quarta-feira, setembro 16, 2020

    Tag: Equidade Racial no Nordeste

    cordeiro m rui beauty image

    W.K. Kellogg Foundation nomeia Rui Mesquita Cordeiro diretor de Programas para a América Latina e Caribe

    A W.K. Kellogg Foundation (WKKF -- Fundação W.K. Kellogg) anuncia a indicação do Sr. Rui Mesquita Cordeiro para o cargo de diretor de Programas para a América Latina e Caribe (LAC - Latin America and Caribbean). Nessa função, ele vai liderar as iniciativas de programas estratégicos na região, gerenciando uma equipe baseada no escritório da fundação na Cidade do México. Ele ficará subordinado ao vice-presidente para Estratégias de Programas, James McHale. "Rui tem sido um colaborador dedicado no trabalho da Fundação Kellogg por quase uma década. Ele é um líder internacional experiente e capaz e estamos satisfeitos com o fato de ele continuar a contribuir com o trabalho da Fundação Kellogg, para assegurar que todas as crianças tenham oportunidades de realizar todo o seu potencial", disse McHale. "A Fundação Kellogg tem um compromisso histórico de longo prazo com a América Latina e o Caribe, com um importante trabalho nas áreas de ...

    Leia mais
    uefs1

    Pesquisadores negros vão debater ciência e tecnologia no NE‏

    A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) inscreve até o próximo dia 20 para o Seminário de Pesquisadores Negros do Nordeste. A inscrição é gratuita e deve ser solicitada pelo e-mail [email protected] O evento vai ser realizado de 24 a 26 de maio no Auditório Central, no campus da universidade, e terá como tema central 'Ciência e Tecnologia no Nordeste: a saída da crise'. O Seminário vai abordar temas relacionados às condições atuais da pesquisa no Brasil, visando a elaboração de propostas que possam contribuir para a reversão do quadro de desigualdade regional na produção de ciência e tecnologia. Com isso, será possível interligar e divulgar projetos e iniciativas em torno do debate sobre a produção de conhecimentos, buscando apoio e convênios com instituições de fomento nacionais e internacionais. A promoção é da Associação de Pesquisadores Negros da Bahia (APNB), com apoio da Uefs.       Fonte: Lider ...

    Leia mais
    equidade racial no nordeste

    Petrobras assina contrato para promover igualdade racial; Nordeste será foco

    por Vanessa Silva* Um protocolo de intenções entre a Petrobras e a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) foi assinado às 17h desta terça-feira na sede da estatal, no centro do Rio de Janeiro. O objetivo do documento é firmar uma cooperação para o desenvolvimento de ações que promovam a igualdade racial e o combate ao racismo. De acordo com a ministra da Seppir, Luiza Bairros, a região Nordeste será uma das maiores beneficiadas com a política de incentivos, já que é na área há uma concentração maior de manifestações das culturas negras "Do ponto de vista da questão das artes e da cultura negra você tem, até mesmo por conta de concentrações populacionais, um maior número de manifestações que se localiza no Nordeste brasileiro. Eu acredito então que com isso a gente vá ter, naturalmente, a depender do tema, uma concentração maior (de incentivos) no Nordeste ...

    Leia mais
    Baoba

    Fundo que financiará equidade racial lançado em Brasília

    Solenidade aconteceu dia (05), às 18h, no Museu Nacional, e contará com a presença da ministra da Igualdade Racial, Luiza Bairros Fundo financiará iniciativas de entidades voltadas para a promoção da equidade racial Brasília sediou ontem (05) o lançamento do Baobá – Fundo para a Equidade Racial. Trata-se de uma associação sem fins lucrativos, cujos recursos vão subsidiar ações e projetos de entidades do movimento negro voltadas pra a promoção da igualdade racial. A ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros, participará do lançamento no auditório II do Museu Nacional, que fica no Setor Cultural Sul, Lote 2. Segundo o diretor Executivo do Baobá, Athayde Motta, o fundo foi estruturado nos moldes de organizações congêneres já em funcionamento em outras partes do mundo. "O objetivo principal do Baobá é estabelecer e administrar seu próprio fundo patrimonial e mobilizar recursos, no Brasil e no exterior, tornando-se ...

