quinta-feira, julho 9, 2020

    Tag: São Tomé e Príncipe

    blank

    Sesc-SP oferece curso sobre musicalidades do atlântico negro e cultura africana

    Estão abertas as inscrições para o curso Diásporas musicais centro-africanas e a formação das musicalidades do Atlântico, que será ministrado no Centro de Pesquisa e Formação do Sesc-SP, pelo historiador Rafael Galante. Tendo como eixo central uma discussão acerca da história social das musicalidades negras no espaço Atlântico, o curso tem por objetivo dar visibilidade a alguns elementos históricos das diásporas musicais centro-africanas, tendo em vista principalmente a importância central de seu legado cultural, artístico e filosófico para a formação das culturas musicais afro-americanas no amplo contexto histórico das afro-américas e especialmente no tocante aos processos de formação da maior parte das musicalidades afro-brasileiras do passado e do presente. no  GIRASP  O programa aborda as musicalidades e aspectos culturais de vários países entre eles Cuba, São Tomé e Príncipe, Angola, Moçambique, Brasil e Estados Unidos. Uma excelente oportunidade para músicos, artistas, educadores e todos que desejam ampliar seu repertório a respeito das diferentes culturas africanas, afro-brasileira ...

    Leia mais
    blank

    IX Circuito de Teatro em Português

    01 a 21 de Novembro de 2014 Em São Paulo e demais localidades: Arujá, Cubatão, Diadema, Jacareí, Mauá, São José dos Campos, São Bernardo do Campo, Santo André, e São Caetano do Sul. Guest Post para o Portal Geledés Celebrar e debater a Língua Portuguesa! O Circuito de Teatro em Português é um projeto de intercâmbio teatral dos países de língua oficial Portuguesa que reúne anualmente no Brasil companhias de teatro de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Este ano, estarão presentes no Circuito: 4 grupos portugueses, 4 coletivos brasileiros, uma companhia de cada um dos países africanos de expressão portuguesa (Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe), e um grupo de Timor Leste. Das peças apresentadas, duas são co-produções entre companhias de diferentes países lusófonos e cujas relações começaram no âmbito do Circuito de Teatro em Português. No total serão ...

    Leia mais
    Pixabay

    Plano de aula: Viajando pela África através de Brincadeiras Infanto-Juvenis

    Este é um plano de aula vencedor do I Concurso de Planos de Aula do Portal Geledés, aplicando a Lei 10.639/03   Plano de aula: Viajando pela África através de Brincadeiras Infanto-Juvenis Pixabay Professora: Carmem Dolores Alves Escola:  Municipal Educador Paulo Freire Disciplinas: Língua Portuguesa, Geografia e Artes     Turma: 5º ano C Cidade: Recife          Estado: Pernambuco Componente Curricular: A LEI 10.639/2003 OBJETIVO: Promover uma reflexão acerca da África através de intercâmbio literário entre os estudantes da Escola Municipal Educador Paulo Freire (Brasil) e a Escola Tutune, da República Democrática de São Tomé e Príncipe (África). CONTEÚDOS: Continente Africano; Aspectos socioeconômicos e culturais da República Democrática de São Tomé e Príncipe; Leitura do texto narrativo africano NDULE NDULE Noções básicas dos conceitos de Inferência e Intertextualidade; Produção textual a partir da releitura do referido texto narrativo africano. METODOLOGIA:  Aplicação de atividades dentro de uma perspectiva transdisciplinar, que contempla vivências ...

    Leia mais
    scassamo-289x300

    Um olhar sobre as Literaturas Africanas de Língua Portuguesa

    Por muito tempo, o continente africano foi visto, na menos pior das hipóteses, como um lugar exótico. Visão que foi amplamente difundida por Portugal, que, durante um longo período, teve o monopólio sobre alguns países africanos. Esse modo ocidental de entender a África contribuiu para que, ainda hoje, o discurso das “’estranhezas’ africanas” seja, erroneamente, reproduzido. Discurso este que se centraliza em classificar o africano por meio de estereótipos, desprezando, desse modo, a constituição do “homem humano”, termo tomado emprestado de Guimarães Rosa. Desde janeiro de 2003, quando entrou em vigor a lei nº 10.639, que torna obrigatório o ensino de Literatura, História e Culturas Africanas e Afro-Brasileiras nas escolas do Brasil, aumentou, significativamente, o número de pessoas que – estudiosas de Literaturas ou não – começou a nutrir certa curiosidade sobre essas Literaturas. Ainda bem que, para auxiliar aos curiosos, temos pesquisadores – como a Professora Doutora Laura Padilha- ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    blank

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist