Guest Post »

Casa de Cultura Fazenda Roseira promove o “V Sou África em Todos os Sentidos”

Tema deste ano do festival, realizado anualmente no Mês da Consciência Negra, será a mulher. Atividades abertas ao público

 

A Comunidade Jongo Dito Ribeiro, responsável pela Casa de Cultura Fazenda Roseira, em Campinas, apresenta o “V Sou África em Todos os Sentidos”, atividade realizada anualmente no mês da Consciência, em novembro, e que ocupa todas as dependências da Fazenda com atividades artísticas e culturais afro-brasileiras.

Este ano, o tema “V Sou África em Todos os Sentidos – Obírin (mulheres em iorubá)” busca na cultura africana e afro-brasileira a inspiração e embasamento para apresentar a mulher como um ser pleno e multifacetado: mãe, esposa, filha, militante, artista, sacerdotisa e, sobretudo, portadora do poder feminino. Assim, entre os dias 14 de novembro e 2 de dezembro de 2013 será celebrado o legado feminino através de oficinas, debates, exposição e apresentações de mulheres que vivenciam em seu cotidiano as relações transversais e íntimas entre ser mulher e ser política, ser mulher e ser artista, ser mulher e ser militante, ser mulher e dirigente de uma entidade, ser mulher e ser religiosa, ser mulher e ser fazedora de cultura, ser mulher e ter o poder feminino.

Esse ano será realizada a 1ª Mostra de Artes Plásticas que contará com obras de mulheres e que foram selecionadas através de edital de seleção. A ideia da mostra é contribuir para a promoção, difusão e expansão da diversidade das linguagens artística e cultural bem como divulgar artistas anônimas.

Desde o primeiro ano de ocupação da Fazenda Roseira existe a atividade “Sou África em Todos os Sentidos”, que tem como objetivo preservar e difundir a contribuição da cultura africana tanto para a formação do povo brasileiro como para formação da cultura e identidade do município de Campinas. Mesmo acontecendo em edição anual, os resultados obtidos são inúmeros, de acordo com os organizadores, como parceria com escolas, participação na Rede de Cultura e Educação de Campinas e parcerias com escolas públicas através do Programa Mais Educação.

Por edição, o público atingido diretamente é de cerca de 5 mil pessoas. Além disso, ao longo do ano, a Casa de Cultura Fazenda Roseira/Comunidade Jongo Dito Ribeiro recebem inúmeras solicitações de visitas e convites para ministrar vivências e formações em cultura afro-brasileira.

Confira a programação:

14/11
Abertura Oficial
19h00 – Mesa de Abertura: Presença das Mulheres da Comunidade Jongo Dito Ribeiro – Secretaria de Cultura – CEPIR – IPHAN e lideranças parceiras Lançamento da Exposição “Jongueiros Paulistas do Sudeste”. Fotos da Comunidade Jongo Dito Ribeiro – Campinas, Jongo Mistura da Raça – São José dos Campos, Jongo Quilombolas do Tamandaré – Guaratinguetá, Jongo de Piquete – Piquete
Lançamento do Documentário “IV Encontro Paulista de Jongueiros”, da Comunidade Jongo Dito Ribeiro e da Agência Popular João Zinclar – Construção Partilhada do Conhecimento
Lançamento do Livro “Duas Marias e Uma Edite”, da Comunidade Jongo Dito Ribeiro
Atividade Cultural: Desfile de moda e turbantes OBIRIN, com a marca Djumbo

15/11
Mulheres da Militância – Homenageada: Edna Lourenço
Manhã: a Casa de Cultura Fazenda Roseira estará fechada para apoio e participação nas comemorações do “Dia Nacional da Umbanda”
16h30 – Roda de Conversa sobre Mulheres Negras na Militância, com Edna Lourenço
17h30 – Lançamento do Documentário “A preparação da Feijoada e as Marias do Jongo”, da Comunidade Jongo Dito Ribeiro, Agência Popular João Zinclar – Construção Partilhada do Conhecimento

