Após PM confundir arma com bíblia e matar lixeiro, irmão pede justiça

GÉRO BONINI

A família do servidor público Antônio Marcos dos Santos, 42 anos, que foi morto por um policial militar em Avaré (SP), após ter sua bíblia confundida com uma arma durante uma abordagem, está revoltada. José Valdecir Corrêa, irmão do lixeiro, pede que providências sejam tomadas. “Queremos que o responsável pela morte do meu irmão pague pelo que fez. Nós queremos justiça”, disse o familiar.

Antônio Marcos dos Santos foi baleado no pescoço, na noite de quarta-feira, por um cabo da Polícia Militar. O PM teria confundido a bíblia que o lixeiro levava no bolso com uma arma. O irmão da vítima ressaltou que o lixeiro era trabalhador. “Meu irmão nunca fez nada de errado. Saía para o trabalho, todos os dias, às 4h30 e voltava na hora do almoço. Sempre que dava, ele ia à igreja”, explicou durante o velório, nesta quinta-feira.

Comando-da-PM-irá-investigar-morte-de-coletor-de-lixo-em-Avaré-SP-300x336Segundo o major Maurício José Raimundo, do Batalhão de Polícia em Avaré, o cabo responsável pelo disparo não tinha histórico negativo. “Ele é considerado um bom profissional e não tem histórico de violência. Infelizmente, foi uma fatalidade”, lamentou o major da PM.

A Polícia Civil está investigando o caso. O policial que fez o disparo foi encaminhado ao presídio militar Romão Gomes, em São Paulo.

 

PM mata 1 a cada 16h, mais do que em 2006, quando houve os ataques do PCC

 

 

 

Fonte: Terra

+ sobre o tema

Como as escolas de samba nos ensinam sobre ancestralidade

Desde que foram criadas, escolas de samba têm sido...

Esperança de justiça une mães de vítimas da violência policial no Rio

A longa espera por justiça é uma realidade presente...

Primeira mulher trans a liderar bancada no Congresso, Erika Hilton diz que vai negociar ‘de igual para igual’

A deputada federal Erika Hilton (PSOL-SP) foi aclamada nesta quarta-feira como...

para lembrar

Fim dos autos de resistência: temos realmente o que comemorar?

Nos últimos dias, veicula-se nas redes sociais e meios...

Negros são 77% dos mortos pela polícia do Rio em 2015

De acordo com dados do ISP (Instituto de Segurança...

Genocídio por Sueli Carneiro

O relator especial da Comissão de Direitos Humanos da...
spot_imgspot_img

Um guia para entender o Holocausto e por que ele é lembrado em 27 de janeiro

O Holocausto foi um período da história na época da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), quando milhões de judeus foram assassinados por serem quem eram. Os assassinatos foram...

Caso Marielle: mandante da morte de vereadora teria foro privilegiado; entenda

O acordo de delação premiada do ex-policial militar Ronnie Lessa, acusado de ser o autor dos disparos contra a vereadora Marielle Franco (PSOL), não ocorreu do dia...

Pacto em torno do Império da Lei

Uma policial militar assiste, absolutamente passiva, a um homem armado (depois identificado como investigador) perseguir e ameaçar um jovem negro na saída de uma...
-+=