Shuri, irmã do Pantera Negra, ganha sua própria série de quadrinhos

Não é fácil ser irmã mais nova, especialmente quando seu irmão mais velho é o Pantera Negra.

Por Marília Marasciulo Do O Globo

LETITIA WRIGHT COMO SHURI EM PANTERA NEGRA (FOTO: Reprodução/O Globo)

Mas a hora de Shuri finalmente chegou: após o sucesso do filme da Disney sobre o herói que estreou em fevereiro deste ano, uma das personagens femininas mais talentosas do universo Marvel vai ganhar uma série de quadrinhos só dela, assinada pelo escritor de ficção científica nigeriano-americano Nnedi Okarafor. O primeiro livro será lançado no dia 17 de outubro. A seguir, veja tudo o que você precisa saber sobre Shuri.

Ela apareceu nos quadrinhos pela primeira vez em 2005
Criada pelo escritor Reginald Hudlin e o artista John Romita Jr., a princesa do reino de Wakanda apareceu na história do Pantera Negra pela primeira vez no volume 4, #2, em 2005. A história conta a origem de T’Challa (o Pantera Negra) e apresenta Shuri como sua irmã mais nova, uma mulher inteligente e ambiciosa.

Ela sempre foi uma mulher forte
Desde sua primeira aparição, Shuri é retratada como uma jovem mulher inteligente, ambiciosa e até mesmo meio rebelde, disposta a tudo para alcançar seus objetivo se honrar seu povo.

Ela e o Pantera Negra têm uma verdadeira relação de irmãos
Embora sejam amigos e unidos por um amor à família que os une, os dois têm ideologias bastante diferentes e nem sempre se entendem. Quando Namor ataca Wakanda e afoga boa parte de seus moradores, por exemplo, Shuri fica irritada com a falta de ação de T’Challa e eles chegam a ter uma grande discussão. Mas ambos se respeitam e se apoiam.

A primeira luta
O primeiro confronto heroico de Shuri ocorre durante a invasão de Wakanda, quando o Garra Sônica lidera um esquadrão composto por Rino, Homem-Radioativo, Cavaleiro Negro e Batroc, mercenários dispostos a destruir o reino africano. Durante a invasão, o Homem-Radioativo mata pesquisadores e mineradores de Wakanda. Shuri mata-o com a Espada de Ébano, mas depois disso demora um tempo para superar o peso na consciência por ter matado alguém — mesmo que esse alguém seja um vilão.

Shuri, a Pantera Negra
Após o assassinato, Shuri começa a treinar com T’Challa para se tornar a sucessora do Pantera Negra, caso o irmão falhasse. Após um conflito com o Doutor Destino, que quase mata T’Challa, Shuri assume o posto de Pantera Negra e rainha de Wakanda. Mesmo após a recuperação de T’Challa, ela permanece usando o manto do Pantera Negra, agindo somente em Wakanda enquanto o irmão luta mundo afora.

HURI, A PRINCESA DE WAKANDA (FOTO: DIVULGAÇÃO)

Curte o conteúdo da GALILEU? Tem mais de onde ele veio: baixe o app Globo Mais para ler reportagens exclusivas e ficar por dentro de todas as publicações da Editora Globo. Você também pode assinar a revista, a partir de R$ 4,90, e ter acesso às nossas edições.

 

+ sobre o tema

Bahia prepara homenagens para Iemanjá

Cerca de 250 barcos devem participar da festa para...

Empregada, não! Viola Davis protesta: ‘Cansei de fazer domésticas’

Viola Davis é, provavelmente, uma das maiores atrizes norte-americanas da...

Salvador – Yemanjá é Black: moda, estilo e animação para saudar a Rainha do Mar

A festa Yemanjá é Black reunirá moda e música...

para lembrar

Mano Brown reassume posto de comando, com Marighella

Atenção, está no ar a rádio libertadora!Nem o filme,...

Os Negros, a Cidadania, a Economia e a Escravidão.

Tem um pensamento que eu gosto muito. Mais do...

Dona Ivone Lara celebra 45 anos de carreira

Dona Ivone Lara celebra 45 anos de carreira. Hermínio Bello...
spot_imgspot_img

Estou aposentada, diz Rihanna em frase estampada na camiseta

"Estou aposentada", é a frase estampada na camiseta azul que Rihanna, 36, vestia na última quinta-feira (6), em Nova York. Pode ter sido uma brincadeira, mas...

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...
-+=