Anielle firma acordo de combate ao racismo com governo da Espanha

Em série de reuniões com integrantes do governo espanhol, em Madrid, Anielle Franco assinou acordo para combater o racismo nos dois países. A ministra acompanha a comitiva do presidente Lula

A ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, firmou um acordo de cooperação com o governo da Espanha para promoção de políticas públicas de combate ao racismo nos dois países. Anielle colocou a pasta que chefia à disposição do governo espanhol para a produção de dados sobre a população negra do país.

“O Brasil está sendo pioneiro no combate ao racismo e na articulação para a promoção da igualdade racial no mundo. Nós temos uma alta produção de dados para a formulação de políticas públicas, cuja experiência vamos compartilhar e contribuir com outros países”, comentou a ministra sobre o acordo.

Ao chegar em Madrid ontem (25/4), acompanhando a comitiva do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Anielle teve reuniões com a ministra da Igualdade da Espanha, Irene Montero, com a diretora-geral para a Igualdade de Trato e Diversidade Étnico Racial no ministério espanhol, Rita Bosaho, e com representantes da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (Aecid).

“Vamos seguir trabalhando em cooperação para que nosso povo tenha acesso a direitos, ao respeito e à dignidade em todas as partes do mundo, e para que o Brasil seja referência em políticas de igualdade racial”, acrescentou.

Cooperação com Ministério das Mulheres

Durante a reunião, a ministra da Igualdade da Espanha também citou casos de violências de gênero recebidos pela pasta com frequência. Anielle, por sua vez, sugeriu que o país abra diálogo com o Ministério das Mulheres do Brasil, chefiado por Cida Gonçalves, para um trabalho de cooperação no enfrentamento à violência.

Na segunda (24), Anielle também firmou um acordo de cooperação em Portugal, incluindo a criação do Prêmio Marielle Franco para incentivar projetos de combate ao racismo e à xenofobia em território lusitano.

+ sobre o tema

PM tortura jovens ao acabar com baile funk

Policiais Militares, ao acabar com um baile funk no...

Intolerância online rompe com a ideia do brasileiro cordial

Dossiê pesquisou quase 400 mil posts de temas polêmicos...

Renner é condenada por injúrias raciais de empregadas contra vendedora

A rede de Lojas Renner S.A foi condenada a...

para lembrar

Polícia investiga 70 usuários de rede social por injúrias contra Taís Araújo

Ao menos 70 perfis de usuários do Facebook estão...

Quando achamos que somos revolucionários sendo apenas privilegiados

Descriminalização e legalização das drogas é sobre coisas muito...

Eleições França: Um negro contra Sarkozy e Le Pen

Vitórias de Ali Soumaré, candidato socialista de origem maliana,...
spot_imgspot_img

Para os filhos que ficam

Os seus pais vão morrer. É ainda mais difícil se dar conta disso depois de um Dia das Mães, como foi o último domingo....

Mãe não é tudo igual

- Coloca um casaco, meu filho! - Na volta a gente compra, filha. É bem provável que muitos de nós já tenhamos ouvido alguns desses bordões...

Carta aos negacionistas: comprem um seguro de vida

Senhores negacionistas, Coube à nossa geração viver uma encruzilhada existencial: ou mudamos a forma de nos relacionar e habitar o planeta, ou simplesmente esse planeta...
-+=