quinta-feira, setembro 24, 2020

    Tag: imigração

    Venezuelanos embarcam para São Paulo

    Xenofobia: os homo sem sapiens

    Os lamentáveis ataques aos venezuelanos em Roraima ignoram a própria formação étnica do Brasil e a história da humanidade Por Gisele Pereira, da Carta Capital   Venezuelanos embarcam para São Paulo (Marcelo Camargo/Agência Brasil) Ao longo dos milhões de anos desde seu surgimento, os agrupamentos humanos se deslocaram por todo o território planetário. É certo que os primeiros homo sapiens se desenvolveram e se deslocaram desde a África pelas diversas frações de terra que conhecemos hoje por continentes. Condições geográficas e climáticas foram responsáveis por estes primeiros deslocamentos que possibilitaram o surgimento de comunidades humanas em toda a parte habitável do globo terrestre. Uma característica fundamental para entendermos a formação de agrupamentos humanos diz respeito à capacidade e necessidade de mover-se por longas distâncias à procura de alimentação e abrigo. Ou seja, sobreviver. A mesma necessidade motiva ainda hoje deslocamentos devido a situações políticas e econômicas hostis. Guerras, regimes autoritários, ...

    Leia mais
    Congoleses enfrentam violência, pobreza e desemprego para recomeçar no Brasil (FABIO TEIXEIRA/ BBC NEWS BRASIL)

    Fugindo da guerra, congoleses enfrentam violência, racismo e desemprego para recomeçar no Brasil

    Congoleses enfrentam violência, pobreza e desemprego para recomeçar no Brasil (FABIO TEIXEIRA/ BBC NEWS BRASIL) Se não tivessem desembarcado no Brasil cinco anos atrás, os irmãos congoleses Ali e Chadrac acreditam que já estariam mortos. Por Júlia Carneiro, Felipe Souza e Fabio Teixeira*, da BBC   Salão frequentado pela comunidade de congoleses na favela Cinco Bocas, onde moram dezenas de famílias de refugiados, em Brás de Pina, na zona norte do Rio (FABIO TEIXEIRA/ BBC NEWS BRASIL) "Poderíamos ter tido o mesmo destino que meu tio e meu primo", diz Ali, referindo-se aos parentes, pai e filho, que foram decapitados na guerra civil da República Democrática do Congo (RDC) no ano passado - vítimas de um conflito que já tirou cinco milhões de vidas ao longo de duas décadas. Em julho de 2013, enquanto multidões de católicos do mundo todo louvavam o papa Francisco na ...

    Leia mais
    blank

    Comandada por filhos de imigrantes, França vence a Croácia e é bicampeã mundial

    Mandzukic (contra), Griezmann, Pogba e Mbappé marcaram os gols do triunfo francês. Por Daniel Giovanaz e Poliana Dallabrida Do Brasil de Fato Mbappé, autor de um dos gols que deram o segundo título mundial à França - Foto: Fifa A França venceu a Croácia por 4 a 2 no estádio Luzhniki, em Moscou, e conquistou o segundo título mundial de sua história. A exemplo do que aconteceu há 20 anos, a ótima campanha e o placar elástico da final premiaram uma seleção baseada na diversidade. Onze dos 32 convocados são filhos de imigrantes, a maioria com raízes na África Subsaariana. O bicampeonato serve, mais uma vez, como resposta à xenofobia e a todos que insistem em ignorar a herança do colonialismo europeu no continente africano. Mandzukic (contra), Griezmann, Pogba e Mbappé marcaram os gols do triunfo francês neste domingo. Primeiro tempo A Croácia dominou a posse de bola ...

    Leia mais
    blank

    Veto na Lei de Imigração aumenta a criminalização de indígenas

    Temer retirou da lei o reconhecimento do direito à livre circulação dos povos indígenas transfronteiriços em terras de ocupação originária. Por Erika Yamada Do Carta Capital Depois de convocar as Forças Armadas para conter os protestos contra o governo de baixíssima aprovação social, cuja legitimidade é bastante questionada, Michel Temer concluiu alguns despachos de seu gabinete e, em clima de falsa normalidade, sancionou na quarta-feira 24 a nova Lei de Migração (PLS288/2013). A lei substitui o Estatuto do Estrangeiro e é fruto do trabalho acumulado de pessoas e organizações que vem denunciando graves violações de direitos humanos perpetradas contra imigrantes, num país marcadamente formado por imigrantes. Ao abandonar a visão de que os imigrantes seriam a priori uma ameaça à segurança nacional, a nova lei promete garantir aos imigrantes os direitos à vida, à liberdade, à igualdade, e ao acesso aos serviços públicos, direitos trabalhistas à previdência social, em igualdade ...

    Leia mais
    blank

    O passado do Brasil é africano, e o futuro? talvez seja africano

    De 15 a 17 de março, a UFBA sediou uma conferência internacional de alto nível para debater “Poder e dinheiro na era do tráfico: escravidão e outros laços econômicos entre África e Brasil” * Por Mariluce Moura e Ricardo Sangiovanni Do Edgar Digital O negócio do tráfico de escravos, que forjou uma verdadeira economia-mundo a partir do Atlântico Sul, e a teia de relações econômicas, políticas, sociais e culturais entre África e Brasil, ao longo de mais de 300 anos, têm uma radical centralidade, ainda pouco compreendida e aceita, na formação da nação brasileira, disse o historiador Luiz Felipe de Alencastro, na conferência de abertura do evento “Poder e dinheiro na era do tráfico: escravidão e outros laços econômicos entre África e Brasil”, na noite de quarta feira, 15 de março, no auditório do PAF I, campus de Ondina. Mais ainda, ao articular a esse passado a retomada significativa das relações ...

    Leia mais
    blank

    Como escolha de Trump para Suprema Corte pode pode afetar decisões sobre aborto, discriminação racial e imigração

    O juiz Neil Gorsuch estudou direito em Harvard, onde foi colega de sala de Barack Obama. Já foi assistente na Suprema Corte e, durante a administração de George Bush, trabalhou no Departamento de Justiça dos EUA. Por Taylor Kate Brown Do BBC Com perfil conservador e membro de uma família com laços estreitos com o Partido Republicano, o juiz foi escolhido pelo presidente Donald Trump para ocupar uma cadeira na Suprema Corte americana. Em 2006, ele já havia sido nomeado por George Bush para a corte de apelação do Estado do Colorado. Se o nome de Gorsuch for aprovado pelo Senado, veredictos relacionados a temas polêmicos, como o direito ao aborto, a situação de imigrantes e de estudantes trans, podem ser afetados. Atualmente, a Suprema Corte dos EUA está dividida entre quatro juizes liberais e quatro conservadores. A nona vaga está aberta desde o início de 2016, com o falecimento do ...

    Leia mais
    blank

    5 coisas que você deve saber antes de considerar ir morar no exterior

    Outro dia compartilhei um texto no Facebook no qual um cara afirmava que "nunca antes na história deste país" houve tanta gente ingênua dizendo que quer se mandar para o exterior. Se isso procede, não sei -- e houve uma boa discussão na minha timeline sobre a questão, com muitos dizendo que o cara provavelmente não viveu a ditadura e a inflação desgovernada. Mas fato é que há mesmo muita gente que fantasia sobre a vida de imigrante. Por Marjorie Rodrigues, do Brasil Post  Estou há quase dois anos e meio na Holanda. Antes disso, morei um ano e meio na Hungria. Primeiro como estudante de mestrado, depois trabalhando. Então tenho um tiquinho de experiência para falar sobre imigração, né? Não acho que ter o desejo de morar fora seja necessariamente um reflexo do complexo de vira-lata, como sugeriu o moço do texto que compartilhei. Tem gente que simplesmente tem fome de alhures. ...

    Leia mais
    blank

    Acolher ou não a miséria do mundo? A resposta de uma africana.

    Transcrição e tradução da fala de Fatou Diome, escritora senegalesa, no programa francês “Ce soir (ou jamais!)” em 24/04/2015, num debate sobre imigração e racismo em que a pergunta a ser respondida era: Acolher ou não a miséria do mundo? Transcrição e tradução de Liliane Gusmão para as Blogueiras Feministas. Do Blogueiras Feministas  Fatou Diome, respondeu a questões levantadas pelo escritor holandês Thierry Baudet, que como os outros convidados, manteve-se bastante impressionado com essa intervenção. Ela é a autora do romance “O Ventre do Atlântico”, que possui inspiração autobiográfica e fala sobre as esperanças, desafios e riscos da imigração. O programa completo com a participação de Fatou Diome pode ser visto em francês no canal do youtube do programa “Ce soir (ou jamais!). Neste momento, estamos numa situação. Isso que você diz reforça o extremismo, quando você diz que a imigração causa um problema. Também temos que ver as vantagens da imigração, porque ...

