Virada da Consciência: evento homenageará Conceição Evaristo e Mano Brown

Entre os dias 18 e 21 de novembro, festival paulista terá programação repleta de atividades artísticas e esportivas organizadas pelo movimento negro, pela conscientização contra a discriminação racial

Da Rede Brasil Atual 

Conceição Evaristo e Mano Brown. Cidadania, política e arte em evento organizado pelo movimento negro que vai homenagear (Foto: WALTER CRAVEIRO-FLIP / RACIONAIS MC’- DIVULGAÇÃO)

 Uma série de atividades programadas para o período entre os dias 18 e 21 de novembro pretende mostrar que é possível e necessário lutar contra a desigualdade racial no Brasil. A 1ª Virada da Consciência, organizada pela Faculdade Zumbi dos Palmares e ONG Afrobras, quer transformar São Paulo em uma capital negra.

A programação prevê música, dança, teatro, moda, cinema, além de mostras de artes visuais e competições esportivas. “Vai ser longo e extremamente rico, as pessoas vão poder interagir e participar do conjunto de atividades da Virada, que vão do esporte à cultura”, afirma José Vicente, reitor da Faculdade Zumbi dos Palmares, à repórter Michelle Gomes, da TVT.

Além disso, o evento incluirá atividades como a Flink Sampa, Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra, que neste ano vai homenagear a escritora Conceição Evaristo. “Ela é uma representação importantíssima na história da literatura brasileira, aos 71 anos, e com seis livros publicados. Não marca só uma presença como escritora, mas também como mulher negra que resgata todo um passado de invisibilidade”, explica o curador Tom Farias.

Programação prevê música, dança, teatro, moda, cinema, além de mostras de artes visuais e competições esportivas (REPRODUÇÃO/TVT)

Conceição, uma das maiores referências da literatura negra brasileira, destacou a emoção de ser homenageada e patrona da sexta edição do evento. “Nós, negros, sabemos muito bem que nós não temos um preconceito velado, mas bastante explícito, que nos ataca no dia-a-dia. Então, ser homenageada nesses espaços de resistência quilombola é uma alegria para toda escritora negra.”

Também será incorporado à programação o Troféu Raça Negra, que há 18 anos homenageia personalidades que contribuem no combate à discriminação racial. Neste ano, o homenageado será o rapper Mano Brown, do Racionais MC’s.

+ sobre o tema

Cabelos negros, afros , cabelo bom

O documentário, Good Hair (Cabelo Bom), recebeu nessa semana...

Literatura Angolana: Literatura e Poder Político

por Roderick Nehone Teríamos encontrado dificuldades metodológicas acrescidas para a...

Como africanos usam a arte para gerar renda e cultivar tradições

O Nova África desvendou o artesanato africano e mostrou...

Quilombolas de Salvaterra recebem documentário Terra de Negro

Agência Pará       O documentário "Salvaterra - Terra de Negro" foi...

para lembrar

CNPq lança edital para pesquisas e parcerias com África francófona

Para estimular pesquisas de combate à desertificação na...

STF decide que sacrifício de animais em cultos religiosos é constitucional

Decisão unânime tem repercussão geral e deverá ser seguida...

‘Ficção Americana’, com Jeffrey Wright, é a grande surpresa do Oscar

"Ficção Americana" não é um título ao acaso. Ele trata, em...

Oposição ao regime em Cuba é negra, diz Carlos Moore

Salvador - Na condição de único dissidente exilado no...
spot_imgspot_img

Mostra sobre Lélia Gonzalez vê negros e indígenas como centro da cultura nacional

As escolas de samba do Rio, os blocos afro da Bahia, as congadas de Minas Gerais, as comemorações da Semana Santa e do Natal. O que todas essas celebrações têm...

Aos 105, Ogã mais velho do Brasil, que ajudou a fundar 50 terreiros só no Rio, ganha filme e exposição sobre sua vida

Luiz Angelo da Silva é vascaíno e salgueirense. No mês passado, ele esteve pela primeira vez no estádio de São Januário, em São Cristóvão,...
-+=