Apaixonado pela Portela, enfermeiro morre de covid-19 no Rio

Evandro Barbosa, 55, foi mais um profissional infectado pelo novo coronavírus e que não resistiu à doença. Enfermeiro do Hospital Getúlio Vargas, localizado no bairro da Penha, na zona norte do Rio, ele atuava na linha de frente da unidade.

Por Marcela Lemos, do UOL

Evandro Barbosa, enfermeiro que morreu de covid-19 no Rio
Imagem: Arquivo pessoal

Evandro era apaixonado por Carnaval e principalmente pela Portela —tradicional escola de samba que desfila no Grupo Especial do Rio.

Ele teve passagens pela ala de passistas, pela tradicional ala coreografada Sambart e também desfilou como integrante de carro alegórico. Em 2020, Evandro marcou presença em uma das alas de comunidade da escola.

Menos de dois meses após o Carnaval, festa que era tão apaixonado, Evandro foi internado com sintomas da doença como febre, tosse e falta de ar, na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo).

Evandro chegou à unidade no dia 10 de abril e faleceu neste domingo (19). De acordo com uma amiga dele, Cecília Maria, durante a internação, o enfermeiro chegou a apresentar melhora no seu quadro de saúde, mas não o suficiente para retirarem a ventilação mecânica. Dias depois, houve piora e o enfermeiro faleceu.

Evandro completou 55 anos no dia 8 de março.

Evandro Barbosa corta bolo de aniversário decorado com o tema Portela Imagem: Arquivo pessoal

Cecília descreveu o enfermeiro como uma pessoa alegre, contagiante e que distribuía sorrisos por aí.

“Era uma pessoa iluminada, extrovertida, engraçada. Uma pessoa que não desistia dos problemas alheios. Tinha muito orgulho de quem ele era. Agora, vai brilhar lá no céu”, disse a amiga.

Na internet é possível encontrar diversas homenagens ao enfermeiro, como fez uma amiga de infância, Eliane Santanna.

“Desde adolescentes sempre fomos amigos, fizemos o 2°grau juntos, em seguida fizemos auxiliar de enfermagem, e ele continuou e formou-se em enfermeiro, excelente profissional, amava muito o que fazia, amava a vida (…) Você brilhou tanto, que sua luz não apagará jamais. O senhor Deus é nosso pastor e não nos faltará”, publicou em uma rede social.

Meu grande amigo,me despedir de você dói muito ,meu etreno amigo Evandro Barbosa
E agora …
Que saudades amigo ! Sou…

Publicado por Eliane Santa Anna em Domingo, 19 de abril de 2020

Outro amigo, Leonardo Marques, também se despediu pela internet.

“É meu amigo você não foi forte nessa batalha mas quem te conheceu sabia que você era um cara do bem, sempre sorrindo para todos disposto a ajudar todos inclusive eu. Você me ajudou muito, muito obrigado por tudo, cara. Vá com Deus, que Deus te receba de braços abertos e olhe e proteja todos nós lá de cima. Um anjo que está ao lado de deus Evandro Barbosa.”

Ontem perdi meu amigo por covid-19 que amava a profissão enfermeiro do hospital Getúlio Vargas , que ajudava todos , …

Publicado por Leonardo Marques em Segunda-feira, 20 de abril de 2020

Evandro foi enterrado ontem à tarde no Cemitério do Caju, na zona norte do Rio, numa cerimônia restrita aos parentes.

” (…) Evandro, que era enfermeiro dedicado no Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, será sempre lembrado pelo amor à profissão, pelo sorriso largo e pela paixão pelo carnaval”, publicou a escola na internet.

“O presidente Luis Carlos Magalhães, o vice-presidente Fábio Pavão e toda a diretoria da Portela se solidarizam com os familiares e amigos de Evandro Barbosa e reforçam a necessidade de que, neste momento de pandemia, a população siga as orientações das autoridades médicas”, diz o texto.

