A greve na Bahia – Argumentos cretinos, mas eficientes

por: Alan Maschio

Esta foto estampou a capa da Folha de São Paulo de hoje.

Me fez lembrar de um filme muito bom.

Chama-se “Tempo de Matar”.

É sobre o julgamento de um homem negro que matou dois rapazes que estupraram e mataram a filha dele, uma criança.

Ele mora (e comete o crime) em um Estado americano (não me lembro qual) onde o racismo é histórico.

No final do filme, quando a batalha pela não condenação do homem à pena de morte estava quase perdida, o advogado apela para um argumento triste, imoral, mas infelizmente, infalível – o próprio racismo.

Ele diz para os jurados:

“Imaginem aquela menina negra sendo estuprada, espancada, machucada por dois adultos. Agora imaginem se ela fosse branca.”

O pai da menina é absolvido.

O que essa história tem a ver com a greve dos PMs na Bahia?

O argumento mais forte dos policiais para que o governo aceite negociar é a frase vista na foto.

O carnaval baiano corre o risco de ser cancelado.

Isso é uma ameaça séria ao governo.

O fato de o número de homicídios ter subido 145% em pouco mais de uma semana de nada serve como justificativa para negociações.

Mas o cancelamento do carnaval… Ah, não…

O Brasil não pode ficar sem carnaval.

Pode ter mais homicídios.

Mas não pode ficar sem carnaval.

 

 

Fonte: O Diário

+ sobre o tema

Policiais investigados por homicídio de João Pedro mudaram versões sobre disparos

Os três policiais civis investigados pelo homicídio do adolescente...

Retratos do sofrimento, num estado em que o crime pode tudo

Mães chorando a morte de filhos. Jovens velando a...

Zagueiro brasileiro do Bétis chora após ofensas racistas da própria torcida

O zagueiro brasileiro Paulão, do Bétis, foi alvo...

para lembrar

Ato em Copacabana pede justiça por rapaz morto em ação policial

Familiares, amigos, moradores da Cidade de Deus, artistas e...

Pais são presos após espancar filha por ter namorado negro

Eles disseram que a jovem estava envergonhando a família...

10 Vezes que Atores Brancos Interpretaram Personagens de Outras Etnias (nos últimos dez anos)

Os primos do blackface: whitewashing, estereotipização e apropriação cultural. Por Lara Vascouto...

MP pede prisão de Artuzi por racismo

O Ministério Público Estadual (MPE) ingressou ontem com...
spot_imgspot_img

Racista é condenado a oito meses de prisão por ataques a Vini Jr

O Real Madrid anunciou, nesta quarta-feira, que um racista foi condenado a oito meses de prisão por ataques a Vinicius Junior e Rüdiger. As agressões foram...

Da neutralidade à IA decolonial

A ciência nunca esteve isenta das influências e construções históricas e sociais do colonialismo. Enquanto a Revolução Industrial é frequentemente retratada como o catalisador...

O papel de uma líder branca na luta antirracista nas organizações 

Há algum tempo, tenho trazido o termo “antirracista” para o meu vocabulário e também para o meu dia a dia: fora e dentro do...
-+=