Amelia Boynton, ativista negra de Selma, morre aos 104 anos, nos EUA

Ícone dos protestos e marchas de 1965, Amelia Boynton Robinson foi líder do Movimento pelos Direitos Civis Americanos no estado do Alabama

no Opera Mundi

A ativista norte-americana Amelia Boynton Robinson, que lutou durante décadas pela igualdade racial nos EUA, morreu aos 104 anos de idade.

Ela faleceu na manhã desta quarta-feira (26/08), em um hospital em Montgomery, no Alabama, onde estava internada desde julho. Amelia foi líder do Movimento pelos Direitos Civis Americanos em Selma, no estado do Alabama, e virou ícone das marchas e protestos em 1965 que levaram o presidente Lyndon Johnson a assinar o Voting Rights.

A mais famosa delas ocorreu na ponte Edmund Pettus e ficou marcada pela violenta repressão das forças policiais. Seu ativismo lhe rendeu uma medalha do Instituto Martin Luther King em 1990.

A história de Amelia foi retratada no filme Selma, lançado em 2014 e no qual é interpretada pela atriz Lorraine Toussaint.

Abaixo, assista ao trailer do filme ‘Selma’ (2014)

+ sobre o tema

Racismo en México

"En mi vida he aprendido algo interesante, el racismo...

Presidente da Capes recebe homenagem e anuncia ‘Capes África’

Novidade atenderá no continente africano 19 centros de pesquisa...

Pagamentos do PIS e do PASEP começam a ser pagos na terça (15)

Cadastrados há pelo menos cinco anos têm direito a...

para lembrar

África do Sul enfrenta dilemas da militarização prestes a completar um mês de lockdow

Apesar da rigidez, a classe empresarial sul-africana não está...

Malcolm X

Malcolm X, conhecido também como Malcolm Little - El...

Exposição revela vida dos negros em bairro de Nova York nos anos 1970

No início de 1969, David Smikle, um estudante negro...

As melhores fotos de Obama nos últimos 8 anos

Poucos empregos parecem ser tão instigantes quanto ter no...
spot_imgspot_img

Um Silva do Brasil e das Áfricas: Alberto da Costa e Silva

Durante muito tempo o continente africano foi visto como um vasto território sem história, aquela com H maiúsculo. Ninguém menos do que Hegel afirmou, ainda no...

‘Fui um menino negro criado por avós supremacistas brancos que me ensinaram a saudação nazista’

Shane McCrae é um consagrado poeta norte-americano. Ele foi premiado diversas vezes, publicou uma dezena de livros e é professor de redação criativa da...

Artista afro-cubana recria arte Renascentista com negros como figuras principais

Consideremos as famosas pinturas “A Criação de Adão” de Michelangelo, “O Nascimento de Vênus” de Sandro Botticelli ou “A Última Ceia” de Leonardo da Vinci. Quando...
-+=