Aos 95 anos, Dona Ivone Lara recebe prêmio máximo da cultura brasileira

20161107205611974917e

Ao lado da sambista Dona Ivone Lara estavam o cineasta Fernando Meireles, o ator Carlos Vereza e o coreógrafo Carlinhos de Jesus, também homenageados

Do Correio Braziliense 

Principal condecoração pública da Cultura, a Ordem do Mérito Cultural foi entregue a 30 personalidades e seis instituições brasileiras na noite desta segunda-feira (07/11), em evento no Palácio do Planalto presidido pelo ministro da Cultura Marcelo Calero. A cerimônia, que contou com a presença do presidente da República Michel Temer e da primeira-dama Marcela Temer, teve como grande homenageada a sambista Dona Inove Lara, que recebeu a comenda máxima de grã-cruz.

“Nossa matriarca do samba é um  capítulo retumbante da memória afetiva do Brasil. Salve Dona Ivone Lara! Salve o samba”, bradou Calero ao fim do discurso inicial que abriu os trabalhos da homenagem.

O gênero musical foi celebrado por meio de quatro apresentações musicais regidas por Neguinho da Beija Flor, Márcio Gomes, Áurea Martins e André Lara. O Hino Nacional ficou a cargo de Fafá de Belém.

Dividida em três categorias – Grã-Cruz, Comendador e Cavaleiro -, a Ordem de Mérito Cultural agraciou grandes nomes da cultura nacional e as respectivas contribuições alcançadas no exercer do ofício. Entre os homenageados, o artista plástico Vik Muniz, o cantor Jorge Aragão, a arte-educadora Ana Mae  Barbosa e o ator Carlos Vereza.

“Nesta noite, tive a chance de apertar a mão de tantos artistas que sempre admirei de longe,” comentou em tom informal o presidente Michel Temer. Ele aproveitou a oportunidade para revelar: “Aumentamos em mais de 40% o orçamento do Ministério da Cultura em 2017”, arrancando aplausos do público presente. O veterano Carlos Vereza, conhecido pela postura antipetista e crítica ao governo de Dilma, prometeu cobrar. “Além do orçamento do MinC, também foi firmado investimento no audiovisual, favorecendo o cinema nacional. Neste momento de crise, é ousado e gratificante escutar isso”, disse o ator, que contabiliza quase seis décadas de carreira na tevê, nos palcos e no cinema.

Criado em 1995, a Ordem laureou mais de 500 representantes da cultura e das artes brasileiras. Os candidatos podem ser indicados por qualquer cidadão e passam pelo crivo de uma comissão técnica.

+ sobre o tema

Ministra Luiza de Bairros vem ao Tocantins para prestigiar Jogos dos Povos Indígenas

Cerca de 1.400 indígenas de 38 etnias de vários...

Após ‘Estrelas além do tempo’, Lego lança coleção sobre mulheres da Nasa

A empresa dinamarquesa de brinquedos Lego informou nesta quarta-feira...

Lançamento do livro/CD/DVD ‘O Jongo do Tamandaré’

    Saiba Mais:  Jongo Cacuriá AS DANÇAS...

Conferência, em Alagoas, aprova por unanimidade Moção de Aplauso a Ministra Luiza Bairros

por Arísia Barros Arísia Barros Aproximadamente 244 delegadas,...

para lembrar

Mortalidade materna de mulheres negras é o dobro da de brancas, mostra estudo da Saúde

Assim como outros indicadores de saúde, a mortalidade materna é...

Ruth de Souza completa hoje 90 anos

Por: Rubens Ewald Filho   Sempre tive...

Presidenta Dilma Rousseff recebe lideranças do Movimento Negro

Educação, saúde, democratização da comunicação e enfrentamento à violência...
spot_imgspot_img

Livro põe mulheres no século 20 de frente com questões do século 21

Vilma Piedade não gosta de ser chamada de ativista. Professora da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e uma das organizadoras do livro "Nós…...

“O Itamaraty me deu uma bofetada”, diz embaixadora Isabel Heyvaert

Com 47 anos dedicados à carreira diplomática, a embaixadora Isabel Cristina de Azevedo Heyvaert não esconde a frustração. Ministra de segunda classe, ela se...

Quer namorar comigo?

Todos os dias me deparo com situações que evidenciam a urgência de alçar a questão racial ao centro do debate dos principais problemas do...
-+=