    Leia mais
    blank

    Negros estrangeiros buscam Mama África paulistana

    Segundo relatório da Polícia Federal de dezembro de 2013, 3.836 africanos moram legalmente na capita Por: Eduardo Athayde A principal cidade do país com mais negros fora da África tem poucos imigrantes vindos daquele continente. Segundo relatório da Polícia Federal de dezembro de 2013, 3.836 africanos moram legalmente na capital. A Secretaria Municipal de Direitos Humanos diz que, com os ilegais, o total passa dos cinco mil. Mesmo assim, o número é muito inferior ao da imigração vinda de nações europeias, sul-americanas e asiáticas (ver tabela ao lado). São 78 mil os portugueses que vivem em São Paulo, bolivianos, 63 mil e japoneses, 36 mil. Os nascidos em Camarões, país adversário do Brasil hoje em jogo pela Copa do Mundo, são apenas 114. Por serem poucos, os africanos moradores de São Paulo concentram-se em espécies de guetos localizados, principalmente, no Centro, em bairros como Campos Elíseos, Bela Vista, Brás e ...

    Leia mais
    Juliana Wahlgren atua na Rede Europeia contra o Racismo encaminhando propostas às instituições europeias, em Bruxelas.

    Rede europeia contra o racismo denuncia discurso xenófobo de candidatos

    Juliana Wahlgren atua na Rede Europeia contra o Racismo encaminhando propostas às instituições europeias, em Bruxelas. por Adriana Moysés A União Europeia é a região que acolhe o maior número de imigrantes no mundo, de 55 a 60 milhões de cidadãos estrangeiros, segundo dado oficial da agência Eurostat. Esse número é considerado subestimado por outras fontes. Recente artigo do jornal Le Monde citou a presença de 71 milhões de imigrantes no bloco. Nesta campanha para o Parlamento Europeu, os partidos de extrema-direita se apoderaram do tema. Os candidatos nacionalistas de direita e os "eurocéticos" propagam no eleitorado a falsa ideia que uma das principais razões do elevado nível de desemprego em seus países é a presença maciça de imigrantes, incluindo europeus de outros países do bloco. Eles citam com frequência a "invasão" de imigrantes poloneses, romenos e búlgaros. De Paris a Madrid, de Londres a Roma ou de Amsterdam a Lisboa, ...

    Leia mais
    premiegordon

    Premiê britânico fecha cerco à imigração

    Reforma anunciada por Brown restringe a contratação de estrangeiros e impõe limites à concessão de vistos para estudantes Da Folha de S.Paulo  Premiê Gordon Brown anuncia reforma das regras migratórias (Dan Kitwood/Reuters) Com as novas medidas, escolas, universidades e empresas terão de assumir responsabilidades maiores pelas pessoas que admitirem O premiê Gordon Brown anunciou medidas para limitar a imigração regular para o Reino Unido e combater a irregular ante o aumento do desemprego no país. Entre os pontos citados estão a limitação dos vistos de estudantes e a punição de empresas que contratarem imigrantes sem papéis. A decisão vem em um momento em que a entrada de imigrantes no país encolheu 44%, segundo dados referentes a 2008 anunciados pelo premiê. As medidas, delineadas em discurso ontem sem mais detalhes, visam cidadãos de dentro e de fora da União Europeia. Ao expô-las, o premiê trabalhista entremeou a necessidade de proteger os empregos ...

    Leia mais
    blank

    Câmara italiana aprova lei anti-imigração

    Fonte: Folha de São Paulo - Mundo - (Foto: AP Photo/Gregorio Borgia)   A Câmara dos Deputados da Itália aprovou ontem novas medidas de combate à imigração ilegal propostas pelo governo do premiê Silvio Berlusconi. Entre elas estão a cobrança de multa de até 10 mil a clandestinos e prisão para quem os hospedar. As medidas ainda precisam passar pelo Senado. As novas restrições incluem ainda o aumento de 2 para 6 meses no tempo de detenção de imigrantes ilegais e a criação das "rondas" locais de cidadãos comuns para denunciar ameaças à segurança. O cerco à entrada de imigrantes ilegais na Itália é só a mais recente medida de uma série promovida por Berlusconi, que foi eleito há um ano prometendo "fechar as fronteiras" do país. Em fevereiro, o Senado aprovara um projeto de lei do grupo direitista Liga Norte que permitia a médicos delatar imigrantes ilegais que procurassem ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist