Destacada importância da literatura no processo de descolonização de África

Huambo – A importância da literatura no processo de descolonização da África foi destacada domingo, na cidade do Huambo, pelo historiador Venceslau Cassessa, durante uma palestra que juntou estudantes de diversos níveis, docentes, escritores e demais cidadãos.

Na sua dissertação, o historiador referiu que foi graças ao teor de algumas obras literárias que muitos países do continente africano alcançaram a sua independência após séculos de domínio colonial.

Salientou que as obras literárias dos escritores africanos, traduzidas em diversas línguas, convenceram as vontades, as consciências e mobilizaram todo mundo para a libertação do povo africano.

A título de exemplo, Venceslau Cassesa apontou a obra intitulada “Sagrada Esperança” da autoria de António Agostinho Neto, fundador da nação angolana, como uma das que jogou um papel muito importante no processo de descolonização de África, sobretudo no momento em que o mundo não queria entender a vontade do povo deste continente.

Exortou, por esta razão, os presentes na palestra, promovida pelo secretariado provincial da Brigada Jovem de Literatura de Angola, por ocasião do Dia da África, assinalado a 25 deste mês, para desenvolverem e cultivarem o gosto pela leitura e pela escrita.

“É preciso desenvolver esta arte da literatura, é preciso cultivar a arte de escrever e falar correctamente, porque é a escrita e o romance destes homens que sabiam utilizar a palavra que contribuiu para a luta da independência de África”, sublinhou.

 

Fonte: Afro Press

+ sobre o tema

17 Inverdades Cruéis sobre o Candomblé

Crédito pela imagem: Roger Cipó 17 INVERDADES CRUÉIS disseminadas sobre o...

No Orun: Morre, aos 81, a escritora e artista plástica Raquel Trindade

Morreu na madrugada deste domingo, dia 15, a escritora,...

MASP apresenta maior mostra já vista dedicada ao artista e ativista Abdias Nascimento

Depois do Museu de Arte Negra ocupar o Inhotim, agora...

Beyoncé vira Barbie em desenho da grife Cavalli

A cantora americana Beyoncé, que já vendeu mais de...

para lembrar

‘Rapunzel’ de 6 anos mostra que cabelo crespo comprido tem muito estilo

A pequena Lou Mungiele pode ter pouca altura e...

Mandela, Branqueado

Mumia Abu -Jamal Seu nome de nascimento é Rolihlahla ,...

Entrevista com o Professor Doutor José Maia Bezerra Neto – PA

Fonte: Blog da Profª Edilza Fontes Professor Doutor da...

Começa no Brasil Encontro Afro-latino

Brasília, 25 mai (Prensa Latina) Coincidindo com o Dia...
spot_imgspot_img

Oito em cada dez quilombolas vivem com saneamento básico precário

De cada dez quilombolas no país, praticamente oito vivem em lares com saneamento básico precário ou ausente. São 1,048 milhão de pessoas que moram...

Ex-seguranças da Chic Show, amigas se emocionam em festival: ‘Chorei muito’

A Chic Show, festa/baile black símbolo da resistência cultural negra paulistana, celebra 50 anos em grande estilo com um festival no Alianz Parque neste...

O atleta negro brasileiro que enfrentou o nazismo nas Olimpíadas de 1936

A poucos dias da abertura dos Jogos Olímpicos de Paris, em uma Europa cada vez mais temerosa com a agenda política de forças alinhadas...
-+=