 

Ver essa foto no Instagram

 

NOTA DE PESAR O Grêmio Recreativo Escola de Samba Portela lamenta informar o falecimento do componente Evandro Barbosa, de 45 anos, vítima de coronavírus. Apaixonado pela Portela, ele teve passagens pela ala de passistas, pela tradicional ala coreografada Sambart, e também desfilou como composição de carro alegórico. Em 2020, desfilou em uma de nossas alas de comunidade. Evandro, que era enfermeiro dedicado no Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, será sempre lembrado pelo amor à profissão, pelo sorriso largo e pela paixão pelo carnaval. O presidente Luis Carlos Magalhães, o vice-presidente Fábio Pavão e toda a diretoria da Portela se solidarizam com os familiares e amigos de Evandro Barbosa e reforçam a necessidade de que, neste momento de pandemia, a população siga as orientações das autoridades médicas. O isolamento social preserva vidas e minimiza os impactos da doença sobre a rede hospitalar. É, também, uma atitude de respeito aos profissionais de saúde como Evandro, que diariamente se empenham para cuidar das pessoas. Fique em casa!

Uma publicação compartilhada por Portela (de 🏠) (@oficialportela) em

Covid-19 no RJ

De acordo com o boletim sobre a doença de ontem, a Secretaria de Estado de Saúde registrava 4.899 casos confirmados da doença e 422 óbitos no Rio.

Outras 196 mortes no estado estão sendo investigadas. A capital Fluminense concentra o maior número de casos: 3.243 e 257 mortes.

Na semana passada, uma técnica de enfermagem da linha de frente do Hospital Ronaldo Gazolla -hospital de referência para o tratamento da doença— também morreu vítima de covid-19.

De acordo com um levantamento feito pelo Coren (Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro), até o momento, 548 profissionais da enfermagem tiveram sintomas suspeitos de covid-19, 31 foram testados e 19 tiveram o diagnóstico da doença confirmado. O órgão acompanha o avanço de covid-19 em profissionais que integram a enfermagem.

+ sobre o tema

Outubro Rosa: desafios na luta contra o câncer de mama em mulheres idosas

No cenário da campanha Outubro Rosa, que tem como...

Estudo indica que DSTs atingem mais os homens negros no Brasil

Fonte: Diário de Pernambuco - O total de homens negros...

Dennis de Oliveira: O plebiscito, os médicos e a contradição entre Casa Grande e Senzala

A presidenta Dilma Rousseff buscou retomar a iniciativa política...

Promotoras Legais Populares do Geledés recebem netos de Nelson Mandela em atividade de prevenção a AIDS

   Por: Nilza Iraci Fotos: Renato Oliveira As Promotoras Legais Populares do...

para lembrar

Coronavírus na África, a terceira onda

dos 54 países africanos, pelo menos 40 já testaram...

Governo e CNJ permitem sepultamento sem certidão de óbito durante pandemia

Enquanto o presidente Jair Bolsonaro insiste em minimizar as...

Mapa do ISA mostra avanço da pandemia em Terras Indígenas

Para fortalecer políticas emergenciais às aldeias, novo site monitora...
spot_imgspot_img

Mulheres pretas e pardas são as mais afetadas pela dengue no Brasil

Mulheres pretas e pardas são o grupo populacional com maior registro de casos prováveis de dengue em 2024 no Brasil. Os dados são do painel de...

Saúde: 307 crianças ianomâmis desnutridas foram resgatadas em 2023

Ao longo do ano de 2023, 307 crianças ianomâmis diagnosticadas com desnutrição grave ou moderada foram resgatadas e recuperadas, segundo o Ministério da Saúde. Há quase...

Anvisa cancela registro de mais de 1,2 mil pomadas de modelar cabelos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) cancelou nesta sexta-feira (29) os registros de 1.266 pomadas sem enxágue, ceras e sprays para modelar, trançar ou...
-+=