Exposição considerada espetáculo racista gera protestos em Paris

Paris, 7 dez (EFE).- Cerca de 200 pessoas protestaram neste domingo contra o centro cultural Centquatre, em Paris, devido ao evento artístico “Exhibit B” do artista sul-africano Brett Bailey, que expôs no espaço 12 retratos vivos com negros em jaulas, o que alguns consideraram um espetáculo racista.

No Yahoo 

O protesto ocorreu sem confusão e sob a vigilância da polícia, cuja presença foi reforçada ao redor da “performance” devido às criticas que surgiram antes da inauguração do polêmico artista.

Com figurantes negros enclausurados em jaulas, a obra busca recriar os “zoológicos humanos” dos finais do século XIX, diz o autor.

“Queria analisar o racismo e a xenofobia em nossa época e mostrar como essa visão se origina na história”, declarou o artista em entrevista publicada netse domingo pela revista “Les Inrocks”.

Segundo o centro cultural que expõe a obra, Brett Bailey denuncia o terror da história colonial de seu país.

“Essa obra de arte denuncia sem ambiguidade todas as formas de desumanização, de racismo. Em cada retrato vivo, o caráter plástico extremamente preciso baseado em fatos históricos permite a tomada de distância e proíbe toda a possibilidade de impressão degradante”, argumentou.

A mostra, programada durante uma semana, já tinha sido alvo de protestos em Paris e também em Londres, onde foi cancelada em setembro pela polêmica gerada.

Um porta-voz de um grupo identificado na manifestação como “Brigada Anti-Negrofobia”, criticou a França à imprensa por ser um “Estado racista” ao sediar a performance.

“Sempre somos mostrados na posição de vítimas. Onde estão as imagens que nos representam de pé?”, questionou o porta-voz, que classificou de “voyeurismo” que “sempre se mostre os negros em uma posição inferior”. EFE

+ sobre o tema

Brizola e os avanços que o Brasil jogou fora

A efeméride das seis décadas do golpe que impôs...

Milton Nascimento será homenageado pela Portela no carnaval de 2025

A Portela, uma das mais tradicionais escolas de samba...

Saiba os horários das provas do Concurso Nacional Unificado

Os mais de 2,5 milhões de candidatos inscritos no...

Aluno africano denuncia racismo em mensagem com suásticas nazistas na UFRGS; polícia investiga

Um estudante africano da Universidade Federal do Rio Grande do Sul...

para lembrar

Dois são presos por incitar crimes de ódio contra mulheres, negros, homossexuais, nordestinos e judeus

Duas pessoas foram presas nesta quinta-feira, 22, acusadas usarem...

Jamais sofra calado. Negro!

Se você ficar calado sobre sua dor, eles o...

Cantor Thiaguinho é vítima de racismo em entrada de restaurante

    Ao comentar sobre o preconceito que existe contra os...

Repita Comigo: Racismo Reverso Não Existe

Uma das coisas mais comentadas nos últimos anos é...
spot_imgspot_img

Aluno africano denuncia racismo em mensagem com suásticas nazistas na UFRGS; polícia investiga

Um estudante africano da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) denunciou um episódio de xenofobia e racismo dentro da Casa do Estudante Universitário (CEU), uma moradia estudantil mantida...

Morre Ykenga Mattos, que denunciou o racismo em seus cartuns, aos 71 anos

Morreu na manhã desta segunda-feira aos 71 anos o professor, sociólogo e cartunista carioca Bonifácio Rodrigues de Mattos, mais conhecido como Ykenga Mattos. Vítima...

Frugalidade da crônica para quem?

Xico, velho mestre, nesse périplo semanal como cronista, entre prazos apertados de entrega, temas diversos que dificultam a escolha, e dezenas de outras demandas,...
-+=