Seminário Internacional sobre Mídia e Violência de Gênero em Florianópolis

Como os crimes contra mulheres são abordados pela imprensa? Qual a repercussão dessas matérias na sociedade? Evento gratuito em maio, em Florianópolis (SC)

A Casa da Mulher Catarina e a Rede Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos realizam nos dias 16 e 17 de maio, em Florianópolis (SC), o Seminário Internacional sobre Mídia e Violência de Gênero. O evento integra a Campanha “Jornalistas dão um Ponto Final na Violência Contra Mulheres e Meninas”, que tem como objetivo incluir, promover e disseminar na categoria de jornalistas profissionais e na sociedade o debate sobre relações de gênero. Um dos focos do Seminário é trazer à tona informações da violência de gênero como um problema que impacta a vida e a cidadania das mulheres, buscando a sua compreensão e desnaturalização, influenciando no tratamento dado pelos meios de comunicação.

 

Jornalistas receberão premiação no Seminário

A primeira etapa da Campanha “Jornalistas dão um Ponto Final na Violência Contra Mulheres e Meninas” consistiu no lançamento do Prêmio Nacional de Jornalismo sobre Violência de Gênero, realizado em dezembro de 2013 e que recebeu inscrições de profissionais de 16 diferentes estados brasileiros, que concorrem à melhor matéria nas categorias Mídia Impressa; Televisão; Rádio e Outras Mídias.

As jornalistas ou os jornalistas vencedores receberão a premiação – de R$ 5 mil para cada primeiro colocado – na noite do dia 16 de maio, abertura do Seminário. Das 82 reportagens inscritas nas quatro categorias do Prêmio, 67 foram realizadas por jornalistas mulheres e 15 por jornalistas homens.

O Seminário Internacional sobre Mídia e Violência de Gênero pretende se debruçar sobre este fazer jornalístico e sobre como a mídia tem retratado e/ou refletido sobre as questões de violência de gênero. Além de trazer painelistas para traçar um panorama da violência de gênero na América Latina, Caribe e Brasil, o Seminário também terá uma mesa com a participação de jornalistas, brasileiras e de outros países, para refletir sobre a violência sofrida pelas mulheres no fazer profissional.

 

Programação do Seminário:

16 de maio

• 19h00 – Sessão Solene de Abertura – 1ª mesa: Panorama geral da violência de gênero na América Latina, Caribe e no Brasil

• Entrega da premiação do Prêmio Nacional de Jornalismo sobre Violência de Gênero

• Coquetel

17 de maio (sábado)

• 09h00 – 2ª mesa: Feminismo, mídia e violência de gênero: desafios e perspectivas contemporâneas

• 14h00 – 3ª mesa: Jornalismo e a violência de gênero: entre a denúncia e a vivência

• 17h00 – 4ª mesa: Leitura e Aprovação da Carta de Florianópolis

• Sessão solene de Encerramento.

SERVIÇO

Seminário Internacional sobre Mídia e Violência de Gênero

Onde: Hotel Plaza Baía Norte (Avenida Beira Mar, Centro)

Quando: 16 e 17 de maio (sexta e sábado)

INSCRIÇÕES: www.casadamulhercatarina.com.br

Realização: Casa da Mulher Catarina e Rede Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos

Para mais informações, acesse: www.casadamulhercatarina.com.br

 

Assessoria de Imprensa: Letra Editorial (48) 3025-7775 – Sara Caprario (48) 8402-8012 e Sandra Werle (48) 9989- 0667

 

 

 

Enviado para o Portal Geledés

 

+ sobre o tema

MPF devolve à PF inquérito sobre morte do indígena Paulino Guajajara no MA

Ministério diz que o inquérito estava incompleto. PF concluiu...

Por que mulheres que ganham salários maiores que seus parceiros incomodam

Aparentemente, não há nada mais desconfortável para um homem...

para lembrar

Sociedade civil apresenta propostas para agenda de Comissão de Direitos Humanos

Plataforma de Direitos Humanos e organizações filiadas apresentaram temas prioritários Enviado...

A nudez por trás do jaleco – por Eliane Brum

O que as agressões contra os médicos cubanos revelam...

Governo da Espanha aprova anteprojeto e lei pró-aborto

Fonte: Folha de São Paulo - Mundo -   Marcia Foletto...

Resposta da Rede Bandeirantes às reações à reportagem: ‘Chororô na delegacia’

  A reportagem "Chororô na delegacia: acusado de...
spot_imgspot_img

Marcelo Paixão, economista e painelista de Geledés, é entrevistado pelo Valor

Nesta segunda-feira, 10, o jornal Valor Econômico, em seu caderno especial G-20, publicou entrevista com Marcelo Paixão, economista e professor doutor da Universidade do...

Impacto do clima nas religiões de matriz africana é tema de evento de Geledés em Bonn  

Um importante debate foi instaurado no evento “Comunidades afrodescendentes: caminhos possíveis para enfrentar a crise climática”, promovido por Geledés -Instituto da Mulher Negra em...

Comissão da Saúde aprova PL de garantia de direitos à pacientes falciformes

A Comissão de Saúde da Câmara dos Deputados aprovou, na quarta-feira (5), o Projeto de Lei nº 1.301/2023, que reconhece a doença falciforme como...
-+=