Bombardeado, “guru da web” deixa a campanha de Serra

O “guru” gorou. Contratado no final de agosto para turbinar a campanha de José Serra na internet, o americano de ascendência indiana Ravi Singh, da empresa ElectionMall, voltou para os EUA sem ter o contrato renovado.

A coordenadora da campanha tucana na internet, Soninha Francine, argumenta que o trabalho dele “foi concluído conforme o combinado”. A versão, porém, não contempla o pandemônio causado pela contratação do “guru” nas hostes serristas.

Singh foi bombardeado por todo lado -de interneteiros preteridos ao setor de marketing, passando pelo núcleo político.
Um profissional que trabalhou com o indo-americano relata que ele era truculento e costumava rejeitar sugestões afirmando: “Vocês não estão aqui para ter ideia, quem tem ideia sou eu”.

As críticas mais frequentes foram às mudanças implantadas pelo consultor na página de Serra na internet (www.serra45.com.br).
De saída, o “guru” priorizou um burocrático cadastramento de eleitores pelo site.

“Ele não tem sentido de rede, tem sentido de spam”, criticou um colaborados, referindo-se aos e-mails que depois inundaram a caixa postal dos cadastrados.

SLOGAN
Outra criação tida como infeliz foi adotar um novo slogan para a página oficial, “É a Hora da Virada”, em vez de “O Brasil Pode Mais” usado na propaganda serrista.

Soninha, que atua em conjunto com a empresa DDBR, que contratou Singh, diz ter “adorado” trabalhar com o consultor. “O site é hoje muito mais interativo, colaborativo, 2.0”, afirmou.

“Mudei de ideia sobre o papel do site oficial. Estamos todos aprendendo a dirigir com o carro em movimento, mas felizmente internet não é folheto e dá para mudar e corrigir o tempo todo.”

A ex-vereadora elogiou a ferramenta que exibe depoimentos on-line de eleitores. “Eu acho o máximo ler, em pé de igualdade, o depoimento de um agricultor do interior do Espírito Santo, de um casal de 80 anos da Paraíba, de um estudante da Fatec da zona leste.”

Entre os tucanos, ninguém assume a paternidade da ideia de trazer Singh. Uma versão diz que o primeiro contato com ele foi feito por Arnon de Mello, filho do ex-presidente Fernando Collor e sócio da Loops, uma das fornecedoras de serviços de internet da campanha.
Outra atribui a ideia à filha de Serra, Veronica.

Soninha afirmou saber apenas que “algumas pessoas da campanha” fizeram contato com Singh no ano passado e que depois o consultor fez uma proposta à DDBR -que foi aceita.

Ninguém, nem críticos nem entusiastas, quis revelar quanto custou a aventura.

Fonte: Folha

+ sobre o tema

Marieta Severo fala de papel na novela, racismo e dos ataques que sua família recebe nas redes

Atriz cita retrocessos na sociedade, celebra ressurgimento do feminismo...

Marina diz em NY que não mudará a economia

Por: CRISTINA FIBE Candidata do PV pede fim de...

Às agressões humanas, a Terra responde com flores

Mais que no âmago de uma crise de proporções...

Lula chega a 47% na Vox Populi; maioria considera prisão injusta

“A prisão de Lula, da forma como ocorreu, parece...

para lembrar

Centenas de indígenas participam do primeiro dia dos ‘jogos tradicionais’

Os jogos tradicionais representam o momento de maior fascínio...

Mario Magalhães diz o óbvio sobre a chacina no Pará

"Pará: de um lado, foram mortas dez pessoas; de...

Juíza lança “O Negro no Século XXI”

Fonte: Portal Imbuí - "O Negro no Século XXI"....

África, não!

Namíbia, fica no sul da África e foi um...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...

Em 20 anos, 1 milhão de pessoas intencionalmente mortas no Brasil

O assassinato de Mãe Bernadete, com 12 tiros no rosto, não pode ser considerado um caso isolado. O colapso da segurança pública em estados...
-+=