    Leia mais
    walterpinheiro

    Walter Pinheiro quer aprofundamento de políticas de combate ao racismo

    O senador Walter Pinheiro (PT-BA) defendeu nesta quarta-feira (23) a adoção de políticas públicas de combate ao racismo. A população negra, salientou o senador, é a que mais sofre com a pobreza e a miséria, conforme dados do IBGE divulgados por ocasião do Dia Nacional da Consciência Negra, em 20 de novembro. Reunidos em Salvador na semana passada para o 21º Encontro Íbero-Americano do Ano Internacional dos Afrodescendentes, representantes de 15 países discutiram políticas de apoio às comunidades negras e de combate ao racismo, à xenofobia, à discriminação e à intolerância racial, informou o senador. - Uma das principais conquistas do encontro foi a criação de um fundo internacional para financiar e reforçar ações complementares das políticas públicas de combate ao racismo e melhorar a qualidade de vida das populações negras em todo este continente e, inclusive, no continente africano. É óbvio que avançamos muito, mas ainda há muito a ...

    Leia mais
    athayde motta

    Athayde Motta – diretor do Fundo Baobá: Negro sofre ‘discriminação institucionalizada’ na saúde

    Além de ter menos acesso a planos de saúde do que brancos, a população negra também sofre uma "discriminação institucionalizada" nos serviços públicos de saúde do País, segundo o diretor do Fundo Baobá, Athayde Motta. "De alguma forma, os serviços do Estado reproduzem o preconceito de parte da sociedade. Pesquisas mostram que nos locais onde a maior parte da população é negra o serviço tende a ser pior", diz Motta. A tese defendida por Motta, que dirige o Fundo Baobá, uma ONG que viabiliza projetos que promovam a equidade racial, já foi sentida na pele por Marcelo Antonio de Jesus. Educador em uma ONG em São Paulo, 36 anos, Jesus conta que "durante exames", já sentiu "que há o receio de alguns médicos de tocar o paciente, pelo fato de ser negro". "Isso também ocorreu com familiares. No meu caso, em uma ocasião, fui a dois médicos diferentes. Um deles ...

    Leia mais
    universidade no nordeste1

    Norte e Nordeste têm maiores altas de matrículas na educação superior

    Matrículas cresceram 110,1% em dez anos; no Norte, aumento foi de 148%. Nordeste é a segunda região em número de estudantes de ensino superior O Brasil registrou, em 2010, 6.379.299 estudantes matriculados em um dos 29.507 cursos de graduação ou pós-graduação de 2.377 instituições, segundo dados do Censo de Educação Superior divulgado nesta segunda-feira (7) pelo Ministério da Educação. O número é mais que o dobro do registrado em 2001, de pouco mais de 3 milhões. Ao todo, as matrículas cresceram 110,1% em dez anos. O crescimento foi impulsionado pelas regiões Norte e Nordeste, com alta de 148,3% e 128,5%, respectivamente. Em relação a 2001, o Nordeste ultrapassou a região Sul para se consolidar na segunda região em número de estudantes de ensino superior, com 19,2% do total de matrículas. Foi no censo de 2008 que o Nordeste apresentou maior número de matrículas que o Sul. A participação do Sul ...

    Leia mais
    logo-baoba home

    Fundo Baobá para equidade racial

    SOBRE O FUNDO BAOBÁ Criado em abril de 2011, o Fundo Baobá é uma organização sem fins lucrativos e seu objetivo é mobilizar pessoas e recursos financeiros para viabilizar projetos que promovam a equidade racial, em diversas áreas e temáticas. O Fundo Baobá também pretende incentivar, em diversos setores da sociedade brasileira, a cultura de uma filantropia eficiente, responsável e ética. Histórico O Fundo Baobá surgiu de uma parceria entre organizações da sociedade civil que atuam em prol da equidade racial no Brasil e a Fundação Kellogg, instituição que se destaca pela luta contra a discriminação racial em todo o mundo. Causa Promover a sustentabilidade de organizações da sociedade civil engajadas na promoção da equidade racial e na luta antirracista. Visão Tornar-se uma instituição doadora de recursos reconhecida pela qualidade dos projetos que apoia, pelos impactos que estes alcançam, pela gestão de seus recursos e pela transparência de sua administração ...