16/11
Memórias do Samba de Bumbo – Homenageadas: Tia Sinhá e Marisa Marçal
14h00 – Mostra de Artes Visuais OBIRIN – presença das artistas selecionadas contando sobre seu processo criativo
16h30 – Roda de Conversa Memórias do Samba, com sambadeiras, junto com Samba de Bumbo, com Alceu, do Urucungos, Puitas e Quijengues
A partir das 19h – a Casa de Cultura Fazenda Roseira estará fechada -Apoio e participação da Comunidade Jongo Dito Ribeiro na abertura do Festival “Viva Zumbi”, na Rua Professora Carolina Souza Costa Barros, em frente à igreja, Monte Cristo, Campinas/SP

17/11
Não haverá atividades na Casa de Cultura Fazenda Roseira
10h00 – Apoio e participação da Homenagem a Tia Nice – Nina Griô. Local: Feira Hippie – Praça Imprensa Fluminense, Centro de Convivência – Campinas
15h00 – Apoio e participação Evento Negros Nobres. Local: Clube Recreativo Machadinho – Rua Cerqueira Leite, 66, Vila Industrial – Campinas

18/11
Mulheres e Cultura da Infância – Homenageada: Silvia Negrona (9h – Oficina Malaika, com Rosana Meneses, do Tela Preta)
14h00 – Festival de AfroContação de Histórias HADITHI NJOO (vivências itinerantes), com Odé Amorim / AfroEscola Laboratório Urbano (Santo André)
19h00 – Roda de Conversa Cultura Popular e Criança Negra, com Marcia Anacleto

19/11
Mulheres da Luta – Homenageada: Maria da Penha
09h00 – Oficina de histórias “Princesas Africanas”, com Mariana Cestari, da Comunidade Jongo Dito
14h00 – Roda de conversa “Entre outras mil, as estórias da Nil”, com Nil Sena
19h00 – Roda de Conversa: “O combate à violência contra as mulheres”, com as promotoras legais populares e a Coletiva das Vadias – Campinas

20/11
Não haverá atividades na Casa de Cultura Fazenda Roseira
10h00 – Concentração para Marcha Zumbi dos Palmares, na Estação Cultura, Praça Marechal
A partir das 14h – Festival da Música Negra “Viva Zumbi”. Rua Manuel Militão de Melo (antiga 38), Jardim das Bandeiras 2 – Campinas
16h00 – Roda de Jongo com a Comunidade Jongo Dito Ribeiro. Local: Mãe Preta – em frente à Igreja São Benedito. Rua Cônego Cipião, 772, Centro – Campinas
20h00 – Prêmio Zumbi – Indicados: integrantes da Juventude Jongueira – Local: Câmara

21/11
Mulheres na Educação Afro e Indígena – Homenageada: Petronilha
09h00 – Exibiçao de vídeos e Roda de Conversa sobre as perspectivas da Lei 11645/08, com o Coletivo da Casa de Cultura Fazenda Roseira
14h00 – Oficina de Formação Lei 10639/03, com Lajara Janaina – Doutoranda em Educação
19h00 – Roda de Conversa: Compartilhando experiências da Lei 10639/03, com Alessandra Ribeiro, da Casa de Cultura Fazenda Roseira e doutoranda de Urbanismo (PUC/Campinas)

22/11
Mulheres e Saúde – Homenageada: Ana Cris Vangrelino
09h00 – Oficina Tambor e Saúde, com o Coletivo da Casa de Cultura Fazenda Roseira
14h00 – Oficina das Sensações, com Dona Maria Alice, da Comunidade Jongo Dito Ribeiro
Noite: não haverá atividades na Casa de Cultura Fazenda Roseira

23/11
Mulheres em Campinas – Homenageada: Tia Nice do Acarajé
09h00 – Mulheres na praça: manifestação pelo Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher (25 de novembro) com Frente de Luta, no Largo do Rosário, centro – Campinas
14h00 – Mostra de Artes Plasticas OBIRIN – apresentação de trabalhos das inscritas
16h30 – Roda de conversa sobre feitos da Tia Nice, exposição de fotos e exibição de vídeo
18h30 – Sarau, com a participaçao do grupo A rua’nda

24/11
Mulheres e Musicalidade – Homenageada: Aureluce Santos
09h00 -14h00 – Oficina de Berimbau com o professor Paulo Bombril do Grupo IBECA
16h30 – Roda de Conversa com Aureluce Santos
18h00 – Roda de Samba, com Samba das Minas e grupos parceiros

25/11
Mulheres e Trabalho – Homenageada: Laudelina de Campos Melo
09h00 – Oficina brincante “Se eu fosse você”, sobre mundo do trabalho, racismo e preconceitos, com Coletivo da Casa de Cultura Fazenda Roseira
14h00 – Oficina de culinária lúdica: temperos e sabores, com o Coletivo da Casa de Cultura Fazenda
19h00 – Roda de Conversa – PEC das Domésticas: conquista de uma luta que vem de longe, com Regina Teodoro, do Sindicato das Trabalhadoras Domésticas de Campinas – Apresentação de fotos, com Dona Marqueza, ex-integrante do Sindicato das Trabalhadoras

26/11
Mulheres e Universidade – Homenageada: Lélia Gonzalez
09h00 – Oficina mitos, contos e encontros – contaçao de historias, com Dona Maria Alice
14h00 – Oficina Universidade para quem?, com Silas Souza, do Cursinho Popular Herbert de Souza e Núcleo de Consciência Negra – Unicamp
19h00 – Roda de Conversa Trajetória Acadêmica e Luta Política: o exemplo de Léllia Gonzalez, com Mariana Cestari, doutoranda de Linguística (Unicamp)

27/11
Mulheres da música e literatura – Homenageadas: Dona Geny
09h00 – Oficina de poesia negra, com Mariana Santos de Assis, mestranda em Linguística Aplicada e integrante do Núcleo de Consciência Negra (Unicamp)
14h00 – Oficina de composição e outros versos, com Comunidade Jongo Dito Ribeiro e A rua’nda
19h00 – Roda de Conversa “Uma viagem na literatura negra”, com Luana Antunes Costa, doutoranda em Estudos Comparados de Lits. de Língua Portuguesa – USP

28/11
Mulheres e Política – Homenageada: Leci Brandão
09h00 – Oficina de brincadeiras Zé do Caroço, com Coletivo da Casa de Cultura Fazenda Roseira
14h00 – Roda de Conversa Mulher, Política e Comunidade, com a participação da Dep. Leci Brandão
Noite: a Casa de Cultura Fazenda Roseira estará fechada para apoio e participação na Audiência Pública – Lei Cultura Viva, com a Dep. Leci Brandão – Local: Câmara dos Vereadores

29/11
Mulheres, Iabás e Ialorixás – Homenageada Maria Edna Ribeiro
10h00 – As Mulheres na Mitologia Africana, com Alessandra Ribeiro
14h00 – Oficina “Bangê biolê: a alegria de dançar”, com Profa. Alessandra Gama
19h00 – Roda de Conversa – O feminino no sagrado, com a participação de religiosas de matrizes

30/11
A mulher e as Tecnologias – Homenageada: Sília Moan
14h00 – Roda de conversa sobre novas tecnologias e cultura local, com a profa. Cláudia Wanderley
16h00- Rode de Conversa sobre mulher, tecnologia e feminismo, com Tais Lobo
18h30 – Lançamento do Livro Ndapandula Mama África, com a autora Dulce Braga, seguida de contação de estórias angolanas

01/12
Mulheres, Patrimônio, Memória e Identidade – Homenageada: Dona Ratinho (In Memorian)
14h00 – Roda de conversa sobre a mulher no patrimônio imaterial, com representante do IPHAN e do Pontão do Jongo Caxambu
16h00 – Roda de conversa com detentores do patrimônio imaterial e poder público local, com Mãe Eleonora, Alessandra Gama (Ibaô), Marcela (Coordenadoria Setorial do

02/12
Dia do Samba pra gente sambá – Homenageada: Clementina de Jesus (In Memorian)
Comemorações do Dia do Samba – Casa Caiada, Mesa de Bar e convidados

Exposições:
Exposição de fotos Jongueiros do Sudeste (comunidades do estado de São Paulo)
Fabulografias – “Que África Venta por Você?”

Serviço:

“V Sou África em Todos os Sentidos – Tema: Obírin”
Local: Casa de Cultura Fazenda Roseira. Av. John Boyd Dunlop, s/n, em frente a PUC II, dentro do loteamento – Campinas. (19) 3227-5633
Data: de 14 de novembro a 2 de dezembro
Entrada: gratuita

Fonte: Campinas

Related posts