Deuza: nova primeira-dama de SP diz ter aversão ao governo Lula

Deuza Goldman esposa do governador Alberto Goldman que substitui o candidato José Serra diz:

“Como sou loira, tenho cabelão, as pessoas acham que eu sou uma dondoca, um nada. E eu não sou isso”. A cunhada Antonieta Spargoli, a Toty, diz: “A Deuza não tem culpa de ser alta, magra e loira”. Fez apenas uma plástica, suave, no rosto, há muitos anos.

A primeira-dama explica que tem “um lado intelectual muito forte.” Assina várias revistas (além das semanais de informação, “Casa Claudia” e “Vogue”) e está lendo “três livros ao mesmo tempo” -um deles, “Os Homens que Não Amavam as Mulheres”, do sueco Stieg Larsson.

Crítica de programas como o Bolsa Família, ela disse acreditar que os projetos do Fundo de Solidariedade, que comandará, têm outro caráter. “O Bolsa Família dá dinheiro mensal para a pessoa se acomodar. A campanha do agasalho é emergencial, para a pessoa não passar frio.”

Depois da despedida de José Serra (PSDB), Deuza volta para Higienópolis, onde o casal continuará morando mesmo depois da posse. No carro, fala dos planos.

“Mil amigas já estão me ligando.” São mulheres de deputados, de secretários, que “querem ajudar e não sabem como. Vou mobilizar todo esse pessoal”. Seu principal projeto é revitalizar o parque da Água Branca, onde fica a sede do Fundo.

Ela quer incrementar o paisagismo e catalogar todas as árvores, colocando placas para que as crianças possam identificá-las. “O parque tem história, meus filhos iam lá quando eram pequenos.”

Extraido de entrevista com Monica Bergamo

+ sobre o tema

“Angú Incubado” Por: Zulu Araujo

Para quem não sabe, Angu é uma comida típica...

Minha Casa, Minha Vida: Governo amplia limite de renda para compra da casa própria

Rendimento mensal máximo sobe de R$ 4.900 para R$...

O duplo desafio de Obama

- Fonte: O Estado de São Paulo - Conforme...

para lembrar

O cabelo dos meninos pretos – por Cidinha da Silva

Por Cidinha da Silva Algo de sinistro acontecia com os...

É só alegria! Por Cidinha da Silva

Por Cidinha da Silva Os dias eram pré-carnavalescos no Rio...

PSB começa a negociar retirada de Ciro Gomes

Vice-presidente do partido nega troca do apoio e afirma...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=