Diretora de “Daughters of the Dust”, Julie Dash vai dirigir filme sobre Rosa Parks

Símbolo do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos, Rosa Parks (1913-2005) será tema de uma cinebiografia dirigida por Julie Dash, de Daughters of the Dust (1991).

De acordo com o site Deadline, o filme abordará a vida de Parks na década anterior ao momento mais conhecido de sua trajetória: sua recusa a se sentar na área destinada aos negros em um ônibus que trafegava pela cidade de Montgomery, no Alabama, em 1955. O foco, aqui, será na luta de Parks por justiça para Recy Taylor, uma jovem mulher negra que foi estuprada por seis homens brancos em Abbeville, também no Alabama, em 1944.

O roteiro foi escrito por Lisa Jones com base no livro At the Dark End of the Street, escrito por Danielle McGuire. Uma das produtoras será Audrey Rosenberg, de Eu Não Sou Seu Negro (2016).

Dash já dirigiu outra produção sobre a ativista: The Rosa Parks Story, um filme para a televisão estrelado por Angela Bassett e exibido em 2002. Em entrevista ao Deadline, ela contou que o filme também falará sobre outras mulheres importantes para o movimento dos direitos civis, como Jo Anne Robinson (1912-1992) e Claudette Colvin.

Vale lembrar que Dash entrou para a história quando Daughters of the Dust se tornou o primeiro longa-metragem de uma diretora negra a ser lançado nos cinemas dos Estados Unidos. O filme está disponível no catálogo da Netflix.

+ sobre o tema

Alicia Keys será coprodutora de peça da Broadway sobre negros

A cantora pop Alicia Keys entrou para a lista...

Em São Paulo, atividades marcam centenário de Abdias Nascimento

No Combate Racismo Ambiental A Biblioteca Mário de Andrade programou...

A saúde da mulher negra sobe ao palco, em produção da periferia paulistana

Baseado em histórias reais, espetáculo Sangoma, da Cia. Capulanas,...

para lembrar

Copa na África: Para acompanhar vuvuzela, makarapa

Na África do Sul, fanático por futebol que...

Veja o trailer de “Uma Dobra no Tempo”, de Ava DuVernay

Saiu o aguardadíssimo primeiro trailer de Uma Dobra no Tempo,...

Exposição “Quilombos do Rio de Janeiro” na Sala Leila Diniz

Encerrando o ano de exposições na Sala de Cultura...
spot_imgspot_img

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...

Violência contra territórios negros é tema de seminário com movimentos sociais em Salvador

Diante da escalada de violência que atinge comunidades negras e empobrecidas da capital e no interior da Bahia, movimentos sociais, entidades e territórios populares...
-+=