terça-feira, abril 20, 2021

Tag: casos de preconceitos

Imagem Geledés

Bolsonaro é condenado a pagar R$ 150 mil por declarações racistas e homofóbicas

A ação foi movida por três grupos que atuam em defesa da população LGBTI no Rio de Janeiro Por Jaqueline Deister, do Brasil de Fato  Imagem Geledés Na última semana, a maioria dos desembargadores da Câmara Cívil do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) decidiu manter a condenação do presidente Jair Bolsonaro (PSL) por ter feito declarações homofóbicas e racistas no extinto programa CQC, da TV Bandeirantes, em março de 2011. Com a sentença, ele terá que pagar R$ 150 mil por danos morais coletivos. A indenização será destinada ao Fundo de Defesa dos Direitos Difusos, do Ministério da Justiça. A ação foi movida, em 2011, pelo Grupo Diversidade de Niterói (GDN), Grupo Cabo Free de Conscientização Homossexual e Combate à Homofobia e Grupo Arco-íris de Conscientização. Para o presidente do GDN, Felipe Carvalho, a decisão judicial representa uma vitória para o movimento LGBTI de todo o país. ...

Leia mais
Foto- Reprodução : O Globo

Pai de santo é assassinado dentro de terreiro no Rio

O pai de santo Leandro Sousa de Jesus, de 32 anos, foi morto a tiros na noite de ontem (24), dentro de seu terreiro em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Segundo a Polícia Militar (PM), testemunhas relataram que Leandro estava em uma reunião no barracão quando dois homens de moto chegaram atirando para o alto e, em seguida, dispararam contra o homem. Por Jéssica Antunes* no Agência Brasil Foto- Reprodução : O Globo A PM informou que policiais do Batalhão de Mesquita (20o BPM), foram acionados e encontraram o pai de santo já morto no local. O crime ocorreu na Rua das Marrecas, bairro Nova Brasília. A Polícia Civil investiga o caso por meio da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).

Leia mais

Professora denunciada por preconceito contra nordestinos no Twitter é demitida

Mulher, identificada como @RezendeLoraC no Twitter, comentou postagem da cearense na rede social com ofensas contra nordestinos. Agressora apagou o perfil, mas foi descoberta por outras redes sociais e acabou demitida de seu emprego de professora municipal. Denúncias ao MPF e PF também foram feitas Por SAMUEL PIMENTEL, do O Povo  Após postar reportagem denunciando a atuação de facção criminosa na proibição de campanha de candidato à Presidência em área da Cidade, uma jornalista cearense teve o post replicado no Twitter com insultos preconceituosos contra nordestinos. Uma mulher, identificada na rede social como @RezendeLorac, afirmou: "Por isso tem que separar norte e sul. Se f*** esses nordestinos alienados. Fiquem com os presidentes comunistas perfeitos de vocês." Após repercução do caso, a mulher deve ter a demissão do cargo de professora da rede muncipal oficializada em breve pela Prefeitura de Teresópolis, no Rio de Janeiro. O comentário da mulher foi registrado pela ...

Leia mais
Luís e a mãe dele (Foto: Reprodução/TV Globo)

Família entra na Justiça após escola no DF proibir aluno de ter cabelos longos

Mãe tinha feito promessa e só vai poder cortar madeixas dele daqui a dois anos. Escola diz que regra está no regimento. Do G1  Um menino de 11 anos precisou mudar de escola no Distrito Federal porque o estabelecimento não aceitava que ele continuasse com os cabelos longos. Segundo a mãe, a família fez uma promessa e só vai poder cortar as madeixas de Luís Phelipe Oliveira daqui a dois anos. Agora, o caso foi parar na Justiça. A pressão para cortar o cabelo teria começado antes das férias de julho. A direção do Colégio Adventista de Planaltina chegou a mandar uma notificação para os pais, alertando que o aluno não poderia frequentar as aulas se continuasse com o cabelo comprido. Em nota, a escola diz que é contra qualquer tipo de preconceito ou discriminação. No entanto, afirma que o código disciplinar tem regras gerais de conduta válida para todos ...

