quinta-feira, março 4, 2021

Tag: identidade

O economista Michael França - Foto: Bruno Santos/Folhapress

Estereótipo sobre identidade social influencia sua trajetória?

A imagem que um indivíduo tem de si e a percepção de pertencimento a diferentes grupos sociais exercem consideráveis influências na sua trajetória de vida. Devido ao expressivo impacto nas interações humanas, a identidade social representa um conceito central de análise para diversos fenômenos estudados pela psicologia social, sociologia, antropologia e ciência política. Na economia, este conceito tem ganhado progressivo espaço nos últimos anos. Em 2000, George Akerlof, prêmio Nobel em 2001, e Rachel Kranton, publicaram no The Quarterly Journal of Economics um modelo teórico introduzindo a identidade na análise econômica quantitativa ("Economics and identity", 2000). Akerlof e Kraton argumentaram que a escolha da identidade pode representar a decisão “econômica” mais importante que um indivíduo faz e que a incorporação desse conceito na economia poderia oferecer uma nova perspectiva. Basicamente, existe uma série de categorizações sociais possíveis, como o gênero, a raça, a profissão, a classe social, os padrões de ...

Leia mais
blank

Exposição explora o papel do cabelo na identidade da mulher negra

Mostra “Raízes”, da estudante Sophia Costa, tem o objetivo de mostrar que o cabelo é, além de um elemento estético, também um discurso político Por Pedro Alves Do Metro Poles Quem vê a estudante Sophia Costa, 21 anos, exibindo com orgulho o cabelo afro, não imagina como o visual era diferente. Alisamentos, relaxamentos e visitas ao salão de beleza eram parte da rotina semanal da jovem. Desde os 14 anos, ela fazia de tudo para deixar o cabelo liso porque o considerava mais bonito dessa forma. Há três anos, no entanto, tudo mudou: “Na faculdade, comecei a ver outras garotas com cabelo afro e me inspirei. Hoje, o meu referencial de beleza é completamente diferente e tenho muito orgulho do meu cabelo negro”, afirma. Com o desejo de representar esse processo de transição e aceitação pelo qual passam muitas garotas negras, Sophia resolveu fazer a exposição fotográfica “Raízes”, que tem o objetivo ...

Leia mais
blank

Identidade e resistência: mulheres negras combatem padrões de beleza

Manifesto Crespo: Encontro em aldeia guarani, em SP, compartilha costumes ancestrais e luta contra estereótipos da indústria da moda Por Vanessa Cancian, no Namu No extremo sul da cidade de São Paulo, na aldeia Tenondé Porã, onde vive parte da comunidade guarani, o coletivo Manifesto Crespo, formado por mulheres negras, promoveu o evento “Tecendo e trançando arte”. O projeto, criado com a finalidade de discutir a beleza verdadeira da mulher brasileira através da quebra dos estereótipos que predominam na moda e na mídia, levou até a comunidade indígena oficinas e atividades de troca de saberes entre as mulheres presentes. Dentro de uma área de Mata Atlântica ainda preservada, as mulheres se uniram para compartilhar costumes ancestrais e colocar em contato essas etnias diferentes, mas com históricos comuns de luta, sofrimento e resistência. Em um ambiente marcado pela diversidade, anfitriãs e visitantes fortaleceram os laços que historicamente unem as duas culturas. [caption id="attachment_31118" align="aligncenter" ...

Leia mais
blank

Bonecas Negras: identidade, reconhecimento e representatividade

Pare na vitrine de uma loja de brinquedos e repare na seção de bonecas. Quantas delas são negras? Provavelmente, uma ou nenhuma. Por que será que isso é tão natural em um país onde a maioria da população é negra. Para responder a essa e outras perguntas, é necessário olhar principalmente para ações, que parecem menos importantes, mas que demonstram a face “invisível” do racismo no Brasil.   Por Piê Garcia, no Combate Racismo Ambiental      Cercadas de capas de revistas, programas de televisão, filmes, desenhos e princesas quase sempre brancas, magras e ricas, as crianças começam a sua formação com uma série de cobranças por um ideal de beleza imposto pela modernidade. A criação da Barbie, a boneca mais vendida do mundo, por exemplo, segue esse padrão. E assim, as meninas negras crescem sem se reconhecer em suas bonecas e brinquedos, assim como nos programas de televisão entre ...

Leia mais
blank

O futebol nos tempos de cólera

por Otávio Maia Abro a Rede Social e me pergunto por que insisto em ler aquela caixa de comentários, onde o bom senso só surge como terra arrasada. Pela enésima vez, me deparo com um discurso que encerra de imediato qualquer discussão sobre a Copa do Mundo. Trata-se da ideia de que futebol é mera futilidade, uma distração inaceitável num momento em que todo e qualquer cidadão deveria militar por reformas nos serviços públicos do País. Algo como o “O ópio do povo”. Falou de futebol, é um alienado, responsável pelo “atual estado de coisas” observado no Brasil. Embora pareça antenado, esse é um discurso falsamente politizado, que pretende se apresentar como exercício de espírito crítico, mas esbarra na falta de consistência. Espírito crítico exige análise, informação, ponderação, proposição. O discurso radical disseminado em tantas caixas de comentários, pelo contrário, rejeita “tudo que aí está”, inclusive os caminhos políticos e ...

Leia mais
Stuart Hall - A Identidade em Questão ("Identidade Cultural na Pós-modernidade" - p. 07-22)

Stuart Hall – A Identidade em Questão (“Identidade Cultural na Pós-modernidade” – p. 07-22)

- três concepções de identidade - o caráter da mudança na modernidade tardia - o que está em jogo na questão das identidades cap. 1) A identidade em questão A questão da identidade está sendo extensamente discutida na teoria social. Em essência, o argumento é o seguinte: as velhas identidades, que por tanto tempo estabilizaram o mundo social, estão em declínio, fazendo surgir novas identidades e fragmentando o indivíduo moderno, até aqui visto como um sujeito unificado. A assim chamada "crise de identidade" é vista como parte de um processo mais amplo de mudança, que está deslocando as estruturas e processos centrais das sociedades modernas e abalando os quadros de referência que davam aos indivíduos uma ancoragem estável no mundo social. O propósito deste livro é explorar algumas das questões sobre a identidade cultural na modernidade tardia e avaliar se existe uma "crise de identidade", em que consiste essa crise ...

Leia mais
blank

Quando tirei minha negritude do armário: negação, reconhecimento e orgulho

Ser negro no Brasil é uma questão que perpassa o tom de pele, o cabelo crespo e os traços (sic) não finos (sic). É uma questão política e de resistência. Fazer parte desse grupo é trazer consigo um processo histórico de escravidão e de um racismo estruturado que resultou em uma população estigmatizada, marginalizada e subjugada. Entender isso — e mais que isso — faz parte da luta diária contra o racismo velado e o explícito. Por Higor Faria, do Medium Contudo, essa consciência não nasce com quem é negro. Na verdade, é mais provável que o indivíduo não tenha contato com esse discurso e esteja vulnerável a reproduzir falas e comportamentos racistas, como anegação da própria etnia. Até meus 14 anos, eu não me identificava como negro, eu não me via como negro e eu não queria ser negro. Apesar de minha origem estar na cara, na pele, no cabelo e nos traços, a fala por mim entoada era de ...

Leia mais
O Mito Negro - Cap. III de "Tornar-se Negro" de Neusa Santos Souza

“Tornar-se negro”- As vicissitudes da Identidade do Negro Brasileiro em Ascensão Social de Neusa Santos Souza

"Tornar-se negro"- As vicissitudes da Identitade do Negro Brasileiro em Ascensão Social (Ed. Graal, RJ-1983) de Neusa Santos Souza (1948-2008) Resumo: Capítulo I - Introdução A autora inicia dizendo que uma das formas de exercermos a autonomia individual é afirmando a nossa identidade através de um discurso sobre si mesmo e que para isto é necessário um conhecimento da realidade concreta. Dessa forma, Neusa Santos Souza vai conduzir seu estudo procurando "elaborar um gênero de conhecimento que viabiliza a construção de um discurso do negro sobre o negro" com foco na emocionalidade: Para atingir este objetivo ela se vale de "um olhar que se volta em direção à experiência de ser-se negro numa sociedade branca". E faz assim uma reflexão "sobre a experiência emocional do negro que "responde positivamente ao apelo da ascensão social". Apoiada em sua própria experiência e em sua formação psicanalítica ela procura interpretar quais são as ...

Leia mais
Foto: IEA

Abordagem Conceitual das Noções de Raça, Racismo, Identidade e Etnia

Por Kabengele Munanga Foto: IEA Etmologicamente, o conceito de raça veio do italiano razza, que por sua vez veio do latim ratio, que significa sorte, categoria, espécie. Na história das ciências naturais, o conceito de raça foi primeiramente usado na Zoologia e na Botânica para classificar as espécies animais e vegetais. Foi neste sentido que o naturalista sueco, Carl Von Linné conhecido em Português como Lineu (1707-1778), o uso para classificar as plantas em 24 raças ou classes, classificação hoje inteiramente abandonada. Como a maioria dos conceitos, o de raça tem seu campo semântico e uma dimensão temporal e especial. No latim medieval, o conceito de raça passou a designar a descendência, a linhagem, ou seja, um grupo de pessoa que têm um ancestral comum e que, ipso facto, possuem algumas características físicas em comum. Em 1684, o francês François Bernier emprega o termo no sentido ...

Leia mais
blank

Em busca de uma infância cidadã: socialização, identidade e pertencimento racial

Eliane Cavalleiro2 Referência bibliográfica: COSTA, M. F. V. ; COLACO, V. F. R. ; CAVALLEIRO, E. . Em busca de uma infância cidadã: socialização, identidade e pertencimento racial. In: Fátima Vasconcelos da Costa,Veriana Rodrigues Colaço e Nelson Barros da Costa. (Org.). MODOS DE BRINCAR,LEMBRAR E DIZER: DISCURSIVIDADE E SUBJETIVAÇÃO. 01 ed. Fortaleza: Editora da UFC, 2007, v. , p. 117-139. Considerações iniciais Quando pensamos na infância, no direito à proteção e aos cuidados que toda criança deve ter, consideramos importante trazer à luz um tema controverso: o racismo presente na sociedade brasileira e a maneira como esse afeta o processo de socialização das nossas crianças. O debate, no Brasil, em torno das relações raciais mostra-se em crescente visibilidade desde o final do século passado. A atualidade da discussão evidencia a existência e a permanência do racismo e seus derivados na dinâmica sociedade. Torna-se portanto necessária a compreensão de como os ...

Leia mais

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist