Casa de Cultura Fazenda Roseira promove o “V Sou África em Todos os Sentidos”

Tema deste ano do festival, realizado anualmente no Mês da Consciência Negra, será a mulher. Atividades abertas ao público

 

A Comunidade Jongo Dito Ribeiro, responsável pela Casa de Cultura Fazenda Roseira, em Campinas, apresenta o “V Sou África em Todos os Sentidos”, atividade realizada anualmente no mês da Consciência, em novembro, e que ocupa todas as dependências da Fazenda com atividades artísticas e culturais afro-brasileiras.

Este ano, o tema “V Sou África em Todos os Sentidos – Obírin (mulheres em iorubá)” busca na cultura africana e afro-brasileira a inspiração e embasamento para apresentar a mulher como um ser pleno e multifacetado: mãe, esposa, filha, militante, artista, sacerdotisa e, sobretudo, portadora do poder feminino. Assim, entre os dias 14 de novembro e 2 de dezembro de 2013 será celebrado o legado feminino através de oficinas, debates, exposição e apresentações de mulheres que vivenciam em seu cotidiano as relações transversais e íntimas entre ser mulher e ser política, ser mulher e ser artista, ser mulher e ser militante, ser mulher e dirigente de uma entidade, ser mulher e ser religiosa, ser mulher e ser fazedora de cultura, ser mulher e ter o poder feminino.

Esse ano será realizada a 1ª Mostra de Artes Plásticas que contará com obras de mulheres e que foram selecionadas através de edital de seleção. A ideia da mostra é contribuir para a promoção, difusão e expansão da diversidade das linguagens artística e cultural bem como divulgar artistas anônimas.

Desde o primeiro ano de ocupação da Fazenda Roseira existe a atividade “Sou África em Todos os Sentidos”, que tem como objetivo preservar e difundir a contribuição da cultura africana tanto para a formação do povo brasileiro como para formação da cultura e identidade do município de Campinas. Mesmo acontecendo em edição anual, os resultados obtidos são inúmeros, de acordo com os organizadores, como parceria com escolas, participação na Rede de Cultura e Educação de Campinas e parcerias com escolas públicas através do Programa Mais Educação.

Por edição, o público atingido diretamente é de cerca de 5 mil pessoas. Além disso, ao longo do ano, a Casa de Cultura Fazenda Roseira/Comunidade Jongo Dito Ribeiro recebem inúmeras solicitações de visitas e convites para ministrar vivências e formações em cultura afro-brasileira.

Confira a programação:

14/11
Abertura Oficial
19h00 – Mesa de Abertura: Presença das Mulheres da Comunidade Jongo Dito Ribeiro – Secretaria de Cultura – CEPIR – IPHAN e lideranças parceiras Lançamento da Exposição “Jongueiros Paulistas do Sudeste”. Fotos da Comunidade Jongo Dito Ribeiro – Campinas, Jongo Mistura da Raça – São José dos Campos, Jongo Quilombolas do Tamandaré – Guaratinguetá, Jongo de Piquete – Piquete
Lançamento do Documentário “IV Encontro Paulista de Jongueiros”, da Comunidade Jongo Dito Ribeiro e da Agência Popular João Zinclar – Construção Partilhada do Conhecimento
Lançamento do Livro “Duas Marias e Uma Edite”, da Comunidade Jongo Dito Ribeiro
Atividade Cultural: Desfile de moda e turbantes OBIRIN, com a marca Djumbo

15/11
Mulheres da Militância – Homenageada: Edna Lourenço
Manhã: a Casa de Cultura Fazenda Roseira estará fechada para apoio e participação nas comemorações do “Dia Nacional da Umbanda”
16h30 – Roda de Conversa sobre Mulheres Negras na Militância, com Edna Lourenço
17h30 – Lançamento do Documentário “A preparação da Feijoada e as Marias do Jongo”, da Comunidade Jongo Dito Ribeiro, Agência Popular João Zinclar – Construção Partilhada do Conhecimento

16/11
Memórias do Samba de Bumbo – Homenageadas: Tia Sinhá e Marisa Marçal
14h00 – Mostra de Artes Visuais OBIRIN – presença das artistas selecionadas contando sobre seu processo criativo
16h30 – Roda de Conversa Memórias do Samba, com sambadeiras, junto com Samba de Bumbo, com Alceu, do Urucungos, Puitas e Quijengues
A partir das 19h – a Casa de Cultura Fazenda Roseira estará fechada -Apoio e participação da Comunidade Jongo Dito Ribeiro na abertura do Festival “Viva Zumbi”, na Rua Professora Carolina Souza Costa Barros, em frente à igreja, Monte Cristo, Campinas/SP

17/11
Não haverá atividades na Casa de Cultura Fazenda Roseira
10h00 – Apoio e participação da Homenagem a Tia Nice – Nina Griô. Local: Feira Hippie – Praça Imprensa Fluminense, Centro de Convivência – Campinas
15h00 – Apoio e participação Evento Negros Nobres. Local: Clube Recreativo Machadinho – Rua Cerqueira Leite, 66, Vila Industrial – Campinas

18/11
Mulheres e Cultura da Infância – Homenageada: Silvia Negrona (9h – Oficina Malaika, com Rosana Meneses, do Tela Preta)
14h00 – Festival de AfroContação de Histórias HADITHI NJOO (vivências itinerantes), com Odé Amorim / AfroEscola Laboratório Urbano (Santo André)
19h00 – Roda de Conversa Cultura Popular e Criança Negra, com Marcia Anacleto

19/11
Mulheres da Luta – Homenageada: Maria da Penha
09h00 – Oficina de histórias “Princesas Africanas”, com Mariana Cestari, da Comunidade Jongo Dito
14h00 – Roda de conversa “Entre outras mil, as estórias da Nil”, com Nil Sena
19h00 – Roda de Conversa: “O combate à violência contra as mulheres”, com as promotoras legais populares e a Coletiva das Vadias – Campinas

20/11
Não haverá atividades na Casa de Cultura Fazenda Roseira
10h00 – Concentração para Marcha Zumbi dos Palmares, na Estação Cultura, Praça Marechal
A partir das 14h – Festival da Música Negra “Viva Zumbi”. Rua Manuel Militão de Melo (antiga 38), Jardim das Bandeiras 2 – Campinas
16h00 – Roda de Jongo com a Comunidade Jongo Dito Ribeiro. Local: Mãe Preta – em frente à Igreja São Benedito. Rua Cônego Cipião, 772, Centro – Campinas
20h00 – Prêmio Zumbi – Indicados: integrantes da Juventude Jongueira – Local: Câmara

21/11
Mulheres na Educação Afro e Indígena – Homenageada: Petronilha
09h00 – Exibiçao de vídeos e Roda de Conversa sobre as perspectivas da Lei 11645/08, com o Coletivo da Casa de Cultura Fazenda Roseira
14h00 – Oficina de Formação Lei 10639/03, com Lajara Janaina – Doutoranda em Educação
19h00 – Roda de Conversa: Compartilhando experiências da Lei 10639/03, com Alessandra Ribeiro, da Casa de Cultura Fazenda Roseira e doutoranda de Urbanismo (PUC/Campinas)

22/11
Mulheres e Saúde – Homenageada: Ana Cris Vangrelino
09h00 – Oficina Tambor e Saúde, com o Coletivo da Casa de Cultura Fazenda Roseira
14h00 – Oficina das Sensações, com Dona Maria Alice, da Comunidade Jongo Dito Ribeiro
Noite: não haverá atividades na Casa de Cultura Fazenda Roseira

23/11
Mulheres em Campinas – Homenageada: Tia Nice do Acarajé
09h00 – Mulheres na praça: manifestação pelo Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher (25 de novembro) com Frente de Luta, no Largo do Rosário, centro – Campinas
14h00 – Mostra de Artes Plasticas OBIRIN – apresentação de trabalhos das inscritas
16h30 – Roda de conversa sobre feitos da Tia Nice, exposição de fotos e exibição de vídeo
18h30 – Sarau, com a participaçao do grupo A rua’nda

24/11
Mulheres e Musicalidade – Homenageada: Aureluce Santos
09h00 -14h00 – Oficina de Berimbau com o professor Paulo Bombril do Grupo IBECA
16h30 – Roda de Conversa com Aureluce Santos
18h00 – Roda de Samba, com Samba das Minas e grupos parceiros

25/11
Mulheres e Trabalho – Homenageada: Laudelina de Campos Melo
09h00 – Oficina brincante “Se eu fosse você”, sobre mundo do trabalho, racismo e preconceitos, com Coletivo da Casa de Cultura Fazenda Roseira
14h00 – Oficina de culinária lúdica: temperos e sabores, com o Coletivo da Casa de Cultura Fazenda
19h00 – Roda de Conversa – PEC das Domésticas: conquista de uma luta que vem de longe, com Regina Teodoro, do Sindicato das Trabalhadoras Domésticas de Campinas – Apresentação de fotos, com Dona Marqueza, ex-integrante do Sindicato das Trabalhadoras

26/11
Mulheres e Universidade – Homenageada: Lélia Gonzalez
09h00 – Oficina mitos, contos e encontros – contaçao de historias, com Dona Maria Alice
14h00 – Oficina Universidade para quem?, com Silas Souza, do Cursinho Popular Herbert de Souza e Núcleo de Consciência Negra – Unicamp
19h00 – Roda de Conversa Trajetória Acadêmica e Luta Política: o exemplo de Léllia Gonzalez, com Mariana Cestari, doutoranda de Linguística (Unicamp)

27/11
Mulheres da música e literatura – Homenageadas: Dona Geny
09h00 – Oficina de poesia negra, com Mariana Santos de Assis, mestranda em Linguística Aplicada e integrante do Núcleo de Consciência Negra (Unicamp)
14h00 – Oficina de composição e outros versos, com Comunidade Jongo Dito Ribeiro e A rua’nda
19h00 – Roda de Conversa “Uma viagem na literatura negra”, com Luana Antunes Costa, doutoranda em Estudos Comparados de Lits. de Língua Portuguesa – USP

28/11
Mulheres e Política – Homenageada: Leci Brandão
09h00 – Oficina de brincadeiras Zé do Caroço, com Coletivo da Casa de Cultura Fazenda Roseira
14h00 – Roda de Conversa Mulher, Política e Comunidade, com a participação da Dep. Leci Brandão
Noite: a Casa de Cultura Fazenda Roseira estará fechada para apoio e participação na Audiência Pública – Lei Cultura Viva, com a Dep. Leci Brandão – Local: Câmara dos Vereadores

29/11
Mulheres, Iabás e Ialorixás – Homenageada Maria Edna Ribeiro
10h00 – As Mulheres na Mitologia Africana, com Alessandra Ribeiro
14h00 – Oficina “Bangê biolê: a alegria de dançar”, com Profa. Alessandra Gama
19h00 – Roda de Conversa – O feminino no sagrado, com a participação de religiosas de matrizes

30/11
A mulher e as Tecnologias – Homenageada: Sília Moan
14h00 – Roda de conversa sobre novas tecnologias e cultura local, com a profa. Cláudia Wanderley
16h00- Rode de Conversa sobre mulher, tecnologia e feminismo, com Tais Lobo
18h30 – Lançamento do Livro Ndapandula Mama África, com a autora Dulce Braga, seguida de contação de estórias angolanas

01/12
Mulheres, Patrimônio, Memória e Identidade – Homenageada: Dona Ratinho (In Memorian)
14h00 – Roda de conversa sobre a mulher no patrimônio imaterial, com representante do IPHAN e do Pontão do Jongo Caxambu
16h00 – Roda de conversa com detentores do patrimônio imaterial e poder público local, com Mãe Eleonora, Alessandra Gama (Ibaô), Marcela (Coordenadoria Setorial do

02/12
Dia do Samba pra gente sambá – Homenageada: Clementina de Jesus (In Memorian)
Comemorações do Dia do Samba – Casa Caiada, Mesa de Bar e convidados

Exposições:
Exposição de fotos Jongueiros do Sudeste (comunidades do estado de São Paulo)
Fabulografias – “Que África Venta por Você?”

Serviço:

“V Sou África em Todos os Sentidos – Tema: Obírin”
Local: Casa de Cultura Fazenda Roseira. Av. John Boyd Dunlop, s/n, em frente a PUC II, dentro do loteamento – Campinas. (19) 3227-5633
Data: de 14 de novembro a 2 de dezembro
Entrada: gratuita

Fonte: Campinas

+ sobre o tema

Coletivo Luiza Bairros: conheça grupo que atua no combate ao racismo institucional na UFBA

A principal estratégia utilizada é na exigência do cumprimento...

Após reivindicação do movimento negro, sítio arqueológico no centro do Rio será preservado

Diferente das ossadas humanas descobertas durante escavações próximas à...

Agenda única de eventos em novembro celebra a consciência negra na UFMG

Iniciativa, que une comunidade e gestão, integra formação, informação...

para lembrar

Palmares promove exposição de arte africana

Em comemoração ao Ano Internacional dos Povos Afrodescendentes, a...

‘Vozes pela Igualdade’ começa nesta segunda

Questões de raça e etnia são temas da programação...

Em 6 meses, governo identificou 407 mil famílias na extrema pobreza

Após seis meses da criação do programa Brasil Sem...
spot_imgspot_img

Câmara aprova projeto que torna Dia da Consciência Negra feriado nacional; texto vai à sanção

Por 286 votos a favor e 121 contrários, a Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (29) um projeto de lei que declara o dia 20 de...

Profissionais negros reinventam suas carreiras na TV e avaliam a importância da discussão racial

No Dia da Consciência Negra, o gshow conversou com artistas que compartilham a jornada que é ser um profissional preto na teledramaturgia. Entre eles, atores, atrizes e...

“Quanto mais diversos formos, melhores seremos”

Uma das mais destacadas intelectuais em atividade no país, a historiadora e antropóloga Lilia Schwarcz, docente da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas...
-+=