Leia mais

Ialorixá conta como intolerância religiosa anda junto com o racismo no Brasil

A intolerância religiosa cresceu no Brasil e o país foi denunciado na ONU sobre essa situação. A Sputnik Brasil conversou uma pesquisadora e ialorixá de Candomblé que contou como seu Ilê foi depredado e roubado. Para ela isso é um alerta sobre o racismo, e uma ameaça ao sagrado que preserva a vida e a identidade da população negra no país. Do Sputinik CC BY 4.0 / Wikipedia A ONU recebeu uma carta entregue por Heloisa Helena Costa Berto, a Mãe Luizinha de Nanã, ao lado do ator Danny Glover, denunciando a violência contra religiões de matriz africana no Brasil. A sacerdotisa e militante do movimento negro viveu por mais de 40 anos na Vila Autódromo, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Lá, em 2015, liderou a resistência contra a remoção de famílias próximas ao Parque Olímpico. Porém, teve sua casa, o Yle Axe Ara Orun ...

Leia mais

Minas Gerais é um dos estados que mais mata lésbicas, gays, bissexuais e transexuais no país

O MG2 exibe uma série de reportagens sobre homofobia. A primeira foi exibida nesta quinta (17), Dia Internacional da Luta contra o Preconceito e a Homofobia Do G1 Minas é um dos estados que mais mata LGBTs no país Foto: Reprodução/G1 Dia 17 de maio é o Dia Internacional da Luta contra o Preconceito e a Homofobia. A data entrou para o calendário em 1990, quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) retirou a homossexualidade da classificação de doenças. O que durante anos foi considerado um transtorno sexual, se transformou em orientação sexual. Para lembrar a data, o MG2 exibe a partir desta quinta-feira (17), uma série de reportagens sobre a homofobia. O Brasil ainda é o país onde mais se comete crimes contra as minorias sexuais. Em 2017, 445 lésbicas, gays, bissexuais e transexuais morreram no país vítimas da homotransfobia, sendo 387 assassinatos e 58 ...

Leia mais

Lavagem do Bonfim reúne devotos em protesto contra intolerância religiosa

Grupos de matriz africana celebraram mais um ano do tradicional evento, pedindo respeito à sociedade alagoana Por Jobison Barros, para Gazetaweb Lavagem do Bonfim acontece há 17 anos, em Alagoas Água de cheiro, vaso com flores, vassouras, pombos e muito axé. Este foi o cenário da tradicional Lavagem do Bonfim, evento que acontece há 17 anos, em Alagoas, e que reuniu centenas de religiosos de matriz africana na tarde deste domingo (8). O tema deste ano foi "Não à intolerância religiosa". Segundo o babalorixá Pai Célio, que comanda a Casa de Iemanjá, no bairro de Ponta da Terra, o objetivo da Lavagem do Bonfim é pedir à sociedade alagoana mais respeito, levando em conta uma crescente discriminação que assola os grupos ligados às religiões afro. Além disso, Pai Célio disse que todos os adeptos pedem a Oxalá - considerado o pai maior das nações na religião africana - paz, prosperidade, força e ...

Leia mais

Campanha “Somos Todos Paralímpicos” é acusada de ‘discriminação’ e será julgada pelo Conar

A Campanha "Somos Todos Paralímpicos", que traz imagens dos atores Cléo Pires e Paulo Vilhena como portadores deficiência, será julgada pelo Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária, o Conar. no R7 O órgão, que regula o setor, recebeu denúncias de "discriminação" envolvendo a campanha, que foi criada pelos atores em parceria com a agência África. Nela, Cléo e Paulinho são os rostos de corpos de atletas paralímpicos, um que não possuí um braço, e outro, que não tem parte da perna. As fotos foram alteradas pelo computador. Algumas pessoas procuraram o Conar para denunciar a campanha por 'discriminação' e 'preconceito'. O órgão vai julgar as denúncias e a campanha pode ser retirada de circulação. Irritada com a repercussão negativa da campanha, Cleo Pires chegou a gravar respostas nas redes sociais, chamando as pessoas de "recalcadas". Cleo e Paulinho são embaixadores do movimentos paralímpico.

Leia mais

Campanha pede redução de direitos de pessoas com deficiência

Um outdoor em Curitiba sugere o “fim dos privilégios para deficientes”. A ação é iniciativa de um grupo que propõe, entre outras coisas, a redução de vagas exclusivas, além da extinção de cotas em empresas e concursos públicos para esse segmento da população Parece piada de mau gosto, mas não é. Um outdoor foi colocado no bairro Vista Alegre, em Curitiba, pedindo o “fim dos privilégios para deficientes”. A ação é iniciativa de um grupo intitulado“Movimento Pela Reforma de Direitos”, que propõe, entre outras coisas, a redução em 50% das vagas exclusivas para deficientes, além da extinção de cotas em empresas para esse segmento da população. Os integrantes do movimento se dizem prejudicados por leis “que privilegiam uma minoria e esquecem da maioria”, segundo afirma um texto que acompanha a petição online lançada para buscar adesões para suas reivindicações. “Quem já ficou horas atrás de uma vaga para estacionar e sempre olhava para ...

Leia mais
San Jacinto College

Estudantes usam a arte como instrumento de combate ao racismo

Os estudantes do Colégio Estadual Severino Vieira, no bairro de Nazaré, em Salvador, montaram um ateliê para, por meio de ataduras e gesso, abordar o preconceito racial. Como uma etapa do projeto, eles modelaram máscaras do próprio rosto que estão expostas na Galeria de Arte do Colégio. O objetivo é também o de envolver a comunidade estudantil nesta reflexão sobre discriminação e o respeito às diferenças. Do Estudantes Foto: San Jacinto College "A partir do momento que eles se veem, abrimos a discussão sobre racismo", professora Conceição Lima A professora de Arte-educação, Conceição Lima, diz que a iniciativa mexe com a autoestima dos estudantes. “Com este trabalho, estimulamos, nos estudantes, a sua autoestima e o resgate de sua identidade, abrindo o debate sobre o racismo e mostrando-lhes que somos todos iguais; as diferenças são de personalidade e traços físicos”, ressalta. A professora Conceição Lima conta que ...

Leia mais

Muçulmanos estão entre as principais vítimas de intolerância religiosa no Rio

Insultos, cusparadas, pedradas e ameaças de morte são algumas das denúncias de agressões contra muçulmanos no Rio de Janeiro nos últimos meses. As denúncias se intensificaram em 2015. O governo do Rio lançará uma campanha até o fim do ano para combater atos de intolerância e violência contra muçulmanos. Debate sobre a intolerância religiosa se tornou mais frequente no estado depois que uma garota de 12 anos foi agredida na saída de um culto do candomblé na Penha, zona norte, em junho Por Flávia Villela,  do Brasil 247 Insultos, cusparadas, pedradas e ameaças de morte são algumas das denúncias de agressões contra muçulmanos no Rio de Janeiro nos últimos meses. Depois dos adeptos das religiões de matriz africana, os seguidores do islã são os que mais sofrem com a intolerância religiosa no estado, segundo o Centro de Promoção da Liberdade Religiosa e Direitos Humanos da Secretaria de Direitos Humanos e Assistência Social. Desde ...

Leia mais

‘Uniforme deixa claro que você é serviçal, dá status para a patroa no shopping’, diz ex-babá

A decisão do Ministério Público de SP de investigar um clube de elite por exigir que babás vistam branco no estabelecimento gerou polêmica e abriu um debate nas redes sobre a exigência da roupa branca para as profissionais do ramo. Do BBC Inúmeras opiniões, contrárias e a favor, foram expressas, mas uma voz pareceu estar pouco representada: a das babás. O #SalaSocial, da BBC Brasil, quer ouvir a opinião de quem trabalha ou trabalhou como babá. A exigência do uniforme no dia a dia do trabalho é válida, como ocorre em inúmeras profissões, ou pode se transformar em instrumento de segregação? Veja algumas das opiniões que já recebemos: "Levo para o médico, passeios, balé, judô etc. Eu acredito que devemos ser identificadas pois há muito casos de sequestros, roubos e tráfico de crianças", disse uma leitora em nossa página no Facebook. Para outra leitora, que também já trabalhou como babá, ...

Leia mais

Clube que obriga babá a usar branco é alvo de investigação do MP

"Sempre que eu estava trabalhando e a Débora*, a babá da minha filha, ia ao clube com ela, era um estresse. A gente nunca sabia se os seguranças iam deixá-la entrar ou não. Tudo porque o clube exige que babás vistam branco. Tentei conversar com a direção, mas não adiantou. Um dia eu cansei." por Mariana Della Barba no BBC O depoimento acima é da advogada paulistana Roberta Loria que acionou o Ministério Público de São Paulo (MP-SP) com uma denúncia de discriminação por parte do Esporte Clube Pinheiros (zona oeste de São Paulo). "Não é só para resolver o nosso problema. É uma questão social. É revoltante essa discriminação ainda ocorrer. Sou sócia do Pinheiros há pouco mais de um ano e jamais imaginei que isso acontecesse", disse à BBC Brasil. Após a denúncia, a promotora de Justiça Beatriz Helena Budin Fonseca resolveu abrir um inquérito civil contra o Clube ...

Leia mais

Periferia na Mídia: curso universitário analisa cobertura midiática das periferias

Promovido pelo Periferia em Movimento, curso acontece nos dias 16, 23 e 30 de maio no Centro Universitário Ítalo-Brasileiro (UniÍtalo). por Perefiria em Movimento via Guest Post para o Portal Geledés Mais de 8 milhões de pessoas vivem em periferias na cidade de São Paulo, segundo o IPEA. Em todo Brasil, as quebradas abrigam quase 60 milhões, diz o Serasa Experian. Resultado de um processo histórico de perpetuação das desigualdades sociais, esses territórios constituem uma gama de diversidades e seus moradores encontram alternativas para atender às necessidades do cotidiano. Ainda assim, as periferias continuam representadas de forma superficial e estigmatizada pela mídia convencional. Para debater esse assunto, acontece o curso “Periferia na Mídia: Análise e construção de cobertura midiática dos territórios periféricos”. Entre os temas abordados estão: a dicotomia centro vs. periferia; a formação da cidade de São Paulo e seus muros invisíveis; a constituição do setor de mídia no Brasil; as alternativas possíveis ...

Leia mais
Chantelle Winnie (Foto: Dimitrios Kambouris/Getty Images)

Modelo com vitiligo faz campanha de moda e quebra barreiras do preconceito

A indústria da moda vira e mexe estabelece padrões extremos de beleza a suas modelos, mas uma delas busca quebrar tabus e mostrar que a diversidade neste meio também é possível. A canadense Chantelle Winnie, portadora de vitiligo --doença cutânea que causa a perda gradativa da pigmentação da pele--, chamou a atenção da top Tyra Banks em seu reality show "America's Next Top Model". A bela também estrelou campanhas publicitárias e tem marcado presença em desfiles importantes, como o da grife Ashish, durante a temporada Primavera/Verão 2015, da Semana de Moda de Londres. (Foto: Divulgação/ Diesel) (Foto: Divulgação/ Diesel) (Foto: Divulgação/ Diesel) (Foto: Divulgação/ Diesel) Chantelle, que tem Winnie Harlow como seu alterego e Chantelle Brown-Young como seu verdadeiro nome, foi diagnosticada com a doença aos quatro anos de ...

Leia mais
Governo vai usar aplicativo para monitorar crimes contra direitos humanos na internet

Governo vai usar aplicativo para monitorar crimes contra direitos humanos na internet

A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República criou nesta quinta-feira grupo de trabalho para mapear e monitorar crimes contra os direitos humanos nas redes sociais. O grupo será formado por representantes de diferentes ministérios, inclusive da Polícia Federal, e utilizará informações fornecidas pelo Laboratório de Estudos em Imagem e Cibercultura (Labic) da Universidade Federal do Espírito Santo. O laboratório desenvolveu um aplicativo capaz de monitorar em tempo real milhões de mensagens postadas em redes como Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e Flickr. — Não vamos substituir o trabalho de ninguém. O que vamos fazer é articular e interagir com os ministérios que atuam nessas áreas, agilizando ações contra aquilo que se configurar como ato criminoso – disse Ideli. A ministra classificou como assustador o volume de mensagens de ódio postadas na internet. Ela citou casos de racismo e violência contra mulheres. Lembrou ainda episódios em que mensagens postadas na ...

Leia mais

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist