Suíço é excluído do Campeonato Europeu após postagem racista contra franceses

Um vídeo postado logo após o título mundial de futebol da França, em julho, custou a ida do atleta suíço, Pascal Mancini, ao Campeonato Europeu de Atletismo, na próxima semana, em Berlim. Nesta quarta, a Federação Suíça anunciou que o velocista foi afastado por violar o código de conduta da entidade e não disputará o revezamento 4 x 100, prova na qual estava inscrito. O vídeo divulgado por Pascal mostrava vários macacos com a legenda “franceses e seus primos”. Os Bleus foram campeões na Rússia com muitos negros descendentes de imigrantes na sua seleção.

Do Observatório Racial Futebol

Foto: arquivo pessoal Foto Reprodução/Observatório Racial Futebol

– A Federação Suíça retirou a minha licença. Não posso competir mais. A mídia quer me destruir, impedindo que eu corra e interrompendo a minha carreira. Tudo isso só porque emiti minhas opiniões – escreveu o velocista de 29 anos em uma postagem mais recente.

Este é o segundo gancho na carreira de Pascal Mancini. Em 2012, ele foi reprovado em exame antidoping pelo uso da substância proibida nandrolona e acabou suspenso por dois anos. O suíço é especialista na prova dos 100m rasos.

Em nota, a Federação Suíça de Atletismo reforçou que a entidade acredita que “as transgressões do atleta não podem ser toleradas. O Campeonato Europeu de Atletismo começa na próxima segunda-feira e vai até o dia 12 de agosto, domingo.

+ sobre o tema

Shopping barra jovens da periferia, mas libera ‘rolezinho’ de alunos da USP

Sem repressão ou proibição, estudantes de Economia da...

Racismo no aeroporto de Aracaju

Fonte: Consórcio Culturais -   Membro do Movimento...

Uma luta incansável

Desde que escrevi minha última coluna, muitas coisas aconteceram...

Coalizão Negra por Direitos pede indicação de uma jurista negra ao STF

A Coalizão Negra por Direitos, que reúne mais de...

para lembrar

Técnicos negros sofrem para quebrar preconceito e ganhar espaço no futebol

Desde que saiu do Flamengo campeão em 2009, Andrade...

“Preto folgado” Cliente é vítima de racismo ao tentar trocar pen drive

Zenildo Silva, de 35 anos, registrou um boletim de...

O mal-estar da masculinidade negra contemporânea

“O problema do negro na América é o problema...
spot_imgspot_img

Futuro da gestão escolar

A educação pública precisa de muitos parceiros para funcionar. É dever do Estado e da família, com colaboração da sociedade, promover a educação de todas as...

Educação para além dos muros da escola

Você pode fornecer escolas de qualidade para os mais pobres e, mesmo assim, talvez não veja a mudança na realidade do país que se...

Criança não é mãe

Não há como escrever isto de forma branda: nesta quarta-feira (12), a Câmara dos Deputados considerou urgente discutir se a lei deve obrigar crianças vítimas de estupro à...
-+=