Seminário Gênero e Educação: ameaças, desafios e ação política

Em meio a um momento tão dramático, será realizado o  Seminário Gênero e Educação: ameaças, desafios e ação política, a ocorrer hoje à noite e amanhã em São Paulo, com trasmissão on line. O evento é promovido por Ação Educativa, Geledés, Ecos e Cladem, com apoio de edital público da SPM e da Onu Mulheres.

Enviado para o Portal Geledés

No evento, será lançado um folder para escolas, comunidades e gestões educacionais na perspectiva de fortalecê-las contra as ameaças de grupos religiosos fundamentalistas, que vêm atuando, entre outras estratégias, por meio de notificações extrajudiciais. Essas notificações enviadas às escolas  em todo o país visam eliminar ações ou programas que abordam a educação para a igualdade de gênero, raça e sexualidade nas escolas, ameaçando as/os profissionais de educação com prisão ou ações indenizatórias de danos morais.

No evento, também serão discutidas estratégias políticas e jurídicas
contra esses e outros retrocessos.

Aqui vai o link do evento.

http://generoeeducacao.org.br/retrocessos-da-agenda-de-genero-na-educacao-serao-discutidos-em-seminario-de-sociedade-civil/

+ sobre o tema

Teoria que não se diz teoria

A separação entre teoria e prática é um histórico...

‘Perdemos cada vez mais meninas e jovens’, diz pesquisadora

Jackeline Romio participou da Nairóbi Summit e aponta os...

Sou mulher. Suburbana. Mas ainda tô na vantagem: sou branca

Ontem ouvi algo que me cativou a escrever sobre...

Por um feminismo de baderna, ira e alarde

Neste 8M, ocuparemos politicamente as ruas e as nossas...

para lembrar

Dicas para lidar com o racismo na sala de aula

Não é fácil abordar a questão do racismo na...

A mãe desnecessária

A boa mãe é aquela que vai se tornando...

“Lo que está pasando en el Congo es un feminicidio”

“Tengo miedo cuando me despierto, cuando trabajo, cuando...

Bibliotecas Comunitárias contra o analfabetismo funcional

Por: Kátia Ferraz   A liberdade, a prosperidade e...
spot_imgspot_img

Faculdade de Educação da UFRJ tem primeira mulher negra como diretora

Neste ano, a Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) tem a primeira mulher negra como diretora. A professora Ana...

O que a proibição de livros nos diz sobre o futuro que nos aguarda

Reportagem da Agência Pública mostrou que existe um movimento coordenado para barrar a entrada de determinados livros no sistema prisional de Minas Gerais. Apenas títulos...

Encontro anual do SETA definiu ações e estratégias para uma educação antirracistae emancipatória.

Geledés - Instituto da Mulher Negra participou do planejamento anual Projeto SETA  (Sistema de Educação Por Uma Transformação Antirracista) em Paraty, Rio de Janeiro....
-+=