sexta-feira, janeiro 22, 2021

Tag: ABL

Joel Zito (Foto: Imagem retirada do site O Globo)

Casa de Machado de Assis, a ABL abre suas portas pra Joel Zito Araújo

Casa de Machado de Assis (1839-1908), a Academia Brasileira de Letras (ABL) vai se tornar nesta quinta-feira palco para uma inflamada reflexão sobre racismo, colorismo e todas as demais matizes da aquarela da exclusão, numa visita do diretor Joel Zito Araújo, diretor de “A negação do Brasil” (2000) para falar sobre representação e identidade do legado africano em nossa população. Com 31 anos de estrada nas telas, o realizador do premiado “Filhas do vento” (2004) foi convidado pela ABL para ministrar, hoje (27/6), às 17h30, o colóquio “O Negro no Cinema Brasileiro”. A palestra dele encerra o ciclo “Vozes d’África na cultura brasileira”. A ABL, casa fundada por Machado de Assis, fica Av. Presidente Wilson, 203, Castelo. Em janeiro, o mineiro, nascido na cidade de Nanuque e reconhecido como um dos mais combativos documentaristas em atividade hoje no país, integrou a mostra Soul in the Eye, do Festival de Roterdã, ...

Leia mais

Cineasta e roteirista Joel Zito Araújo fala na ABL sobre ‘O negro no cinema brasileiro’

O Cineasta, roteirista e produtor Joel Zito Araújo faz na Academia Brasileira de Letras a palestra de encerramento do Ciclo “Vozes d’África na cultura brasileira”, intitulada “O Negro no cinema brasileiro”, sob a coordenação do Acadêmico e professor Domício Proença Filho. O evento está programado para o dia 27 de junho, quinta-feira, às 17h30min, no Teatro R. Magalhães Jr., Avenida Presidente Wilson, 203, Castelo. Entrada franca Da  Academia Brasileira de Letras A Acadêmica e escritora Ana Maria Machado é a coordenadora geral dos Ciclos de Conferências de 2019. Acadêmico Domício Proença Filho convida para o ciclo "Vozes d'África na cultura brasileira" Serão fornecidos certificados de frequência. O CONFERENCISTA Premiado diretor conhecido por tematizar o Negro na sociedade brasileira. Cineasta, roteirista e produtor, curador de festivais, é doutor em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, e pós-doutor pelo Departamento de Rádio, TV e Cinema na Universidade do Texas, ...

Leia mais
Foto: Divulgação/Flip

A ABL não merece Conceição Evaristo

Em julho deste ano, Conceição Evaristo, 71 anos, cruzava de barco a Restinga da Marambaia, debaixo de sol, e se embrenhava na mata para ter um encontro com os quilombolas e caiçaras do isolado Quilombo da Marambaia. Pé na terra, abraçou, comeu, ouviu e falou. Viveu. Por Dodô Azevedo no G1 Foto: Divulgação/Flip Nossa literatura acadêmica é composta, basicamente, por brasileiros que não têm o costume de ir ao encontro do mundo. Nossa arte clássica é, em geral, produzida por artistas que nunca saíram da sombra, que pouco saíram de casa, e que baseiam sua vivência de mundo em uma vivência exclusivamente intelectual e elitizada. Não sujam as mãos, não colocam os pés na terra, não vão ao encontro do outro. Por isso, a Academia Brasileira de Letras não merece Conceição Evaristo. A ABL é uma instituição que, afinal, só é notícia quando há a morte ...

Leia mais
A escritora Conceição Evaristo durante a Flip 2017. Foto: Walter Craveiro / Divulgação

Conceição Evaristo: Uma escritora popular brasileira

A escritora concorre à cadeira 7 da Academia Brasileira de Letras em eleição a ser realizada nesta quinta-feira, 30 por Vagner Amaro no Biblioo A escritora Conceição Evaristo durante a Flip 2017. Foto: Walter Craveiro / Divulgação Na próxima quinta-feira, dia 30 de agosto, a Academia Brasileira de Letras vai eleger o novo ou a nova ocupante da Cadeira número 7 do quadro dos seus membros efetivos, na sucessão do cineasta e acadêmico Nelson Pereira dos Santos, falecido no dia 21 de abril deste ano.  Entre os concorrentes para ocupar esta vaga está Conceição Evaristo, escritora mineira, cuja obra vem despertando um crescente interesse tanto no Brasil como no exterior. A escritora vem recebendo um apoio popular inédito, que já a coloca na história da Academia Brasileira de Letras.  Até então, nenhum outro(a) candidato(a) à ABL teve uma campanha espontânea com tantas adesões, como também é inédito ...

