Jose Trajano: De Zico craque a racismo no Italiano, considerações de segunda-feira

Por: Jose Trajano

 

Hoje o videoblog está diferente, pois não abordo apenas um tema, mas vários assuntos que discuti durante o programa Pontapé Inicial desta segunda-feira.

Zico, que fez aniversário no sábado, é um dos maiores craques da história do futebol brasileiro, seja como jogador do Flamengo, da seleção brasileira ou até pelo jogador que foi na Udinese, onde só não foi artilheiro do Campeonato Italiano porque fez menos partidas (pela média de gols, ele foi o artilheiro).

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, falou mal do Brasil e ofendeu a nação brasileira ao criticar, de forma mal-educada, a organização da Copa do Mundo. Onde ele quis chegar com isso? Quis se mostrar o bom, aproximar-se de Ricardo Teixeira, afastar-se do governo? Falou por vontade própria ou representa um grupo? De qualquer forma, o Mundial tem problemas sérios, sim, como a lei geral, os estádios, e o próprio Ricardo Teixeira.

Sobre o clássico entre Lazio e Roma, posso dizer que agora gosto menos ainda da Lazio, cuja torcida é reacionária e racista. No domingo, o zagueiro brasileiro Juan foi alvo desse racismo durante o jogo. Realmente, a torcida é uma vergonha!

 

 

 

 

Fonte: ESPN

+ sobre o tema

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe...

Por que ser antirracista é tão importante na luta contra a opressão racial?

O Laboratório de Estudos de Gênero e História, da...

Caixa lança edital de concurso com 3,2 mil vagas para técnicos

A Caixa Econômica Federal publicou nesta quinta-feira (22), no...

Depois de um carnaval quente, é hora de pensar em adaptação climática

Escrevo esta coluna, atrasada, em uma terça-feira de carnaval. A...

para lembrar

ITÁLIA: Kadhafi pede 5 mil milhões de euros à UE para evitar “Europa negra”

O líder líbio, Moammar Kadhafi, deixou hoje Itália...

A rede sueca H&M é acusada de racismo após anúncio com menino negro

A rede de fast fashion sueca H&M se envolveu...

EUA: todos os jogadores de Futebol Americano admitem terem sofrido racismo

Uma pesquisa com os jogadores de Liga Nacional de...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=