Campanha contra violência política de gênero e raça

A Frente Parlamentar Feminista Antirracista com Participação Popular lança nesta sexta-feira 2 de julho, às 15 horas, a campanha A DEMOCRACIA PRECISA DE DIVERSAS VOZES, com o objetivo de dar visibilidade à questão da violência política de gênero e raça contra as mulheres que estão nos espaços de poder e decisão. Movimentos e deputadas que integram a Frente convocam a sociedade brasileira a enfrentar essa realidade a partir de uma ação conjunta.

A campanha “A DEMOCRACIA PRECISA DE DIVERSAS VOZES” contará ao longo de sua execução com atividades online e em diferentes cidades, mobilizadas pelos mandatos, movimentos e organizações que compõem a Frente, além de expor casos de violência e construir denúncias nacionais e internacionais. O objetivo é divulgar as ações de movimentos e deputadas sobre o tema da violência política contra as mulheres e ressaltar a importância da participação das mulheres para a construção de uma democracia forte.

A Frente Parlamentar Feminista Antirracista com Participação Popular é uma experiência pioneira na América Latina, reunindo mandatos de parlamentares, movimentos e organizações de mulheres feministas. Sua atuação tem como objetivo afirmar a agenda política das mulheres brasileiras pela igualdade, direitos e respeito à nossa diversidade, buscando construir possibilidades de contenção da agenda ultraconservadora no Congresso Nacional.

Acompanhe através de nossas redes:

instagram: https://www.instagram.com/frentefeministaantirracista/

facebook: https://www.facebook.com/Frente-Parlamentar-Feminista-Antirracista-com-Participa%C3%A7%C3%A3o-Popular-114383843342977

Divulgação

Divulgação

+ sobre o tema

I Seminário Biopolíticas e Mulheres Negras” acontece amanhã em Salvador

Será realizado amanhã (20), às 9h, na sede do...

Jurema Werneck: ”Somos herdeiras de mulheres que construíram a própria força”

Médica, pesquisadora e fundadora da ONG Criola fala sobre...

Na saúde e na doença

A cena corriqueira aconteceu no fim de uma manhã...

para lembrar

Mais de 1,3 mil pessoas foram mortas em ações policiais no RJ em 2022

Em 2022, 1.327 pessoas morreram em ações das forças de...

‘Macaquitos de Brasil’: Libertadores abriga racismo desde primeiras edições

Diante do Palmeiras, o Boca Juniors define hoje (5) uma vaga...

A Consciência Negra e seus múltiplos sentidos

A celebração do Dia da Consciência Negra, todos os...

Vôlei brasileiro tem denúncias de racismo em dias consecutivos, e atletas cobram confederação

A Superliga B, segunda divisão da principal competição de vôlei do...
spot_imgspot_img

Protocolo negro

Quem é negro costuma cumprir um protocolo ao colocar o pé na rua. Inclui jamais sair sem um documento; não ir ao supermercado com...

Por que ser antirracista é tão importante na luta contra a opressão racial?

O Laboratório de Estudos de Gênero e História, da Universidade Federal de Santa Catarina, lança nesta quarta-feira (21) o quinto vídeo de sua campanha de divulgação...

Moção de solidariedade da UNEGRO ao Vai Vai 

A União de Negras e Negros Pela Igualdade (UNEGRO), entidade fundada em 1988, com  longa trajetória na luta contra o racismo e suas múltiplas...
-+=