Dia das Crianças: Taís Araújo relembra bullying na infância

Taís Araújo já sofreu com o preconceito em ataques virtuais e comentários racistas em suas redes sociais.

Do Brasil Post

Na semana em que se comemora o Dia da Criança, a atriz postou uma foto dela mais jovem e aproveitou para tratar de um tema muito recorrente entre os pequenos: o bullying.

Na legenda, ela compartilhou que apesar da violência verbal que já sofreu, ela se fortaleceu e conseguiu trabalhar sua autoestima.

“Tá vendo essa menina com cara de brava na foto? Ela sofreu muito bullying na escola, mas aprendeu a se defender. Com apoio da família, trabalhando a autoestima e o amor próprio das crianças, não há espaço pra bullying. ? #SemanaDaCriança”

 

Hoje, bem-sucedida profissionalmente, Taís utiliza seu poder de influência com campanhas contra todos os tipos de preconceitos, repletas de mensagens empoderadoras.

+ sobre o tema

Brancos Não Tem Raça

A história aconteceu nos Estados Unidos, na década de...

Jovem fotógrafo denuncia motorista de Uber de São Paulo por racismo

Um jovem fotógrafo de São Paulo denunciou, em seu...

Dirigente do Grêmio é detido por racismo e liberado após desculpas

Antes da bola rolar para Grêmio e Flamengo, neste...

Blatter defende rebaixamento como forma de punir racismo no futebol

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, defendeu punições severas,...

para lembrar

Configuração de racismo ainda gera polêmica

Arlindo Novais Na terça-feira, um policial militar foi...

Nota de Repúdio ao incentivo à homofobia na USP

Por: Julio Caetano     A Associação Brasileira...

‘Sem cotas para os animais africanos’ racismo no campus da Unesp de Araraquara

Alunos africanos denunciam racismo no campus da Unesp de...
spot_imgspot_img

Educação escolar de negros com deficiência é marcada por capacitismo e racismo

Apesar da acessibilidade ser um direito garantido por lei para as pessoas com deficiência, a falta de ambientes acessíveis foi um dos principais problemas...

Em ‘Sitiado em Lagos’, Abdias Nascimento faz a defesa do quilombismo

Acabo de ler "Sitiado em Lagos", obra do ativista negro brasileiro Abdias Nascimento, morto em 2011, no Rio de Janeiro. A obra, publicada agora pela...

Registros de casos de racismo aumentam 50% entre 2022 e 2023 no estado de SP

Números obtidos via Lei de Acesso à Informação pela TV Globo, mostram que o número de ocorrências registradas por racismo e injúria racial tiveram alta...
-+=