Denzel Washington recusou beijos de atrizes brancas – veja os motivos!

Ao longo dos anos, Denzel Washington foi muitas vezes questionado sobre por que ele nunca beijou mulheres brancas em seus filmes e, enfim, o motivo real apareceu. Em meio ao seu sucesso internacional, ele também ficou famoso por recusar cenas de beijo com Julia Roberts e outras estrelas brancas do cinema, embora tenha aceitado cenas que o levaram a beijar estrelas afro-americanas.

Por Guto Pellegrini Do Todos Negros do Mundo

dwashington1-236x315Denzel e atriz, Julia Roberts – foto: reprodução

Denzel tinha suas razões para se afastar dos beijos de cinema em qualquer atriz que não fosse uma “sister”, quero dizer black woman. Veja o que se revela abaixo …

Denzel realmente ficou 20 anos sem beijar uma mulher branca nas telas, desde o filme (Malcolm X – 1992). Até que ele permitiu de novo esse raro beijo inter-racial, recentemente, no filme de 2012, “Flight”. E ele tinha clara razão para não fazê-lo por longo período, entenda:
– nada a ver com não gostar das lindas brancas que estiveram ao alcance dos seus lábios, ou qualquer coisa assim.

Mas, com certeza, tudo a ver com o seu respeito por mulheres negras e sua desaprovação de como tais atrizes, com frequência, não são vistas como objeto de afeto. Em especial quando se trata das grandes produções hollywoodianas. Esse é o ponto em negrito: ele não tem a menor vontade de alimentar esse estereótipo.

Sobre a virada de rosto de Denzel para atrizes brancas, o NY Daily News lembrou o seguinte: Denzel certa vez recusou uma cena de amor com Julia Roberts por lealdade a suas fãs afro-americanas, acaba de revelar Allison Samuels em seu novo livro, “Off the Record” (Amistad) – “Além das Câmeras” ainda sem tradução no Brasil .

Sim, foi Denzel quem vetou cenas mais tórridas embora Julia Roberts tenha insistido para que ele fosse escalado como seu par em “O Dossiê Pelicano”, escreve Samuels, respeitado repórter da Newsweek. E ele sustenta sua explicação: “As mulheres negras não são vistas como objetos de desejo em diversos filmes. Por outro lado, sempre foram o meu público principal.

Today.com também citou as palavras de Julia Roberts sobre a recusa de Denzel: “Como eu não teria essa vontade? Claro que eu queria beijar Denzel – foi dele a ideia de resumir a tal cena.”

denzel-washington-2-325x315Denzel Washington – Foto: reprodução

Nos últimos anos, Denzel também afirmou o seguinte sobre a situação das atrizes internacionais: “Negra ou branca, parece ser esse um ponto de corte crucial para as mulheres”, disse ele. “A mulher madura, sem um casal de filhos está fora. A indústria de cinema está constantemente procurando as estrelas mais novas. E para as mulheres afro-americanas, as mulheres negras, é duplamente difícil. E para aquelas de pele mais escura, é ainda mais.

058630-600x240Personagens marcantes – Foto: reprodução

Então, em resumo, Denzel não beijou mulheres brancas em seus filmes, porque se recusou a desrespeitar suas fãs, discordando da visão unilateral de Hollywood sobre beleza. E mais do que isso, mostra empatia com atrizes de todas as cores porque mais uma vez, não concorda com esse abuso que é a duplicidade de padrões em Hollywood, diferente para beleza e comercialização.

Mas se há uma pessoa que não se preocupa com os beijos, em negras ou brancas, é sua bela esposa há 33 anos, Pauletta …

5xxokqm225_8c2zsz60cj_fileDenzel e sua mulher, a atriz, Pauletta Washington – foto: reprodução

Segundo o website Heavy.com, dois anos atrás, em uma entrevista, Wendy Williams, perguntou a Pauletta como ela lida com todas as mulheres que querem seu homem, ao que Pauletta respondeu: “Estou segura de quem é Pauletta Washington. Minha mãe me criou de maneira a saber quem eu sou e, de fato, ele se casou comigo ciente disso”.

Em recente entrevista na Ebony Magazine, Pauletta revelou informações privilegiadas: “Denzel tem e sabe que tem estabilidade em mim, como sua esposa. Isso é o que lhe dá força nos palcos. E uma grande plataforma para ele decolar.” É isso, lacrou, Sra Washington!!!

FATO DIVERTIDO SOBRE DENZEL E PAULETTA – por Old School e TNM

2zqogbc8e7l5sm26mq2gm0l0q-503x315Pauletta e Denzel mantêm a conexão do “olho no olho” em 33 anos de matrimônio – foto: reprodução

Mais um detalhe sobre Pauletta: ela recusou a proposta de casamento de Denzel, não uma, mas duas vezes!  Recusou o cara que muitas mulheres sonham em se casar… conforme eles revelaram ao Access Hollywood em 2013:

“Ele propôs casamento a você por 2 ou 3 vezes, afinal!?”

Pauletta, com 32 anos, respondeu “Sim 3, mas talvez  ele não lembre pois tem certa idade…” E brincando com ela Denzel, 62, concluiu… É verdade, foram duas recusas e portanto eu precisei pedir 3 vezes.

+ sobre o tema

Escolas ainda confundem racismo com bullying

– Levanta a mão quem aqui já sofreu racismo. –...

Kelly Osbourne deixa o ‘Fashion Police’ após piada racista

Giuliana Rancic, colega da apresentadora no programa, disse que...

Debate sobre o genocídio negro reúne Leci Brandão e movimentos sociais

O 62º Conselho Nacional das Entidades Gerais (Coneg) consolida...

para lembrar

RS é o segundo Estado que mais baixa conteúdos neonazistas na internet – por Marcelo Gonzatto

Trabalho de pesquisadora estima que há 42 mil simpatizantes...

O segredo do sucesso: bata no negro

A edição nº 17 do “Jornal do MNU”, de...

Racismo: Homem é brutalmente espancado no centro de Embu das Artes

por Karen Santiago Um homem enquanto passeava com sua namorada,...

Racismo e machismo saem do armário ante o próximo casamento real

O mundo todo ainda está falando do mais recente...
spot_imgspot_img

A ‘inteligência artificial’ e o racismo

Usar o que se convencionou chamar de "inteligência artificial" (pois não é inteligente) para realizar tarefas diárias é cada vez mais comum. Existem ferramentas que, em...

Funcionária de academia será indenizada por racismo: “cabelo de defunto”

Uma funcionária de uma academia em Juiz de Fora (MG), na Zona da Mata, será indenizada em R$ 15 mil por sofrer racismo. De...

Efeito Madonna no Rio

Uma mulher. Uma mulher de 65 anos. Uma artista de fama planetária que, aos 65 anos, 40 de carreira, é capaz de mobilizar para...
-+=