Brô Mc’s: conheça o grupo de rap que vai cantar a realidade indígena no Rock In Rio 2022

O convite foi feito pelo cantor Xamã, com quem o grupo irá dividir o palco Sunset do Festival. Brô Mc’s é o primeiro grupo de rap indígena do Brasil, que mistura português e guarani em suas letras.

Juntos há mais de uma década, Brô Mc’s é o primeiro grupo de rap indígena do Brasil. Composto por quatro integrantes que se consideram irmãos, os rappers sul-mato-grossenses estão confirmados no Rock in Rio 2022, onde vão se apresentar com o cantor Xamã. 

Kelvin Mbaretê, Bruno Veron, Clemersom Batista e Charlie Peixoto são integrantes das comunidades Jaguapiru e Boróró, que ficam em Dourados, a 235 km de Campo Grande. Os indígenas fazem parte da etnia Guarani Kaiowá e completam 13 anos de carreira neste ano.

Misturando português e guarani em suas letras, o grupo garante que os admiradores podem esperar representações da cultura, língua e realidade indígena do Brasil.

“Nós levamos nas apresentações todos os movimentos indígenas, a nossa cultura e nossa língua em cima dos palcos, então a gente vai estar mostrando toda a tradição indígena lá em cima. Vai ser muito bacana!”, contou Kelvin.

O grupo, que já se apresentou no Festival América Latina, acredita que participar do Rock in Rio 2022 será um marco na carreira e estão muito empolgados em dividir esse momento com uma inspiração: o cantor Xamã.

“Nós não pensamos que isso ia rolar mesmo, mas o Xamã disse pra gente ‘se eu subir no palco, vocês sobem comigo’ e isso foi muito importante para nós, sem palavras para ele”, o grupo disse ainda que vibrou muito com a oportunidade e o anúncio da participação, feito nesta quinta-feira (25), foi uma grande felicidade.

Os rappers sul-mato-grossenses disseram ao g1MS que pretendem lançar, durante o Rock In Rio, uma nova música com a participação do Xamã e que essa parceria representa muito para o grupo e também para os povos indígenas.

“Acredito que a parceria com o Xamã representa a nação indígena no topo, porque a gente tem uma responsabilidade grande de levar a palavra dos nossos irmãos em qualquer lugar. Nós temos essa responsabilidade de falar da nossa realidade, falar da nossa cultura, então essa parceria é uma oportunidade de estarmos mostrando a nossa comunidade, sempre levando a cultura indígena que é do Brasil”, finalizaram.

Clique aqui e veja mais trabalhos do Brô Mc’s.

Line up Rock in Rio 2022 (Foto: Divulgação)

+ sobre o tema

para lembrar

Circuito Quilombola do Vale do Ribeira será lançado no Sesc-SP

Turismo de base comunitária, o Circuito Quilombola, que...

Maryse Condé, autora de ‘Segu’, vence ‘Nobel alternativo’ de literatura

Autora de romances históricos, escritora de Guadalupe publicou mais...

Há meio século, Feiticeira usou blackface para condenar racismo e levou Emmy

Técnica controversa do século 19 empregada por atores brancos...

Funeral de Chris Lighty reúne estrelas do hip-hop em NY

Diddy, 50 Cent, LL Cool J, Q-Tip, Russell Simmons...
spot_imgspot_img

Iza anuncia que terá uma menina e o nome será Nala

O primeiro bebê de Iza e Yuri Lima já teve o sexo revelado: será uma menina. A cantora contou a novidade aos fãs na noite desta segunda-feira (13),...

Mostra Competitiva Adélia Sampaio recebe inscrições de filmes de mulheres negras até 16 de junho

A 6ª edição da Mostra Competitiva de Cinema Negro Adélia Sampaio está com inscrições abertas para filmes dirigidos por mulheres negras de todo o...

Dia 21, Maurício Pazz se apresenta pela primeira vez no Instrumental Sesc Brasil

Maurício Pazz, paulistano, nos convida a mergulhar nos diferentes sotaques oriundos das diásporas africanas no Brasil. No repertório, composições musicais do próprio artista, bem...
-+=