Silvio Humberto Cunha: O Racismo não tira férias

O racismo é multifacetado, nao tira ferias e pode estar nas minimas coisas.E facil fazer essa distinção? Nao. 

É um processo de convencimento dentro de uma sociedade. O que há alguns anos era coisa da cabeça desses militantes do movimento negro, que são complexados, problematicos, etc.  as pessoas começam a entender como algo preconceituoso. Pegue  exemplo de Helena, de Viver a vida, se ajoelhando e levando um tapa na cara de uma mulher branca, na semana do 20 de novembro. Ha alguns anos, seria uma simples cena de novela. Hoje, as pessoas negras ficaram indignadas.

 

Quando você nao conhece o racismo, ele o provoca de uma forma alienada. Quando você o conhece, ele quer dialogar com você 24h por dia. Entao, o passo seguinte é como pensar para além do racismo, sem esquecer o carater estruturante que ele tem na formação da nossa sociedade. A diversidade tem que ser trabalhada nas escolas desde o maternal. Só assim é posslvel pensar um mundo sem racismo, sem homofobia, sem sexismo.

Silvio Humberto Cunha: Doutorado em Economia pela Universidade Estadual de Campinas (2004) .Mestre em Economia pela UFBA. É professor assistente da Universidade Estadual de Feira de Santana desde de 1993. Um dos fundadores e atual Diretor-executivo do Instituto Cultural Steve Biko . Tem experiência nas áreas de Economia,Desenvolvimento Econômico, Politicas Publicas, Ações afirmativas, Relações raciais, Relações Internacionais com foco nas relações Brasil-Africa. Tem participado de conferencias,Washington, D.C(2008), Moçambique(2008) , Luanda(2006) Africa do Sul(2007), Conferencia BIKO30:30, Membro da Cadara( Comissão Tecnica Nacional de Diversidade para Assuntos Relacionados à Educação dos Afro-brasileiros).

 {rsfiles path=”ENTREVISTA-SILVIO-HUMBERTO-CUNHA-REVISTA-MUITO-JORNAL-ATARDE.pdf” template=”default”}

Fonte: Jornal A Tarde

+ sobre o tema

Abertura das Olimpíadas terá Karol Conka e MC Soffia, de 12 anos

Segundo a colunista Cleo Guimarães do Globo, a cerimônia...

Obama canta em homenagem a Ray Charles na Casa Branca

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, comandou uma...

para lembrar

“O Mordomo” lidera bilheteria nos EUA

O drama racial O Mordomo continua dominando as...

Morre aos 79 anos o polêmico escritor e ativista Amiri Baraka

Morreu nesta quinta-feira (9), aos 79 anos,...

A memória da escravatura é “dolorosa de se ver” e não cabe numa vitrine

Exposição do museu de Arqueologia associa-se a um projecto...
spot_imgspot_img

Dia 21, Maurício Pazz se apresenta pela primeira vez no Instrumental Sesc Brasil

Maurício Pazz, paulistano, nos convida a mergulhar nos diferentes sotaques oriundos das diásporas africanas no Brasil. No repertório, composições musicais do próprio artista, bem...

6 brasileiros que lutaram pelo fim da escravidão no Brasil

O fim da escravidão no Brasil completa 136 anos em 13 de maio deste ano. Em 1888, a princesa Isabel, filha do imperador do Brasil Pedro 2º,...

Mostra Competitiva Adélia Sampaio recebe inscrições de filmes de mulheres negras até 16 de junho

A 6ª edição da Mostra Competitiva de Cinema Negro Adélia Sampaio está com inscrições abertas para filmes dirigidos por mulheres negras de todo o...
-+=