Acusada de esfaquear boneco de Lula sofre linchamento virtual no Facebook

A líder estudantil Manu Thomaziello, acusada de haver esfaqueado o boneco de Lula, está sofrendo um linchamento virtual em sua conta no Facebook.

Do DCM

Extremistas de direita descobriram sua conta, e estão insultando Manu, que pertence à União da Juventude Socialista (UJS), com seu clássico repertório misógino e preconceituoso.
Alguns dos insultos: 1) Comunistinha vagabunda. Vai chupar a rola do Lula na cadeia; 2) Estamos de olho em você, sua puta; 3) Vadia safada, quem devia levar facada é você; Bandida. Nojenta. Tem que cortar os pulsos; 5) Da próxima vez, enfia a faca no seu rabo, dependente de mortadela.

Depois de algum tempo entregue à sanha dos fanáticos, a militância petista foi acudir Manu.

Uma amiga de Manu da UJS avisou os revoltados: “E se encherem de novo a gente fura de novo”.

No momento em que esta nota é escrita, quase 20 horas da sexta, ela não tinha se manifestado ainda senão por uma nova foto de seu perfil, uma em que aparece abraçada a Lula.

Quanto ao boneco, você pode ver abaixo o que restou dele.

image114

+ sobre o tema

Saiba quem são os deputados que propuseram o PL da Gravidez Infantil  

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (12), a...

Com PL do aborto, instituições temem mais casos de gravidez em meninas

Entre 1º de janeiro e 13 de maio deste...

‘Criança não é mãe’: manifestantes em todo o Brasil protestam contra PL da Gravidez Infantil

Diversas cidades do país receberam na noite desta quinta-feira...

para lembrar

Encontro de Formaçao “O Pensamento Conservador no Brasil”

Na próxima quinta (29), a socióloga Esther Solano, Doutora...

Seguimos como sonâmbulos e estamos indo rumo ao desastre, diz Edgar Morin

Para um dos maiores filósofos vivos, humanidade deve tomar...

Coalizão Negra arrecada R$ 300 mil contra fome em jantar

Mais de R$ 300 mil foram arrecadados para a...

É sórdido condenar vítima de estupro por aborto

É sórdido e apequena a política o Projeto de Lei que ameaça condenar por homicídio meninas, jovens e mulheres que interromperem gestações, ainda que...

Geledés repudia decisão da Câmara sobre aborto

Geledés – Instituto da Mulher Negra vem a público manifestar sua indignação e repúdio à decisão da Câmara dos Deputados, aprovada nesta terça-feira, 12,...

Mulheres vão às ruas contra PL que equipara aborto a homicídio; confira locais dos atos

Mulheres vão às ruas de diversas partes do país em protesto contra o avanço, na Câmara dos Deputados, do projeto de lei que equipara...
-+=