um país racista”, explica a atriz de “Aruanas” em relação às dúvidas sobre sua identificação racial

Por BÁRBARA TAVARES, da Marie Claire 

Camila Pitanga – Parka Victor Hugo Mattos (Foto: Bruna Castanheira (GROUPART))

“A Camila Pitanga é negra?”. Essa e outras perguntas começaram a surgir nas redes sociais após a estreia de Aruanas, nova série original do Globoplay na qual a atriz interpreta a vilã Olga.

Em entrevista à Marie Claire, Camila afirmou que se identifica, sim, como mulher negra e explicou um pouco sobre a questão do colorismo, tão recorrente no Brasil. “As pessoas me perguntavam porque eu dizia que era negra, como se [não se reconhecer como negra] fosse uma saída, uma solução… Eu não consigo nem dar nome a isso, porque na verdade isso é racismo”.

Camila falou também sobre sua personagem na série ambientalista estrelada e produzida por mulheres, além de seu trabalho na ONU e do governo Bolsonaro. “Esse atual governo é a destruição”, pontuou. Assista à íntegra no vídeo abaixo!

 

Leia Também:

Me descobri negra aos 67 anos

Embranquecimento e Colorismo: estratégias históricas e institucionais do racismo brasileiro

 

Related posts