Guest Post »

Vencedor do Nobel perde títulos após comentários racistas

O cientista James Watson, um dos descobridores da estrutura do DNA, teve diversos prêmios revogados

Do  ÉPOCA NEGÓCIOS 

O CIENTISTA E VENCEDOR DO NOBEL JAMES WATSON TEVE PRÊMIOS REVOGADOS APÓS COMENTÁRIOS RACISTAS (FOTO: GETTY IMAGES)

 

James Watson é biólogo molecular, geneticista e ganhador do Nobel de Medicina de 1962 pela descoberta da estrutura molecular do DNA. Nascido em Chicago, nos Estados Unidos, teve, além de estudos de sucesso, uma carreira marcada por posicionamentos polêmicos. O mais forte deles defendia que negros têm QI menor do que os caucasianos.

57 anos depois de vencer o Nobel, a maior premiação acadêmica do mundo, ele viu recentemente seus prêmios serem retirados por conta dos comentários racistas.

O caso veio à tona, após o cientista de 90 anos defender seus posicionamentos mais uma vez, agora em um programa de televisão, divulgado em dezembro de 2018 pela PBS. Durante entrevista, ele reforçou a relação entre raça, inteligência e genética, com a intenção de usar a ciência para sustentar a ideia de que negros são menos inteligentes que caucasianos.

Em resposta aos seus comentários, o Cold Spring Harbor Laboratory, de Nova York, onde Watson chefiou pesquisas durante mais de 40 anos, decidiu se posicionar. Em comunicado, afirmou que o cientista havia cometido um “equívoco imprudente e sem argumento” com os comentários.

O instituto também revogou outros três títulos que Watson tinha dentro o laboratório. “Os comentários do Dr. Watson são repreensíveis, infundados cientificamente e, de nenhuma maneira, representam as visões da CSHL”, disse a instituição no comunicado. “O laboratório condena o uso da ciência para justificar qualquer tipo de preconceito.”

Essa não é a primeira vez que Watson faz comentários do tipo. O cientista se tornou persona non grata após dizer, em 2007, que testes mostravam que a inteligência da população negra não era a mesma da branca. “Quem já trabalhou com funcionários negros sabe do que estou falando”, afirmou ao jornal britânico Sunday Times, à época.

O biólogo não respondeu ao comunicado do laboratório, porque está se recuperando de um acidente de carro. Seu filho afirmou à Associated Press que, por conta do ocorrido, Watson tem pouco conhecimento do que está acontecendo.

Related posts