Evento: Memórias, Poéticas e resistências do carnaval Afro-paulistano

O Núcleo de Pesquisa e Educação Patrimonial em Territórios Negros de São Paulo e nossa atuação pauta-se por desconstruir versões da história que se pretende oficial e universal, desconsiderando toda a atuação política da população negra nos mais distintos ramos da atuação humana. Batalhamos pelo direito da memória, onde os referencias e experiências de matriz afro sejam reconhecidos e valorizados, e passem a compor o mosaico que forma cada um(a) de nós como sujeitos históricos e políticos.

E no bojo dessa discussão, a questão de gênero, alicerçada no protagonismo de mulheres negras constitui-se como vetor da nossa prática ao entendermos que questionar a história “oficial” prevê concomitantemente o questionamento do patriarcado e o reconhecimento das experiências das mulheres negras na subversão e fomento à outros devires.

O presente evento conta com o Lançamento do livro “Transformações na Avenida – História das Escolas de Samba na cidade de São Paulo”, no qual se debate a atuação política da população negra onde o samba se constitui um importante instrumento de revisão tanto da construção da cidade de São Paulo inserida em um projeto de eugenia, quanto atuação política, luta anti racista e revisão dos papéis de gênero ao evidenciar a atuação política de mulheres negras não como meros “corpos comercializáveis” mas como sujeito político.

Paralelamente, contamos com a abertura da Exposição “Batalha de Memórias” no qual expõe-se que a memória é sempre fruto de seleção e muitas vezes conjugada no singular. Em contra partida a presente exposição apresenta a memória como espaço em disputa, na qual se traz a tona outros olhares possíveis sobre a atuação da população negra onde o samba se constitui como cenário de disputa política. É nesse ensejo que também se questiona a revisão dos papéis de gênero e se apresenta outras óticas para compreender a atuação, força e resistência das mulheres negras.

O evento que ocorrerá no próximo sábado as 16h no Centro Cultural da Penha.

 

+ sobre o tema

Maria da Penha recebe prêmio Franco-Alemão de Direitos Humanos

Brasileira está entre os homenageados em primeira edição da...

Acusado de estupro coletivo que chocou Índia é encontrado morto

Brasília – Um dos suspeitos do estupro coletivo e...

Os direitos do trabalho doméstico e as agruras da classe média na mídia

Uma coisa positiva proporcionado pela luta em prol das...

Fé, menina. De homem pra homem.

30 homens estupraram uma menina. 30! e sabe o que mais? eles...

para lembrar

Crime bárbaro em SC: jovem gay sofre estupro coletivo e é tatuado à força com palavras homofóbicas

Um crime bárbaro ocorrido em Florianópolis (SC) vem mobilizando...

Proudhon – Intelectuais progressistas e misoginia

“A tradição de todas as gerações mortas sobrecarrega como...

Pela permanência das cotas raciais nas universidades brasileiras

Apresentação de Sueli Carneiro na Audiência Pública convocada pelo...

8 ilustradoras feministas que você gostaria de conhecer no Instagram

Mulheres em situações do cotidiano ou feministas para millenials....
spot_imgspot_img

Casa Sueli Carneiro abre as portas ao público e apresenta o III Festival Casa Sueli Carneiro, pela primeira vez em formato presencial

RETIRE SEU INGRESSO A Casa Sueli Carneiro, fundada em dezembro de 2020 e atuando em formato on-line desde abril de 2021, é uma entidade criada...

Aborto legal: falhas na rede de apoio penalizam meninas e mulheres

As desigualdades sociais no Brasil podem explicar a razão para que meninas e mulheres busquem apoio para o aborto legal também após 22 semanas...

Referência do feminismo negro, Patricia Hill Collins vem ao Brasil para conferência, curso e lançamento de livro

Referência do feminismo negro, a socióloga estadunidense Patricia Hill Collins participa, nesta quarta-feira (19), de um evento em Salvador, na Universidade do Estado da Bahia (Uneb)....
-+=