Senado aprova cota para mulheres na Reforma Política

A Comissão Temporária de Reforma Política do Senado aprovou a proposta sugerida pela Bancada Feminina de inclusão de cotas para gênero. Ficou assegurado percentual mínimo de 10% de vagas para mulheres nas cadeiras do Senado, da Câmara dos Deputados, das assembleias legislativas, da Câmara Legislativa do DF e das câmaras municipais de todo o Brasil nas primeiras eleições após a vigência da lei

No Portal Fórum 

A Comissão Temporária de Reforma Política do Senado aprovou, nesta quarta-feira (8), a proposta sugerida pela Bancada Feminina de inclusão de cotas para gênero. Ficou assegurado percentual mínimo de 10% de vagas para mulheres nas cadeiras do Senado, da Câmara dos Deputados, das assembleias legislativas, da Câmara Legislativa do DF e das câmaras municipais de todo o Brasil nas primeiras eleições após a vigência da lei.

De acordo com o texto, essa cota passará para 12% nas eleições seguintes e para 16% na terceira eleição, independentemente do sistema eleitoral que venha a ser determinado no texto final.

A procuradora da Mulher, senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), comemorou a decisão da comissão e reconheceu em especial o esforço das senadoras, que desde março deste ano estão em permanente campanha em favor da reserva de vagas.

“A inclusão das cotas foi nossa primeira vitória no Senado e vamos continuar otimistas e mobilizadas. Em agosto, lançaremos a campanha Mais Mulheres na Política no Rio Grande do Norte, na Bahia e em Goiás, para que toda a sociedade possa se envolver e sensibilizar os demais senadores até a vitória final, tanto no Senado, quanto na Câmara dos Deputados”, garantiu.

O senador tucano Aloysio Nunes Ferreira (SP) se posicionou contra a proposta afirmando que ela “fere o princípio da democracia” já que o voto dado a uma mulher terá um peso maior do que o dado a um homem.

+ sobre o tema

Blogueira enumera as cinco cantadas racistas mais comuns

"Você é uma morena muito bonita." "Você tem os...

Eu não mereço ter medo

“Me preparo para sair. Batom vermelho. Sombra, top e...

Onde estão as mulheres negras na produção cultural? A Tsika Cultural te responde

A equipe da Tsika Cultural decidiu propor uma importante reflexão sobre...

Estou farta de meu corpo ser mais do que um corpo

Estou nua, em pé diante do espelho do banheiro. Por Danielle...

para lembrar

Hoje começa o Seminário Mulheres Negras No Foco: Mídia, representação e Memória

Seminário Mulheres Negras No Foco: Mídia, representação e Memória Para...

Trinta Homens

Trinta. Vinte e nove Vinte e oito Vinte e sete Vinte e seis Vinte...

Raven-Symoné fala sobre homossexualidade: “Não quero ser rotulada como gay”

Atriz da Disney, ficou famosa ao estrelar o seriado...
spot_imgspot_img

Justiça brasileira não contabiliza casos de homotransfobia, cinco anos após criminalização

O STF (Supremo Tribunal Federal) criminalizou a homotransfobia há cinco anos, enquadrando o delito na lei do racismo —com pena de 2 a 5 anos de reclusão— até que...

Maria da Conceição Tavares: quem foi a economista e professora que morreu aos 94 anos

Uma das mais importantes economistas do Brasil, Maria da Conceição Tavares morreu aos 94 anos, neste sábado (8), em Nova Friburgo, na região serrana do Rio...

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Novas pesquisas mostram que meninas nos EUA estão tendo sua primeira menstruação mais cedo. A exposição ao ar tóxico é parcialmente responsável. Há várias décadas, cientistas ao redor do...
-+=