CyberQuilombo: uma galera resolveu tirar do papel o ensino de cultura negra nas escolas

O que gêneros musicais como soul, jazz, funk e samba têm a ver com os 400 anos de escravidão?

Por Maryane Silva no É Nóis

A música é consequência da violência contra os negros e fazendo essa ligação entre o dia a dia e a história que começa um dos vídeos do CyberQuilombo, um projeto que usa vídeoaulas pra ensinar história e cultura negras como está previsto em lei.

É isso: o ensino de História e Cultura Africana e Afro-Brasileira é obrigatório pras escolas do nível fundamental e médio no Brasil, tá na Lei nº 10.639, de 2003. O problema é fazer com que ela seja cumprida e é isso o que CyberQuilombo se propõe.

Como os professores vão abordar isso em sala de aula? Como trazer isso para o contexto atual?

Há pouco conteúdo – e, às vezes, até falta de interesse – para falar sobre a história a partir da visão do negro, entender a formação do povo brasileiro, reconhecer e valorizar a diversidade.

cyberquilombo
É isso o que projeto faz: produz conteúdo que pode ser usado em sala de aula, faz oficinas e intervenções em escolas e forma oficineiros, que vão passar esse conteúdo pra frente.

O curso já está na sua quinta edição e pode ser feito de qualquer canto do país, já que faz parte da formação online de oficineiros do LabExperimental, um projeto de formação cultural por meio da tecnologia.

No YouTube há vídeos bem didáticos sobre de africanidades, cultura digital e diversidade. A ideia é criar uma biblioteca de vídeo-oficinas para que possam ser usados por professores do ensino básico.

A ideia é fazer a gente entender, por meio da história, coisas que fazem parte da nossa cultura e que estão presente em nosso dia a dia e muita vezes não fazemos ideia de onde vieram. O racismo e a condição social mais baixa do negro na sociedade brasileira tem tudo a ver com o passado.

+ sobre o tema

Liberdade para Ensinar e Aprender: Pesquisa Nacional Analisa Violências Sofridas por Educadores/as no Brasil

O Observatório Nacional da Violência contra Educadoras/es (ONVE), sediado...

Taxa de alfabetização chega a 93% da população brasileira, revela IBGE

No Brasil, das 163 milhões de pessoas com idade...

Provas do Enem 2024 serão em 3 e 10 de novembro; confira o cronograma

O cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)...

Da proteção à criação: os pós-docs negros da USP nas fronteiras da inovação

Desenvolvimento de produtos, novas tecnologias para a geração de...

para lembrar

Dilma anuncia “ProUni” para o ensino técnico

  Com o mote do início do ano letivo,...

Educação X Religiões de Matriz Africana

Durante todo o tempo a religião é motivo de...

Professor da educacão básica terá seis anos para concluir graduação

Um dos incentivos será a concessão de bolsa de...

É inconstitucional trecho de lei de Foz do Iguaçu proibindo ensino de “ideologia de gênero”

O plenário virtual do STF, em decisão unânime, julgou...
spot_imgspot_img

Candidatos do Rio Grande do Sul terão isenção no Enem

O ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou que todos os candidatos do Rio Grande do Sul terão isenção no pagamento da inscrição do Exame Nacional...

Liberdade para Ensinar e Aprender: Pesquisa Nacional Analisa Violências Sofridas por Educadores/as no Brasil

O Observatório Nacional da Violência contra Educadoras/es (ONVE), sediado na Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense (UFF) e criado em parceria com a...

Taxa de alfabetização chega a 93% da população brasileira, revela IBGE

No Brasil, das 163 milhões de pessoas com idade igual ou superior a 15 anos, 151,5 milhões sabem ler e escrever ao menos um...
-+=