Após protestos, UFRGS descarta alteração em sistema de cotas

Mudança ainda tirava opção de cotistas concorrerem pelo acesso universal. Universidade manterá sistema de vestibular; duas alterações serão votadas.

Do G1

Após protestos de estudantes na última semana, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) desistiu de realizar mudanças no sistema de cotas. A instituição deve manter a opção de ingresso para quem concluiu o ensino médio em escola pública de concorrer concomitantemente no acesso universal e por cotas, como é realizado atualmente o vestibular.

Os alunos, que ocupam a reitoria da UFRGS desde a última quinta-feira (22), liberaram o acesso dos membros do Conselho Universitário (Consun) ao prédio. No entanto, uma liminar judicial impediu que a emenda feita ao parecer que mudava o sistema de ingresso de cotistas fosse votada nesta terça-feira (27).

Para os alunos, as mudanças seriam uma forma de reduzir o número de cotistas.

Outras duas propostas, elaboradas pela pró-reitoria de graduação da universidade, ainda serão votadas: o ingresso de cotistas nos dois semestres e o não remanejamento de classificados no segundo semestre para o primeiro período no ano seguinte, se houver desistências.

A votação dos conselheiros está prevista para ocorrer na próxima sexta-feira (30). Na data, também deve ocorrer a liberação do edital do vestibular de 2017.

Propostas da pró-reitoria

– Impossibilidade de disputar vagas de acesso universal e destinadas aos egressos do ensino público concomitantemente (cancelada);

– Ingresso de cotistas nos dois semestres (a ser votada);

– Não remanejamento de classificados no segundo semestre para o primeiro período no ano seguinte, se houver desistências (a ser votada).

+ sobre o tema

Protocolo negro

Quem é negro costuma cumprir um protocolo ao colocar...

Cidinha da Silva e as urgências de Cronos em “Tecnologias Ancestrais de Produção de Infinitos”

Em outra oportunidade, dissemos que Cidinha da Silva é, assim...

Fiocruz alerta para aumento da taxa de suicídio entre criança e jovem

A taxa de suicídio entre jovens cresceu 6% por...

para lembrar

Cotas raciais, porque sim!

Por: Walmyr Júnior Gostaria de compartilhar nessa coluna um texto...

Cotas Ampliam Acesso ao Trabalho, Mas Racismo Permanece

A situação é confirmada pela Pesquisa de Emprego e...

Cotas Raciais: O Acinte das Fraudes

Vivemos presentemente no país uma onda de indignação: de...

Procuradorias impedem que aluno branco ingresse em universidade pelo sistema de cotas

A Advocacia-Geral da União (AGU) demonstrou a validade de...
spot_imgspot_img

Não entraria em avião pilotado por cotista?

"Responda com sinceridade, leitor. Você entraria confortavelmente num avião conduzido por alguém que, pelo fato de pertencer à minoria desfavorecida, recebeu um empurrãozinho na...

“Enem dos Concursos” reserva 20% das vagas para negros

O governo federal reservou 20% das 6,6 mil vagas do Concurso Nacional Unificado para candidatos negros. A totalidade das vagas está dividida entre nível...

Somente 7 estados e o DF têm cotas para negros em concursos públicos. Veja quais

Adotadas no Executivo federal, as cotas raciais nos concursos para entrada no serviço público avançam em ritmo bem lento nos outros níveis de governo,...
-+=