Leia mais
Leo Martins

Conceição Evaristo fala da Flip, de racismo e da possibilidade de se tornar a primeira mulher negra a ocupar uma cadeira na ABL

O cartaz de uma peça com atores negros pregado na porta da Livraria Cultura, no Centro, chama a atenção de Conceição Evaristo. “Vamos assistir?”, pergunta ela à assessora, Ludmilla Lis. A vontade de prestigiar combina com o lema que a autora tem repetido a mulheres negras de sua convivência e que, segundo ela, dá sentido à visibilidade que tem experimentado: “Uma sobe e puxa a outra”. Tudo que Conceição não quer é ser exceção, mas num país de oportunidades desiguais, isso acontece bastante. Nascida na favela do Pendura a Saia, em Belo Horizonte, numa família de mulheres lavadeiras, cozinheiras, faxineiras e empregadas domésticas, a escritora é a única de nove irmãos a chegar ao nível universitário. Agora, pode ser a primeira mulher negra a ocupar uma cadeira na ABL (a eleição é em 30 de agosto). por Maria Fortuna no O Globo Leo Martins A vida ...

Leia mais
Ana Branga / Agência O Globo

Meu sonho é ser imortal

Em 120 anos, nenhuma mulher negra ocupou uma cadeira na ABL. Nenhuma. por Ana Paula Lisboa no O Globo Ana Branga / Agência O Globo A biblioteca da Escola Municipal Soares Pereira, onde estudei da quinta à oitava série (sei que já não se diz assim, mas prefiro ser old school), ficava aberta nos recreios e nunca precisávamos fazer silêncio. Era um lugar para jogadores de xadrez e dama, leitores de revistas da Turma da Mônica ou qualquer um que não quisesse suar no pátio nos verões. Também era o reduto dos hipsters — que na época não tinham esse nome —, um pessoal que já se acha intelectual demais, mesmo aos 13 anos. Eu era uma dessas pessoas, confesso. Na verdade, foi nessa época que descobri que poderia ocupar vários espaços, que não precisava me prender à mesma turma de amigos o tempo todo ou ...

Leia mais
30/07/2017- Paraty- Mesa 17 - Amadas Ana Maria Gonçalves Conceição Evaristo Ao refazer sua trajetória com imagens e leituras, Conceição Evaristo, em conversa com Ana Maria Gonçalves, presta um tributo a outras vozes femininas africanas e da diáspora negra, como Angela Davis, Audre Lorde, Carolina de Jesus, Josefina Herrera, Nina Simone, Noêmia de Sousa, Odete Semedo, Paulina Chiziane e Toni Morrison. Foto: Walter Craveiro/Flip

Conceição Evaristo entrega carta de apresentação e é oficialmente candidata à ABL

Aos 71 anos, a escritora pode ser a primeira mulher negra a ocupar uma cadeira na Academia Brasileira de Letras no Revista Fórum Foto: Walter Craveiro/Flip A premiada escritora mineira, Conceição Evaristo, entregou a carta de apresentação, o que confirma sua candidatura à Academia Brasileira de Letras (ABL). Ela pleiteia a cadeira número 7, que está vaga desde a morte do cineasta Nelson Pereira dos Santos. Depois da criação de uma petição online, em apoio à escolha de Conceição, a iniciativa repercutiu na internet e já ultrapassou 20 mil assinaturas. “Assinalo o meu desejo e minha disposição de diálogo e espero por essa oportunidade”, diz um trecho da carta. A escritora já havia dito: “Eu quero entrar porque é um lugar nosso, porque temos direito”. Denise Carrascosa, professora de Literatura da Universidade Federal da Bahia, assinou o texto do abaixo-assinado: “A escritora mineira Conceição Evaristo reescreve ...

Leia mais

Imortais da ABL não estão gostando da mobilização em nome de Conceição Evaristo

A reação entre os imortais da ABL à candidatura da querida Conceição Evaristo, de 71 anos, não é boa. Por lá, estão dizendo que a Casa não funciona na base de pressão, como vem fazendo a campanha em prol da escritora mineira. A candidatura dela é apoiada pelo movimento negro e mobiliza milhares de pessoas na internet. por Ancelmo Gois no Blog do Ancelmo Monica Imbuzeiro | Agência O Globo Só que... Esse barulho do movimento negro na ABL pode pavimentar, no futuro, a candidatura do poeta e compositor Salgado Maranhão, 64 anos.

Leia mais

A trajetória literária da Conceição Evaristo a habilita à ABL, diz Editor

Duas petições disponíveis na internet pedem a eleição da escritora mineira para ocupar a cadeira vaga com o falecimento de Nelson Pereira dos Santos por Chico de Paula no Carta Capital Com o falecimento do cineasta Nelson Pereira dos Santos, ocorrido há duas semanas, abriu-se uma cadeira na Academia Brasileira de Letras (ABL). Em função disso, iniciou-se uma mobilização na internet, com dois abaixo-assinados virtuais (ver aqui e aqui), para que a escritora Conceição Evaristo, reconhecida pela sua militância em favor da causa negra, seja conduzida ao posto vago. “Uma das principais expoentes da literatura brasileira, Conceição Evaristo expõe um Brasil ao Brasil de modo cativante, em palavras e narrativa que articulam, como poucos conseguem, simplicidade e refinamento literário. Esta é a hora para uma indicação de pessoas negras de grande relevância, produção e contribuição literárias”, diz uma das petições que já havia alcançado quase 10 mil assinaturas até o fechamento dessa reportagem. Nas ...

Leia mais

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist