Após suicídio de jovem, Marrocos pode mudar lei pró-estrupadores

O governo do Marrocos anunciou que fará emendas à lei que permite que estupradores se casem com suas vítimas menores de idade, depois do suicídio de uma jovem de 16 anos que foi obrigada a se casar com seu próprio estruprador. “Diferentemente do que se costuma difundir, no mundo árabe, o protagonismo feminino nos campos de batalha e em diversas áreas do conhecimento é histórico”, segundo Soraya Misleh, diretora do Intituto de Cultura Árabe.

 

 

 

Fonte: Vermelho

+ sobre o tema

Enfim, só! Os que preferem viver sozinhos agora são legião

Nos países mais desenvolvidos, diminuem os casamentos e aumenta...

Casos de feminicídio aumentam 76% no estado de SP no primeiro trimestre

Levantamento é do G1 e da GloboNews, com base...

Corporalidade e (re)conhecimento

Quando me descobri mulher negra, uma das maiores dificuldades...

Um mês sem Marielle Franco: as sementes da ‘Cria da Maré’ já dão frutos

“Não serei interrompida e não aturarei a interrupção de...

para lembrar

spot_imgspot_img

O mapa da LGBTfobia em São Paulo

970%: este foi o aumento da violência contra pessoas LGBTQIA+ na cidade de São Paulo entre 2015 e 2023, segundo os registros dos serviços de saúde. Trata-se de...

Grupos LGBT do Peru criticam decreto que classifica transexualidade como doença

A comunidade LGBTQIA+ no Peru criticou um decreto do Ministério da Saúde do país sul-americano que qualifica a transexualidade e outras categorias de identidade de gênero...

TSE realiza primeira sessão na história com duas ministras negras

O TSE realizou nesta quinta (9) a primeira sessão de sua história com participação de duas ministras negras e a quarta com mais ministras...
-+=