    Leia mais
    novo olhar para os jovens nordestinos

    Um novo olhar para os jovens nordestinos

    Mudar uma cultura impregnada ao longo de décadas não é tarefa fácil, que o diga a jornalista Ana Márcia Diógenes, coordenadora do Fundo das Nações Unidas para a Infância(UNICEF) nos estados do Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte, instituição onde atua há mais de uma década, num trabalho contínuo que envolve muito esforço e ideologia, na busca constante por melhorar a vida de milhares de crianças e adolescentes que vivem no semiárido brasileiro. Foi numa dessas andanças pelo Rio Grande do Norte, enquanto articuladora do Selo Unicef município Aprovado, que ela reservou um tempo para conversar com nossa equipe de reportagem, provocada a fazer uma análise da situação da infância no Nordeste brasileiro. Para Ana Márcia, antes de tudo, a problemática da infância começa com uma questão de cunho cultural. "A forma histórica de ver o Nordeste contribuiu muito para que houvesse uma distorção sobre o que somos e ...

    Leia mais
    arisia barros

    O descaso com a população quilombola, em Alagoas, é obsceno

    por Arísia Barros Dona Irinéia Rosa Nunes da Silva tem 64 anos é quilombola de Muquém e reconhecida artesã. É artista do barro, por execelência, segundo análise geral. Os quilombolas de Muquém sobrevivem da venda do artesanato em argila. A Comunidade Quilombola de Muquém fica na zona rural de União dos Palmares, a 80 quilômetros de Maceió,em Alagoas. Vítimas da enchente de junho de 2010 faz um ano e três meses, que aguardam as casas prometidas, afogadas pelas águas, que pôs a olho nu a pobreza e as impossibilidades da condição de vida dos quilombolas de Muquém . Pobreza que causa grave lesão a dignidade humana dos descendentes de Palmares. A enchente destruiu mais de mil peças de argila de D. Irinéia que estavam no forno para serem queimadas. As famílias perderam a casa e a privacidade. Só não perderam a vida graças à jaqueira, que as protegeu. Perderam as ...

    Leia mais
    image mini

    Piaui: Entidade quer criação da coordenadoria de saúde para negros

    O pedido está sendo oficializado na reunião do Conselho de Saúde com 30 entidades. O movimento negro está solicitando ao governo do Estado que crie a Coordenadoria Estadual de Saúde para a População Negra. O pedido está sendo oficializado na reunião do Conselho de Saúde, presidida pela secretária Lílian Martins com representação de 30 entidades. Ruimar Batista, que representa o movimento negro, o disse que o Estado está perdendo verba do governo Federal devido à falta de um órgão específico para esse setor. Segundo ele, 77% da população do Piauí é negra. Eles pedem um diagnostico da saúde de população, implantação de um programa de combate ao racismo na rede SUS e concurso público para a raça. Essa coordenadoria ficaria ligada à Secretaria de Saúde. Outros temas Durante a reunião do Conselho, outros temas foram debatidos entre eles a situação da Potycabana. O conselheiro Carlos Neves, do Sindicato dos Urbanitários, ...

    Leia mais
    arisia barros

    É hora de assumir Alagoas, presidente!

    por Arísia Barros Meu Caríssimo Elói Ferreira de Araújo, Presidente da Fundação Cultural Palmares. É hora de colocar todos os pontos nos lugares devidos. Temos que definir os rumos e propósitos do Parque Memorial Quilombo dos Palmares construído no alto da Serra da Barriga, nas Alagoas, de Palmares. A ação de gestar o Parque Memorial Quilombo dos Palmares está se transformando em uma guerra entre os diferentes, empilhando cadáveres das palavras ásperas e certeiras. Há uma tensão permanente entre os pares que, se nunca foram amigos se vestem, agora, de adversários com a fúria furiosa da Ku Klux Klan. É preciso, com ações estruturantes, destruir espelhos do ódio e da intolerância. As muitas intolerâncias que desumanizam homens, mulheres e mancham com o apartheid contemporâneo suas histórias pessoais. É hora de assumir, Alagoas e aquela Serra plantada na República dos Palmares. É hora de assumir todos os caminhos, os problemas, alternativas ...

    Leia mais
    77957

    Índios e negros da terra

      A história 'oficial' ensinada nas escolas do RN, 'garante' que todos índios potiguares foram dizimados devido a resistência ao domínio do homem branco europeu; e que a presença da comunidade negra quilombola no Estado é irrelevante dentro do contexto social norte-riograndense - teorias defendidas, inclusive, por Luís da Câmara Cascudo em alguns de seus livros. Essa versão da história também foi reforçada com o desencadeamento do conflito entre luso-portugueses e índios, episódio que assolou terras nordestinas da segunda metade do século 17 até início do século 18 e que ficou conhecido como "Guerra dos Bárbaros". Durante muitos anos, talvez séculos, essa foi a 'única verdade' sobre o passado da Capitania do Rio Grande na esquina do Brasil colônia, e décadas se passaram até o surgimento de pesquisas capazes de descortinar um 'outro passado' e propor novos rumos para velhas máximas. A partir da necessidade de se romper com as ...

    Leia mais
    arisia barros

    O IV Ìgbà e o desafio de escalar os buracos que nos levam a Palmares

    por Arísia Barros A Serra da Barriga é considerada um dos maiores patrimônios da cultura negra do mundo, mas é íngreme a subida para Serra da Barriga de Áfricas, localizada em Palmares, Alagoas. A subida da Serra por entre a floresta de cana-de-açúcar que encobre os dois lados da estrada e as belas paisagens, em dias invernosos é um percurso sinuoso e estreito que põe à toda prova a resistência física. Realizar o ato interreligioso na manhã do dia 07 de julho, Dia Nacional de Luta Contra o Racismo, no alto da Serra em homenagem a Abdias Nascimento, como parte integrante do Ìgbà- IV Seminário Afroalagoano: Igualdade Racial é Para Valer? foi um desafio e tanto: lama, atolamento, derrapagens e etc e tal. Difícil foi a travessia debaixo de uma fina garoa e a pé por entre lagoas formadas ao longo do caminho que nos levam ao Parque Memorial Quilombo ...

    Leia mais
    arisia-barros

    Você ainda não se inscreveu no Ìgbà? Ainda dá tempo.

    Por: Arísia Barros O Ìgbà- IV Seminário Afro-Alagoano: Igualdade Racial é Para Valer? tem inicio previsto para às 9 horas do dia 07 (quinta-feira), Dia Nacional de Luta Contra o Racismo. Já no dia 08 de julho a programação inicia às 08 horas, com término às 16 horas. O Ìgbà- IV Seminário Afro-Alagoano: "Igualdade Racial é Para Valer? surge como ferramenta contínua de comunicação, e busca a partir ato interreligioso, no alto da Serra da Barriga/Parque Memorial Quilombo dos Palmares/AL prestar homenagem a um dos maiores símbolos da luta contra o preconceito Abdias Nascimento,como também, despertar a consciência contemporânea sobre o conceito da igualdade baseado nas diferenças. Destacando pontos relevantes para o estabelecimento de ampla avaliação sobre a implementação de políticas públicas,visando a afirmação da população de pele preta ou parda , muitas vezes sancionadas, mas sem a devida implementação. "A população negra brasileira e o simbolismo da palavra liberdade ...

    Leia mais
    arisia-barros

    Secretário Rogério Teófilo é hora de articular a construção do acesso a Serra da Barriga.

    por Arísia Barros     A construção da estrada de acesso a Serra da Barriga está se constituído em uma verdadeira saga, com uma série de idas, retornos e explicações mecânicas do estado. Rogério Auto Teófilo tomou posse dia 01 de julho, como Secretário de Estado de Articulação Política e segundo suas próprias palavras o papel que irá desempenhar dentro do governo" é promover a interface/interlocução entre os agentes políticos e a sociedade civil organizada." De uma forma mais crassa diremos que articular é reunir para criar movimento, quebrar a estagnação. Com a posse de Rogério, um homem político com fortes argumentações, acredito que teremos tempos mais fartos de negociações e soluções práticas, em relação a esse investimento étnico que faz séculos, espera. Mesmo antes da posse Rogério Teófilo já se reuniu com o DER e a Caixa Econômica para desemperrar as distâncias exageradas que inviabilizam a trilha que nos ...

    Leia mais
    arisia-barros

    Inscrições abertas para Ìgbà -“Igualdade Racial é Para Valer?”. Abdias Nascimento

    Por: Arísia Barros   Acontece às 9 horas do dia 07 (quinta-feira), Dia Nacional de Luta Contra o Racismo, ato interreligioso, no alto da Serra da Barriga/Parque Memorial Quilombo dos Palmares/AL tendo como objetivo prestar homenagem a luta e memória do indicado ao prêmio Nobel da Paz/2010, dramaturgo, poeta, e acima de tudo defensor ferrenho da igualdade racial,e, um dos maiores símbolos da luta contra o preconceito,Abdias Nascimento. Conceituado intelectuais do Movimento Negro Brasileiro, doutor honoris causa pelas Universidades de Brasília, do Rio de Janeiro, da Bahia, professor na Universidade de Nova York",Abdias Nascimento exerceu os cargos de deputado federal, senador da República O ato interreligioso contará com a presença de Elisa Larkin, esposa de Abdias e coordenadora do IPEAFRO, do presidente da Fundação Cultural Palmares, Elói Ferreira de Araújo, Leonor Franco de Araújo, Secretaria de Promoção e Políticas da Igualdade Racial, Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras, Rurais ...

    Leia mais
    exterminio2

    Ato Público contra o Racismo Institucional e pelo fim do extermínio da juventude negra

      Na última quinta feira, dia 02 de junho, os passageiros que transitavam no Terminal do bairro da Parangaba entre as 17 e 18 horas foram recepcionados por outro som além daquele comum dos ônibus. Foram os batuques do grupo Tambores de Safo que juntamente com integrantes do Movimento Feminista do Ceará e do Instituto Terramar realizaram um Ato Público com o tema: Contra o Racismo Institucional e pelo fim do extermínio da juventude negra. A manifestação foi organizada após uma companheira negra do movimento ter sido abordada e sua bolsa revistada por um agente da Guarda Municipal de Fortaleza, no mesmo terminal, sem nenhuma justificativa enquanto aguardava o ônibus para casa. O ato teve a intenção de convidar as pessoas a refletirem sobre as diversas manifestações de racismo, principalmente no Ceará, e de que forma os negros/as tiveram historicamente seus direitos negados. Durante os momentos de fala, outra questão ...

    Leia mais
    arisia_barros004.jog

    Excelência, se o povo gritar o senhor acorda?

    Por: Arísia Barros A Terra dos Marechais é um território do nordeste brasileiro dividido em estruturas sociais. Estruturas sociais previamente arquitetadas pelos colonizadores e reproduzidas por seus herdeiros contemporâneos. De um lado encontramos a "alagoa do sul", onde habitam pouquíssimos privilegiados os exclusivos donos da terra. No lado em que se amiúdam as oportunidades, riquezas, qualidade de vida, mora o povo ferido pela geografia do apartheid étnico e econômico. É a "alagoa do norte". Na alagoa do norte a dignidade da vida humana é diariamente, seqüestrada. Vidas roubadas. Na alagoa do norte o sentimento de insegurança desenha a robustez das grades nas janelas e a insuficiência da solidariedade entre iguais, realimentando a violência. Alagoa do sul já afirmou publicamente que alagoas do norte é terra de ninguém. Vossa Excelência diz que não! Na alagoa do sul não é permitida a entrada de forasteiros, esses que levantam bandeiras por 20 "conto". ...

    Leia mais
    arisia-barros

    Ministra Ana Hollanda já não é hora de subir a Serra, em Alagoas?

    Por: Arísia Barros   Alagoas é quase do tamanho da República do Haiti, a "ilhazinha dos pretos" que ao incorporar os ecos dos ideais de igualdade, liberdade e fraternidade, tornou-se o primeiro país latino-americano a declarar-se independente. A primeira República Negra da história. Como a primeira República Negra das terras de Cabral, Alagoas está exausta de ser personagem anônimo na história brasileira. Aqui se escreveu um dos mais significativos capítulos da história do Brasil-brasileiro-além-do-navio-negreiro. Alagoas é o segundo menor estado da federação tem sim, uma pobreza de marré, marré, marré deci, entretanto no contraponto, da história podemos falar de nossas riquezas e da alagoniedade altaneira, que vai além de uma coletividade anônima. Somos o estado negro de Zumbi! A primeira República negra do Brasil! Alagoas é o segundo menor estado do Nordeste que se avizinha dos estado da Bahia, Pernambuco e Sergipe. Alagoas é Palmares! A Serra da Barriga está ...

    Leia mais
    Página 1 de 9 1 2 9

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist