terça-feira, julho 14, 2020

    Tag: Giovana Xavier

    Giovana Xavier, historiadora e professora da Faculdade de Educação da UFRJ Foto: Arte de Ana Luiza Costa sobre foto de arquivo

    Giovana Xavier: ‘Não estou na vida acadêmica para ser legitimada pelo script branco’

    Com livro recém-lançado, historiadora afirma que sua militância, hoje, é pelo reconhecimento da produção intelectual das mulheres negras brasileiras Por Renata Izaal, do O Globo Giovana Xavier, historiadora e professora da Faculdade de Educação da UFRJ Foto: Arte de Ana Luiza Costa sobre foto de arquivo “Quando uma mulher negra tem a oportunidade de falar, ela não pode errar a seta”, me diz Giovana Xavier entre xícaras de espresso e de chá durante quase três horas de entrevista, realizada em um café na Tijuca. Historiadora, professora doutora da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), criadora do Grupo de Estudos e Pesquisas Intelectuais Negras e do catálogo de mesmo nome, ela é também autora do perfil @pretadotora, que tem 25 mil seguidores no Instagram. Nele, Giovana debate privilégios e preconceitos, a construção do pensamento dentro das universidades brasileiras, maternidade e a produção ...

    Leia mais
    blank

    Giovana Xavier: “Resistir é visibilizar o que fazemos todos os dias”

    Convidada do Mulher com a Palavra, professora da UFRJ lança livro em Salvador e em Cachoeira no fim do mês Por Marília Moreira, Do Jornal Correio  Giovana Xavier é professora da Faculdade de Educação da UFRJ. Formada em história, tem mestrado, doutorado e pós-doutorado, por UFRJ, UFF, Unicamp e New York University. É idealizadora do Grupo de Estudos e Pesquisas Intelectuais Negras. Em 2017, organizou o catálogo “Intelectuais Negras Visíveis”, que elenca 181 profissionais mulheres negras de diversas áreas em todo o Brasil (Foto: Divulgação/ Amanda Neri) Você pode substituir mulheres como objetos de estudo por mulheres negras contando a sua própria história. Esse é o nome do livro da historiadora e professora da Faculdade de Educação da UFRJ e digital influencer Giovana Xavier, 40 anos, que se inspirou no meme da Bela Gil, aquele que brincava com as receitas nada convencionais da apresentadora do GNT, ...

    Leia mais
    blank

    Giovana Xavier: “Mercado editorial descobriu que mulher preta vende …

    Historiadora elogia maior presença de autores negros na Flip, apesar de público ainda ser "essencialmente branco" Por Ruan de Sousa Gabriel, do Época  Giovana Xavier, autora que participa da Flip Foto: Imagem retirada do site Época PARATY – Em 2016, a historiadora Giovana Xavier, professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro e criadora do Grupo de Estudos e Pesquisas Intelectuais Negras, acusou a Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) de “arraiá da branquitude”. Naquele ano, não havia um só negro entre os 39 autores convidados da festa. Uma carta aberta assinada por Xavierafirmava que a Flip não era assim tão cosmopolita e lhe faltava compromisso político. Neste sábado 13, na Casa Poética Negras, na programação paralela da Flip, Xavier lançou seu livro Você pode substituir Mulheres Negras como objeto de estudo por Mulheres Negras contando sua própria história (Malê). Nos 33 ensaios do livro, ela fala sobre ...

    Leia mais
    Giovana Xavier, historiadora e professora da Faculdade de Educação da UFRJ Foto: Arte de Ana Luiza Costa sobre foto de arquivo

    Giovana Xavier: ‘Se quero definir-me, sou obrigada inicialmente a declarar: Sou uma mulher NEGRA’

    A convite do projeto Celina, historiadora escreve carta à filósofa francesa, refletindo sobre a atualidade de"O segundo Sexo" 70 anos depois de seu lançamento Giovana Xavier no O Globo Giovana Xavier, historiadora e professora da Faculdade de Educação da UFRJ - Foto: Arte de Ana Luiza Costa sobre foto de arquivo Simoníssima; Quatro da manhã. Programei o despertador para esse horário. Explicação simples. Quero te escrever embalada pelo vazio de vozes. O tal silêncio, que só é permitido ao "eterno feminino" quando todo mundo se recolhe. Nesse tempo em que a noite cala a palavra "dona de casa" parece fazer mais sentido, pois é quando a maioria das mulheres agarra com unhas e dentes o direito de se tornarem donas da sua própria história. Enquanto velo o sono de meu filhote, abro o computador. Diante da página em branco, penso: escrita e silêncio. Conjugados, esses dois ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist