“Tive de fazer terapia para ter coragem de estar em vídeo”, confessa Gloria Maria a Karol Conka

Enviado por / FontePor Romero Rafael, no NE10

Gloria Maria contou a Karol Conka durante o programa Superbonita, do GNT, que não foi fácil se colocar em frente às câmeras. A jornalista, conhecida pela longa carreira como repórter da Globo, sobretudo pelas muitas reportagens fora do País, confessou à cantora que teve de ir para a terapia, no início da carreira, para driblar o medo da exposição devido ao racismo.

“Quando entrei na TV Globo, fazia as reportagens, mas só aparecia a minha mão nas entrevistas. Quando os repórteres começaram a aparecer, eu fui uma das últimas, porque tinha pavor. Estava tão acostumada com aquela reação estranha das pessoas com relação aos pretos, que eu tinha medo da maneira com que os telespectadores reagiriam ao me ver. Tive de fazer terapia para ter coragem de estar em vídeo”, confessou Gloria Maria.

 

+ sobre o tema

A negritude em primeiro plano nos livros infantojuvenis

Livros infantojuvenis destacam personagens negros com o objetivo de...

Lupita Nyong’o e Viola Davis homenageiam astro de ‘Pantera Negra’

Viola Davis, 56, e Lupita Nyong'o, 38, homenagearam Chadwick...

Amazonas de Daomé: As mulheres mais temidas do mundo

Bravas guerreiras da África Ocidental repeliram com sucesso invasores...

para lembrar

Karol Conka lança novo disco sobre negritude, empoderamento e sexualidade

Conhecida no cenário rap, Karol Conka resolveu explorar mais...

Cris Vianna não quer posar nua

Assim como sua personagem em Fina Estampa, a quituteira...
spot_imgspot_img

Mostra Competitiva Adélia Sampaio recebe inscrições de filmes de mulheres negras até 16 de junho

A 6ª edição da Mostra Competitiva de Cinema Negro Adélia Sampaio está com inscrições abertas para filmes dirigidos por mulheres negras de todo o...

14 de maio e a Revolta dos Malês

Quem passa pelo Campo da Pólvora, em Salvador, nem imagina que aquela praça, onde ironicamente hoje se encontra o Fórum Ruy Barbosa, foi palco...

Mães e Pais de Santo criam rede de solidariedade para apoiar comunidades de matriz africana afetadas no Sul

Quando a situação das enchentes se agravou no Rio Grande do Sul, Ialorixás e Babalorixás da cidade de Alvorada, região metropolitana de Porto Alegre,...
-+=