Sueco racista é condenado por dois assassinatos

O criminoso deverá ser cumprir pena perpétua

Um sueco de 40 anos, Peter Mangs, foi declarado culpado nesta terça-feira (24) por assassinar duas pessoas por motivos racistas, anunciou o tribunal de Malmö (sudoeste), que decidirá posteriormente sua sentença.

Mangs foi declarado culpado por dois dos três crimes dos quais era acusado: o de Kooros Effatian, um imigrante iraniano de 66 anos assassinado em junho de 2003, e o de Trez West Persson, um sueco de 20 anos, assassinado a tiros em outubro de 2009, quando se encontrava num carro junto a um amigo de origem albanesa.

No entanto, o acusado foi absolvido do assassinato de Firas al-Sharia, de 23 anos, que o porta-voz do tribunal não informou se era iraquiano ou sueco de origem iraquiana.

Mangs também foi condenado por quatro das doze tentativas de assassinato de que foi acusado, por ter apontado uma arma automática contra pessoas em suas casas, locais de trabalho, em seus carros ou espaços públicos, assim como por três agressões.

Até sua prisão, em novembro de 2010, Mangs criou temor em Malmö, a terceira cidade mais povoada da Suécia, durante uma série de tiroteios que se iniciaram em 2009 e estavam dirigidos sistematicamente contra imigrantes ou pessoas de origem estrangeira.

O acusado negou 19 das 20 acusações, reconhecendo apenas um ato de vandalismo. Indagado sobre as razões pelas quais admitiu ante amigos ser autor dos assassinatos, respondeu que era era uma questão de “humor”.

 

 

Fonte: R7

+ sobre o tema

Skinheads negam crimes e assumem ligação com movimento nacionalista

  Os três presos respondem por racismo e formação de...

Governo muda comandante da Rota

Secretaria diz que outras áreas da PM também passaram...

Eu não vou roubá-lo

Por Luiz Roberto Lima, em Coletivo Carranca Bem arrumado e elegante, cheiroso...

para lembrar

Consciência Negra: 10 livros para entender mais sobre a luta antirracista

Uma boa maneira que temos para ter mais consciência...

Fleury Johnson: Brasil X realidade

Fleury, Togolês, 24 anos, estudante de medicina na Universadade...

Frente democrática no Brasil não pode deixar de lado o problema do racismo, diz pesquisador

Silvério estuda como movimentos negros em diversos países se...
spot_imgspot_img

Fifa apresenta pacote de medidas contra o racismo no esporte

A Federação Internacional de Futebol apresentou um pacote de medidas contra o racismo no esporte. O mundo do futebol está reunido em Bangkok, na Tailândia, onde...

Tragédia no Sul é ambiental, mas sobretudo política

Até onde a vista alcança, o Rio Grande do Sul é dor, destruição. E vontade de recomeçar. A tragédia socioclimática que engolfou o estado, além da...

Para os filhos que ficam

Os seus pais vão morrer. É ainda mais difícil se dar conta disso depois de um Dia das Mães, como foi o último domingo....
-+=