Guest Post »

Aliou Cissé, único técnico negro da Copa, tem o menor salário entre os 32 treinadores

Aliou Cissé, técnico da seleção do Senegal e único treinador negro da Copa tem o salário mais baixo entre os 32 profissionais do Mundial 2018. O valor pago a Cissé  é 1800% menor que o do primeiro colocado do ranking, o técnico da Alemanha Joachim Löw. Tite, técnico da seleção brasileira, é quem recebe o segundo maior salário da lista.

Do Justificando 

Foto: FE/EPA/YURI KOCHETKOV

 

O salário de Cissé é baixo mesmo se comparado a outros técnicos de países Africanos como Nigéria e Marrocos ou técnicos de outros países em desenvolvimento fora da África como Uruguai, Argentina e Brasil.

Sou o único técnico negro nesta Copa do Mundo. Este é um longo debate que não tem a ver com futebol. A cor de sua pele não deve ser relevante em um esporte universal, mas é importante sim ter um técnico negro.

Afirmou, Cissé. Graças a sua liderança, o Senegal venceu a Polônia por 2 a 1 no jogo desta terça (19).

Confira a lista dos salários dos técnicos da Copa Mundial de 2018:

Joachim Löw (Alemanha) – R$ 15,9 milhões

Tite (Brasil) e Didier Deschamps (França) – R$ 14,5 milhões

Julian Lopetegui (Espanha) – R$ 12,4 milhões

Stanislav Cherchesov (Rússia) – R$ 10,6 milhões

Fernando Santos (Portugal) – R$ 9,1 milhões

Carlos Queiroz (Irã) e Gareth Southgate (Inglaterra) – R$ 8,1 milhões

Jorge Sampaoli (Argentina) – R$ 7,5 milhões

Óscar Tabárez (Uruguai) – R$ 7 milhões

Hector Cuper (Egito) e José Pékerman (Colômbia) – R$ 6,2 milhões

Juan Pizzi (Arábia Saudita) – R$ 5,9 milhões

Bert van Marwijk (Austrália) – R$ 4,9 milhões

Ricardo Gareca (Peru) – R$ 4,6 milhões

Juan Osório (México) – R$ 4,2 milhões

Age Hareide (Dinamarca), Akira Nishino (Japão) e Roberto Martínez (Bélgica) – R$ 3,9 milhões

Vladimir Petkovic (Suíça) – R$ 3,5 milhões

Herve Renard (Marrocos) – R$ 3,2 milhões

Helmir Hallgrimsson (Islândia) – R$ 2,9 milhões

Zlatko Dalic (Croácia) – R$ 2,3 milhões

Gernot Rohr (Nigéria) – R$ 2,1 milhões

Janne Andersson (Suécia) e Shin Tae-Yong (Coreia do Sul) – R$ 1,9 milhão

Hernan Gomez (Panamá) – R$ 1,6 milhão

Nabil Maaloul (Tunísia) e Óscar Ramírez (Costa Rica) – R$ 1,4 milhão

Mladen Krstajic (Sérvia) – R$ 1,2 milhão

Adam Nawalka (Polônia) – R$ 1,1 milhão

Aliou Cissé (Senegal) – R$ 836,8 mil

Com informações da Folha.

Related posts