terça-feira, maio 11, 2021

Tag: São Tomé e Príncipe

Imprensa e cidadania em São Tomé e Príncipe (1911-1925)

Em 10 de julho de 1911, no primeiro número do periódico Folha de Annuncios / A Verdade (o jornal mudou de nome em seu terceiro número), publicou-se um texto sem título, mas assinado por Josué Aguiar, que dizia: “Os nativos d’esta ilha não têm outra ambição que não seja lutar pela Liberdade, Igualdade e Fraternidade, e pelo interesse moral e material da terra que os viu nascer. Querem que justiça se faça a todos, sem distinção de cores e de raças e é isso que solicitam do governo central nas suas reclamações. É necessário que isto se diga para que se saiba e não se façam juízos errados”. Em março de 1925, a redação do jornal O Combate, em texto de apresentação, por sua vez, afirmou o seguinte: “Não fazemos programa porque o nome do nosso jornal diz tudo. O Combate, nasce para a luta; luta sem tréguas nem quartel ...

Leia mais

Sesc-SP oferece curso sobre musicalidades do atlântico negro e cultura africana

Estão abertas as inscrições para o curso Diásporas musicais centro-africanas e a formação das musicalidades do Atlântico, que será ministrado no Centro de Pesquisa e Formação do Sesc-SP, pelo historiador Rafael Galante. Tendo como eixo central uma discussão acerca da história social das musicalidades negras no espaço Atlântico, o curso tem por objetivo dar visibilidade a alguns elementos históricos das diásporas musicais centro-africanas, tendo em vista principalmente a importância central de seu legado cultural, artístico e filosófico para a formação das culturas musicais afro-americanas no amplo contexto histórico das afro-américas e especialmente no tocante aos processos de formação da maior parte das musicalidades afro-brasileiras do passado e do presente. no  GIRASP  O programa aborda as musicalidades e aspectos culturais de vários países entre eles Cuba, São Tomé e Príncipe, Angola, Moçambique, Brasil e Estados Unidos. Uma excelente oportunidade para músicos, artistas, educadores e todos que desejam ampliar seu repertório a respeito das diferentes culturas africanas, afro-brasileira ...

Leia mais

IX Circuito de Teatro em Português

01 a 21 de Novembro de 2014 Em São Paulo e demais localidades: Arujá, Cubatão, Diadema, Jacareí, Mauá, São José dos Campos, São Bernardo do Campo, Santo André, e São Caetano do Sul. Guest Post para o Portal Geledés Celebrar e debater a Língua Portuguesa! O Circuito de Teatro em Português é um projeto de intercâmbio teatral dos países de língua oficial Portuguesa que reúne anualmente no Brasil companhias de teatro de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Este ano, estarão presentes no Circuito: 4 grupos portugueses, 4 coletivos brasileiros, uma companhia de cada um dos países africanos de expressão portuguesa (Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe), e um grupo de Timor Leste. Das peças apresentadas, duas são co-produções entre companhias de diferentes países lusófonos e cujas relações começaram no âmbito do Circuito de Teatro em Português. No total serão ...

Leia mais
Pixabay

Plano de aula: Viajando pela África através de Brincadeiras Infanto-Juvenis

Este é um plano de aula vencedor do I Concurso de Planos de Aula do Portal Geledés, aplicando a Lei 10.639/03   Plano de aula: Viajando pela África através de Brincadeiras Infanto-Juvenis Pixabay Professora: Carmem Dolores Alves Escola:  Municipal Educador Paulo Freire Disciplinas: Língua Portuguesa, Geografia e Artes     Turma: 5º ano C Cidade: Recife          Estado: Pernambuco Componente Curricular: A LEI 10.639/2003 OBJETIVO: Promover uma reflexão acerca da África através de intercâmbio literário entre os estudantes da Escola Municipal Educador Paulo Freire (Brasil) e a Escola Tutune, da República Democrática de São Tomé e Príncipe (África). CONTEÚDOS: Continente Africano; Aspectos socioeconômicos e culturais da República Democrática de São Tomé e Príncipe; Leitura do texto narrativo africano NDULE NDULE Noções básicas dos conceitos de Inferência e Intertextualidade; Produção textual a partir da releitura do referido texto narrativo africano. METODOLOGIA:  Aplicação de atividades dentro de uma perspectiva transdisciplinar, que contempla vivências ...

Leia mais
scassamo-289x300

Um olhar sobre as Literaturas Africanas de Língua Portuguesa

Por muito tempo, o continente africano foi visto, na menos pior das hipóteses, como um lugar exótico. Visão que foi amplamente difundida por Portugal, que, durante um longo período, teve o monopólio sobre alguns países africanos. Esse modo ocidental de entender a África contribuiu para que, ainda hoje, o discurso das “’estranhezas’ africanas” seja, erroneamente, reproduzido. Discurso este que se centraliza em classificar o africano por meio de estereótipos, desprezando, desse modo, a constituição do “homem humano”, termo tomado emprestado de Guimarães Rosa. Desde janeiro de 2003, quando entrou em vigor a lei nº 10.639, que torna obrigatório o ensino de Literatura, História e Culturas Africanas e Afro-Brasileiras nas escolas do Brasil, aumentou, significativamente, o número de pessoas que – estudiosas de Literaturas ou não – começou a nutrir certa curiosidade sobre essas Literaturas. Ainda bem que, para auxiliar aos curiosos, temos pesquisadores – como a Professora Doutora Laura Padilha- ...

Leia mais

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist