Streamer é vítima de racismo em jogo online e faz denúncia: ‘Preto horroroso’

Enviado por / FonteDa Revista Marie Claire

O blogueiro, designer gráfico e streamer Caique Benedito tirou prints dos insultos proferidos durante uma partida online. A pessoa que fez as injúrias raciais se identificou como Guilherme Lopes, de Uberlândia, e divulgou suas redes sociais, pois acreditava que o caso não daria em nada

O blogueiro, designer gráfico e streamer Caique Benedito, 21, fez uma denúncia em seu Instagram com prints de insultos racistas que recebeu em uma live na plataforma twitch.tv. A transmissão ao vivo ocorreu após uma partida do jogo League of Legends.

Segundo Caique, uma pessoa que se identificou como Guilherme Lopes, de Uberlândia, Minas Gerais, fez as ofensas criminosas. Ele enviou mensagens na plataforma como ‘preto horroroso’, ‘e a favela?’

Em seguida, Guilherme divulgou as sua próprias redes sociais, sob o argumento de que a denúncia “não daria em nada.” Caique desabafa na publicação sobre a dificuldade de ser streamer negro.

“Eu realmente sei que isso não vai dar em nada porque situações como essa sempre passam batido, mas como o amigo ali se acha intocável vou fazer esse post só para ver até onde vai”, afirma o streamer.

“Além da barreira financeira para ter um computador bom, você não se sente representado de nenhuma forma, não tem um cara ali para você usar de espelho e quando você tenta sair da caixinha, acontecem umas coisas dessas”, publicou.

“Você se acha tão superior a mim porque eu sou preto e não teve capacidade para ganhar de mim; você queria cinco minutos de fama e você vai ter, seu bosta.”

Confira a denúncia feita por Caique:

+ sobre o tema

Ministério da Igualdade Racial lidera ações do governo brasileiro no Fórum Permanente de Afrodescendentes da ONU

Ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, está na 3a sessão do...

Crianças do Complexo da Maré relatam violência policial

“Um dia deu correria durante uma festa, minha amiga...

Concurso unificado: saiba o que o candidato pode e não pode levar

A 20 dias da realização do Concurso Público Nacional...

Estudo mostra que escolas com mais alunos negros têm piores estruturas

As escolas públicas de educação básica com alunos majoritariamente...

para lembrar

Nem tudo era italiano …

Este brilhante trabalho foi apresentado originalmente em 1995 como...

Além de odiar as mulheres, atirador de Santa Bárbara era racista, diz jornal americano

"Como pode garoto negro conquistar uma menina e não...

Coisas que uma sociedade racista faz por você

Você, um belo dia, está na faculdade e vem...

Denúncias de racismo na internet crescem 81% em 2014, aponta levantamento de ONG

Aumento foi observado na comparação entre os primeiros semestres...
spot_imgspot_img

Gibi, 85 anos: a história da revista de nome racista que se transformou em sinônimo de HQ no Brasil

Um dicionário de português brasileiro hoje certamente trará a definição de gibi como “nome dado às revistas em quadrinhos” — ou algo parecido com isso....

Estudante negra de escola pública ganha prêmio com pesquisa que apontou racismo em dicionários: ‘racismo enraizado na fala’

Uma aluna do Ensino Médio do Instituto Federal São Paulo, de Bragança Paulista (IFSP), conquistou medalha de ouro após apresentar uma pesquisa sobre racismo, durante a...

Alunos de colégio em Brasília sofrem ataques racistas em torneio de futsal

A Escola Franciscana Nossa Senhora de Fátima afirma que estudantes do colégio Galois chamaram seus alunos de "macaco", "filho de empregada" e "pobrinho" durante...
-+=