terça-feira, setembro 21, 2021
InícioQuestão Racial1 ano sem Miguel: Coalizão Negra por Direitos convoca atos por justiça...

1 ano sem Miguel: Coalizão Negra por Direitos convoca atos por justiça e em memória ao menino

Entre os dias 30 de maio e 05 de junho de 2021 acontece a Semana Internacional Menino Miguel, uma série de atividades realizadas no Brasil e no mundo, em memória de Miguel Otávio Santana da Silva. No dia 02 de junho de 2020, aos cinco anos, ele foi abandonado por Sarí Gaspar Corte Real, ex-empregadora de sua mãe Mirtes Renata Santana de Souza, e morreu após cair do nono andar do prédio conhecido como “Torres Gêmeas”, em Recife (PE). Nesta quarta (2), um ano após a morte do menino, a Coalizão Negra Por Direitos, convoca atos em todo o Brasil exigindo o andamento correto e célere do processo para a garantia de justiça por Miguel e sua família. 

A Coalizão pede justiça pela vida do pequeno Miguel e por toda sua família, vítima de uma ação deliberada de abandono, motivada por sentimento de mesquinhez, por racismo. Um ano após o início das investigações, do pouco que evoluiu o processo, destacam-se as irregularidades do caso. Portanto, exige-se que sejam tomadas as devidas medidas criminais, cíveis e trabalhistas para a família de Miguel.

É fundamental manter a vigilância em relação aos trabalhos de gestão processual, para que não haja embaraços ou nulidades que dificultem a conclusão da fase atual da investigação. A mãe do menino, mulher negra, trabalhadora doméstica e chefe de família, denuncia os problemas que estão ocorrendo no caso e exige justiça. 

“Para mim a pior dor foi tomar ciência da linha de defesa que os advogados de Sarí estão operando: o discurso deles busca nitidamente adultizar Miguel e infantilizar Sari. É uma barbaridade, de uma crueldade imensa, retratarem meu filho como uma criança incontrolável, mal-educada e grosseira, apresentando Miguel como culpado da própria morte. Sim! Os advogados estão afirmando isso, quando infantilizam Sari, argumentando que ela “fez tudo o que podia”, mas não teve condições de impedir Miguel de usar o elevador. 

É para defender a memória de Miguel, uma criança de 5 anos, saudável, estudiosa, generosa e cheia de sonhos, e por justiça a ele e todas as crianças negras vítimas do racismo, que a Coalizão Negra por Direitos convoca atos em diversos estados brasileiros e no Distrito Federal. As organizações dos protestos orientam quem for participar para comparecer de máscaras – de preferência PFF2 – higienizar as mãos com álcool em gel constantemente e manter, o quanto possível, o distanciamento social seguro.

Nas redes sociais, fortaleça, utilizando as hashtags:

#JustiçaporMiguel

#AbandonoTambémÉCrime

#UmAnoSemMiguel

#CoalizãoNegraPorDireitos

A Semana Internacional Menino Miguel também conta com outras atividades. Mais informações em www.afroresistance.org/justicapormiguel.  

Sistematizados em parceria com a Articulação Negra de Pernambuco, os atos da Coalizão Negra por Direitos devem acontecer com a seguinte programação*:

Brasília/DF

02/06 – 17h30 – Panfletagem na Rodoviária do Plano Piloto

Recife/PE

02/06 – 14h – Concentração no Palácio da Justiça com caminhada até as torres de onde Miguel caiu.

Rio Branco/AC

02/06 – 7h – Ato na Esquina da Alegria ao lado do Palácio 

Rio de Janeiro/RJ

02/06 – 9h – Amanhecer por Miguel (em frente à Câmara Municipal) 

Santos/SP

02/06 – Atividade Virtual.

São Paulo/SP

02/06 – 16h – Ação nas escadarias do Theatro Municipal.

*Programação sujeita a alterações.

RELATED ARTICLES