sexta-feira, janeiro 27, 2023
InícioQuestão RacialCasos de RacismoCom medo de ataques racistas, filhos de Angélica deixam de ir à...

Com medo de ataques racistas, filhos de Angélica deixam de ir à escola

A família de Angélica está passando por momentos difíceis durante o confinamento da auxiliar de enfermagem. Ela tem sido alvo de diversos ataques racistas nas redes sociais, o que tem afetado a rotina dos filhos da sister.

Do .Clicrbs

— As pessoas estão compartilhando nas redes sociais montagens da minha irmã com macaco, falam que preto não poderia estar no BBB, entre outros tipos de xingamentos. Tudo começou depois da briga dela com Fernando. As torcidas dele e da Aline são as que mais fazem ofensas a ela — conta Érika Ramos, irmã de Angélica

Segundo o jornal Extra, os dois filhos de Angélica, Luiz Otávio, de sete anos, e Vinícius, quatro, pararam de ir à escola, pois a família tem medo de que eles sejam alvo de racismo. Érika informou, também, que já foi à delegacia e está entrando com um processo contra as pessoas que fizeram os posts racistas.

– Não estamos fazendo isso por questão financeira, e sim para as pessoas tomarem vergonha na cara. Preto é cor de sapato, nós somos negros e somos dignos de respeito – finaliza.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench