Comissão debate participação feminina no mercado audiovisual brasileiro

A Comissão de Cultura promove, nesta terça-feira (4), uma audiência púbica para discutir a participação das mulheres na economia do audiovisual.

Do Jornal Floripa

Foto: Reprodução/Folha Nobre

A deputada Raquel Muniz (PSD-MG), que propôs o debate, destacou que o levantamento da Agência Nacional do Cinema (Ancine) intitulado “Diversidade de gênero e raça nos lançamentos brasileiros de 2016” mostra que o mercado audiovisual brasileiro é uma indústria protagonizada por homens brancos.

“O levantamento da Ancine, tendo como base os 142 longas-metragens brasileiros lançados comercialmente em salas de exibição no ano de 2016, mostra que são de homens brancos a direção de 75,4% dos longas; que as mulheres brancas assinam a direção de 19,7% dos filmes; e que nenhum filme em 2016 foi dirigido ou roteirizado por uma mulher negra”, disse.

Foram convidados para discutir o assunto com os deputados:
– a diretora de Políticas Audiovisuais do Ministério da Cultura, Ana Sylvestre;
– a superintendente da Ancine, Maria Angélica Marques;
– os cineastas Elpidio Rocha Neto e Vania Catani;
– a representante da Buriti Filmes Lais Bodansky; e
– a representante da Odun Filmes Viviane Ferreira.

A audiência pública ocorrerá no plenário 14, a partir das 9h30.

+ sobre o tema

‘Sofri um estupro coletivo no dia do meu casamento’

Queniana Terry Gobanga foi estuprada por grupo de homens,...

Instituto Marielle Franco reunirá artistas e intelectuais em encontro de mulheres negras na política

SALA DE AULA  Encontro de mulheres negras na política. iniciativa...

Catorze empresas assinam carta de compromisso com os direitos LGBTI

A adesão aconteceu durante a realização do 8º Fórum...

para lembrar

spot_imgspot_img

‘Abuso sexual em abrigos no RS é o que ocorre dentro de casa’, diz ministra

A ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, considera que a violência sexual registrada contra mulheres nos abrigos que recebem desalojados pelas enchentes no Rio Grande...

ONU cobra Brasil por aborto legal após 12 mil meninas serem mães em 2023

Mais de 12,5 mil meninas entre 8 e 14 anos foram mães em 2023 no Brasil, num espelho da dimensão da violência contra meninas...

Após um ano e meio fechado, Museu da Diversidade Sexual anuncia reabertura para semana da Parada do Orgulho LGBT+ de SP

Depois de ser interditado para reformas por cerca de um ano e meio, o Museu da Diversidade Sexual, no Centro de São Paulo, vai reabrir...
-+=